Barueri

Estão abertas as inscrições para o Biblioférias

Está chegando o momento mais aguardado pela criançada: as férias escolares. A Secretaria de Cultura e Turismo preparou Biblioférias e o Geekférias com uma programação super especial para os pequenos se divertirem aprendendo.  

 As inscrições começaram na segunda-feira (dia 1º) e as atividades são destinadas às crianças com idade entre 6 e 10 anos. O Biblioférias acontece em todas as Bibliotecas e na Gibiteka de Barueri, gratuitamente.  

 Mais informações, ligue para 4199-1600 ou procure a Biblioteca mais próxima de sua residência. 

Projeto Música e Artes ao Ar Livre forma terceira turma em emocionantes cerimônias

Aconteceu uma bonita cerimônia de encerramento da terceira turma do projeto Música e Artes ao Ar Livre. Cerca de 200 alunos, que desde o início do ano participam do projeto, integraram o evento. 

 Os jovens contaram com aulas de violão, violino, violoncelo, teclado, clarinete, flauta transversal, órgão, saxofone e artes (desenho e pintura). Todos os instrumentos e materiais para as aulas são fornecidos pela Secretaria de Educação de Barueri. 

 A implantação das atividades teve o objetivo de incentivar o envolvimento dos estudantes da rede de ensino com música e artes e, ao mesmo tempo, estimular o processo de aprendizagem. Já foram expressivos os avanços e benefícios na vida dos alunos que frequentaram as aulas do projeto implantado em agosto de 2017. 

 O concerto de encerramento emocionou familiares, professores e gestores da Secretaria de Educação que compareceram ao auditório do Centro de Aperfeiçoamento de Professores (CAP), nos períodos da manhã e da tarde. 

 Pintura e Desenho  

As turmas que aprenderam técnicas de pintura e desenho já produziram verdadeiras obras de artes. Na manhã dsegunda-feira (dia 1º) compareceram aos jardins do CAP para receberem os certificados, oportunidade em que levaram para casa todos os desenhos e quadros produzidos desde o início do curso. 

 Neste segundo semestre, novas turmas de alunos terão a oportunidade de participarem do projeto que já beneficiou cerca de mil estudantes. 

 Melhoria na aprendizagem 

Estudos apontam que crianças e adolescentes que estudam música têm notas melhores em disciplinas como matemáticaciência e língua portuguesa. As atividades musicais estimulam concentração, raciocínio, trabalho em equipe, autoestima sociabilização, entre outros aspectos. 

 

Cepac Barueri ganha Prêmio ENATS 2019 de gestão e boas práticas

Em 1° de julho o Cepac recebeu o Prêmio ENATS 2019 que reconhece as boas práticas de gestão das instituições em todo o país. A entrega do prêmio aconteceu na abertura do 15° Encontro Nacional do Terceiro Setor, organizado pelo Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais (CeMAIS), em Belo Horizonte, com a temática Alianças Intersetoriais: Monitoramento de resultados e autonomia das organizações.
O Cepac foi uma das 9 instituições avaliar e reconhecidas entre 91 inscritas de todo o país. A avaliação foi feita a partir do roteiro elaborado com base na estrutura do Painel Gife de Transparência. Atualmente, com novo site, o Cepac publica todos os documentos a fim de tornar tudo isso transparente e garantir a continuidade de parcerias.
“Esse prêmio valida o que nós fazemos há 26 anos. É o reconhecimento do trabalho realizado em conjunto da diretoria, colaboradores e parceiros. Afirmamos mais uma vez o nosso compromisso com a ética e transparência e mostramos que estamos no caminho certo”, ressalta a Coordenadora do Cepac, Ivone Antunes.
A vinda para a Belo Horizonte foi viabilizada pela Smiles, parceira do Cepac e que apoia o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Semeando o Futuro por meio do FUMCAD.

O Cepac
Fundado em 1993 no Parque Imperial, em Barueri, por um grupo de moradores da região de Alphaville, a instituição desenvolve três projetos na região: Semeando o Futuro, Profissionalizante e Aprendiz Cidadão. Além do Acolhimento Institucional – Casa Glorinha e da Residência Inclusiva.

Nova entrega de uniformes esportivos mobiliza Ginásio José Corrêa

O secretário de Esportes Tom Moisés foi o orador da cerimônia da segunda etapa de entrega de uniformes do Campeonato Amador de futebol e futsal de Barueri, que é o maior do Estado de São Paulo e, possivelmente, do Brasil.

Estiverem presentes o vice-prefeito e secretário de Obras Roberto Piteri e o prefeito Rubens Furlan. Todos foram unânimes em conclamar os atletas e dirigentes a fazer bom uso do material distribuído.

O kit distribuído, composto de dois sacolões e dois jogos de uniformes de boa qualidade atende à necessidade dos clubes, já que há muito tempo não ocorria. Desta vez, foram beneficiadas 84 equipes das categorias pré-mirim, mirim, infantil, infanto-juvenil e juvenil.

Tom Moisés revelou os valores gastos com arbitragem, bolas, troféus, medalhas e uniformes e também com a reforma do gramado da Arena Barueri. “Não estamos dando nada, estamos investindo em qualidade de vida da nossa população”, arrematou o prefeito Furlan.

Personagens

Presente à cerimônia estava o presidente do Ajax do Engenho Novo, Jesuíno Pereira de Souza, o Bino. Ele recebeu o material diretamente das mãos do prefeito. Morador de Barueri há mais de 40 anos, ele está no clube há 19 e afirma ter sido campeão inúmeras vezes em diversas categorias.

Outro campeoníssimo na ocasião era Selmo Eugênio da Silva, presidente do Chega Junto, do Jardim Mutinga. Ele se orgulha de seu time ser campeão invicto há quatro anos consecutivos e de ter contado com a presença de Pedrinho, que joga no Athletico Paranaense, e de Erivan, que está no Oeste Barueri.

Centenas de pacientes já se beneficiam do Novo Centro de Hemodiálise de Barueri

Não é nada fácil ter de se submeter a um tratamento de hemodiálise. Três vezes por semana, durante quatro longas horas, os pacientes renais ficam ligados a máquinas que fazem o papel que o rim doente já não consegue fazer. Não há escolha, é uma questão de sobrevivência, no entanto, alguns fatores podem contribuir bastante para que a qualidade de vida dessas pessoas melhore, como poder fazer o tratamento mais perto de casa.

Foi para atender a esta demanda que a Prefeitura de Barueri investiu fortemente no seu novo Centro de Hemodiálise Dra. Sandra Vicenza Sarno, localizado em um anexo do Hospital Municipal de Barueri (HMB). As atividades do equipamento foram retomadas no dia 15 de maio e, de lá pra cá, a capacidade de atendimento triplicou. Antes, o local conseguia atender 100 pessoas no máximo, hoje, havendo necessidade, pode atender até 300 pacientes.

Maria do Rosário de Jesus sentiu na pele o impacto desse investimento. “É uma nova vida, porque sem isso eu nem conseguia cuidar das minhas filhas. Tenho duas crianças pequenas e não conseguia cuidar delas porque a gente incha muito, fica muito mal e fraca e quando o tratamento começa a gente já vê o resultado. É uma nova chance de sobreviver”, celebra a munícipe.

 Zerando a fila da cidade

No momento, o Centro está atendendo 140 pessoas, mas a partir de 1º de julho mais 35 munícipes que aguardavam na fila começarão seus tratamentos localmente. Com isso, a Secretaria de Saúde conseguirá zerar a fila de moradores de Barueri que precisavam sair do município para fazer o tratamento.

 Além do esperado

Investir em tecnologia de última geração também foi uma preocupação da Prefeitura, que buscou por estações de diálise das mais avançadas disponíveis no mercado, conforme explica o médico nefrologista Agostinho Filgueira, coordenador da nefrologia do HMB. “Essas que a gente recebeu agora são máquinas mais modernas, tem alguns recursos a mais, máquinas que, em termos de tecnologia pra esse tipo de tratamento, são das melhores que existem”, garante o especialista.

Em Barueri, o Centro de Hemodiálise funciona de segunda a sábado e o atendimento é destinado exclusivamente a adultos. Antes da ampliação o serviço contava com 20 estações, hoje elas são 70 ao todo.

Programa de Incentivo à Cultura abre inscrição para publicação de obra literária

O Programa de Incentivo à Cultura da Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri vai publicar na forma de livro uma obra selecionada de um escritor residente, ou que trabalhe, em Barueri. As inscrições já estão abertas e os trabalhos podem ser apresentados na forma de conto, crônica, poesia, biografia, romance ou documentário.  

 Os trabalhos escolhidos farão parte de um livro com tiragem de 1.000 exemplares, que serão entregues ao autor da obra selecionada (100 exemplares, contudo, deverão ser doados às bibliotecas municipais). O Programa é referente à lei 2.040, denominada Lei José Rocha, em homenagem ao escritor de Barueri que contribuiu para o fortalecimento da cultura na cidade.   

 As obras serão avaliadas pela equipe da Secretaria de Cultura e Turismo. Somente poderão se inscrever autores que, comprovadamente, residam ou trabalhem no município de Barueri, há no mínimo 5 anos.  

 As inscrições estarão abertas até o dia 25 de julho e serão realizadas na Secretaria de Cultura e Turismo, que fica na avenida 26 de Março, 173, Centro, em Barueri. 

 O resultado será divulgado no dia 18 de setembro de 2019 e publicado n Jornal Oficial de Barueri, na edição subsequente a essa data. 

 Para mais informações, acesse www.barueri.sp.gov.br ou ligue 4199-1600.

Barueri já castrou cerca de 11 mil animais domésticos desde 2017

A Prefeitura de Barueri encerrou na semana passada as inscrições para mais uma etapa de castração gratuita de cães e gatosSegundo a Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema), o número de vagas foi de 590, sendo 86 animais em situação de rua (abandonados). 

 Barueri possui uma expectativa de 50 mil animais entre cães e gatos, sendo que de 2017 até hoje, o município submeteu a castração microchipagem 10.995 bichos. O objetivo da iniciativa é garantir a guarda responsável para diminuição do abandono a redução dos animais em vulnerabilidade, bem como a melhoria de sua qualidade de vida.  

 O biólogo da Sema, Ivan Vanderley Silva, informa que a castração é realizada a cada dois meses e somente os moradores de Barueri podem inscrever seus animais para procedimento. A data prevista para o próximo agendamento é o mês de agosto. 

 Para realizar a inscrição o munícipe precisa do RGA (Registro Geral Animal). A forma para se obter este registro é se deslocar até uma das bibliotecas municipais ou ao Ganha Tempo, apresentando o RG, o CPF e o comprovante de residência do responsável. Futuramente ao agendamento são informados os procedimentos, a data, o horário e local para a castração.   

 Guarda responsável 

A guarda responsável compreende ações que proporcionam o cuidado correto com o animal como: cuidados com a saúde (vacinação e avaliação com o veterinário); abrigo (local de permanência como “casinha” que proteja contra o sol, chuva e frio e para circulação, como quintal); não agredi-lo física e/ou psicologicamente; passeios regulares; alimentação e hidratação correta(ração e água)conceder o bem-estar animal, sendo carinhoso com ele. 

HMB convoca doadoras para equilibrar estoque do Banco de Leite

Entre junho e agosto, é comum ocorrer uma queda na doação de leite humano em função do clima seco e frio, que limita a locomoção das doadoras. Por isso, o Hospital Municipal de Barueri (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina,  reforça a necessidade da doação e destaca o serviço de coleta, disponível duas vezes por semana, para buscar o leite na residência da doadora.

“Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite e qualquer quantidade é bem-vinda”, explica Priscila Zanotte, nutricionista do Banco de Leite do HMB. Para doar, a mãe só precisa comparecer no hospital para fazer um cadastro e o exame de sangue, a fim de atestar a sua saúde. Depois de receber todas as instruções necessárias, será possível retirar o leite no conforto da sua casa, e quando o vidro, esterilizado e com tampa de plástico, estiver totalmente preenchido é só avisar no grupo das doadoras para que seu endereço seja incluído na rota de coleta.

Além das condições climáticas, julho também é período de férias, e geralmente as mães, que têm seus filhos na escola, aproveitam para viajar, o que também limita o estoque da unidade. No mês de junho, o Banco está com uma demanda elevada. Cerca 20 bebês, acolhidos no berçário, na UTI neonatal e na UTI pediátrica, necessitam deste tipo de alimentação, especialmente os que têm menos de 1,5kg. “O leite é muito importante para o ganho de peso dos recém-nascidos porque possui um alto valor nutricional, com grande quantidade de água, proteínas e lipídios. E também para aumentar a imunidade e prevenir contra infecções”, esclarece a nutricionista, que destaca o consumo atual de aproximadamente dois litros de leite por dia.

A rede de coleta funciona apenas para moradoras de Barueri, mas qualquer mulher que estiver amamentando pode usufruir do banco, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h, para retirar o leite no próprio espaço ou para trazer a doação. O banco, que tem capacidade para armazenar 180 litros de leite e consegue atender seis doadoras ao mesmo tempo, conta com equipe especializada para orientar durante o processo da doação e para esclarecer dúvidas sobre a amamentação. As interessadas podem comparecer no 6º andar do Hospital Municipal ou entrar em contato pelo telefone (11) 2575-3269.

 

Programa Meu Futuro eleva cada vez mais a autoestima dos trabalhadores

A ideia inicial era fortalecer a classe trabalhadora da cidade de Barueri por meio da qualificação profissional, mas após um ano de projeto o saldo tem ido além. O Programa Meu Futuro, idealizado pela Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho (SICT), acaba de iniciar sua 7ª fase e a cada evento de entrega de certificados nota-se que os alunos se sentem mais seguros, empoderados e preparados para buscar melhores oportunidades no mercado de trabalho. 

 Concluindo o curso de cuidador, o jovem Roberto Rivelino dos Reis corrobora tal afirmação. “Me deu muita esperança de que vou conseguir trabalhar na área, já estou procurando, o mercado está bem aquecido na área de cuidador de idosos, me ajudou bastante mesmo. Me deu mais autoconfiança e agora eu sei que estou mais preparado para conseguir alguma coisa no mercado de trabalho”, afirma.  

 Esse resgate da autoestima é muito importante nesse processo, conforme destaca o secretário da pasta, Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo. “Qualificar-se é isso: estar preparado em todos os níveis. Ver que os nossos alunos estão indo em busca das vagas mais firmes e confiantes, além de melhor preparados para disputar de igual para igual, nos dá ainda mais garra para batalhar por esse projeto”, diz. 

 O secretário reforça que muitas portas vêm se abrindo. Já temos vários casos, com muito êxito, de alunos que, pós-curso, já conseguiram vaga no mercado de trabalho. Isso nos deixa muito felizes porque é resultado de um projeto que foi bem construído e está aí ajudando o nosso povo”, comemora Magoo 

 Chegando à 7º turma 

No evento de recepção aos novos alunos e de entrega de certificados aos concluintes que aconteceu na quarta-feira (dia 12), no Centro de Eventos, Magoo revelou que outras iniciativas estão em curso para ajudar ainda mais quem busca os cursos. A SICT está investindo em uma ação coordenada de indicação dos alunos diretamente às empresas, facilitando ainda mais o ingresso deles em vagas formais. 

 Além disso, em uma parceria com o Sebrae Aqui – Barueri, estarão oferecendo em breve capacitação em empreendedorismo aos alunos que fazem cursos de áreas de atuação liberal, como é o caso de eletricista residencial, pintor de obras, pedreiro revestidor e instalador hidráulico, por exemplo.  

 Só nesta nova fase foram disponibilizadas 680 vagas, distribuídas em 11 cursos, dentre eles um novo: instalador hidráulico, que, conforme explicou Magoo, tem bastante procura na região. Já a 6ª fase formou 340 pessoas. Desde que começou, em maio de 2018, o Programa Meu Futuro já certificou 2.779 munícipes em 21 qualificações implementadas até o momento; ao todo são 25 opções. 

Sema alerta donos de cães sobre imunização contra a cinomose

A Prefeitura de Barueri, por meio da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema), alerta os donos de cães sobre a importância da imunização contra a cinomose, uma doença grave que pode levar o animal à morte.  

 cinomose é uma doença viral que pode afetar todos os cachorros, atingindo os sistemas gastrointestinal, nervoso e respiratório.  

 A transmissão ocorre através de secreções vindas do nariz e boca do animal contaminado para o cão saudável. Ela ocorre em períodos de baixa umidade (tempo seco), sendo mais frequente em cães de três a seis meses de vida e acima de oito anos de idade.  

 Os sintomas apresentados são falta de apetite, secreções nasais e oculares, indisposição, depressão, vômito e diarreia. Na maioria dos cães as pupilas podem ficam dilatadas e há alterações no sistema nervoso, gerando convulsões e tremedeiras. 

 A maneira mais efetiva para o combate à cinomose é a vacinação do animal sadio a partir dos seus 45 dias iniciais de vida, sendo necessárias mais duas doses com intervalos de 30 dias. Somente após a terceira dose, o cão estará imunizado por um período de 12 meses, sendo necessário o reforço anual.  

 Segundo a médica veterinária Camilla Panizza de Camargo, gestora do Cepad II (Centro de Proteção ao Animal Doméstico), “a vacinação é fundamental, pois não previne só contra cinomose, mas também evita outras doenças graves como leptospirose parvovirose, entre outras”.  

 O município não realiza vacinação e atendimento de animais com cinomose e doenças infectocontagiosas. Muito importante devido à gravidade da doença, a imunização deve ser feita em estabelecimentos privados como clinicas e hospitais veterinários.