Barueri

Educação aponta expressivo crescimento no uso de ferramentas tecnológicas em Barueri

Nesta semana, a Coordenadoria de Tecnologia da Secretaria de Educação de Barueri finalizou estudos que apontaram um expressivo crescimento nas ações para a dinamizar as aulas on-line, realizadas desde o início do isolamento social, por conta da pandemia.

De acordo com a apresentação, realizada nesta semana pelo setor de Tecnologia Pedagógica (TecPed), desde a terceira semana de março, aumentou muito o uso das ferramentas Google For Education.

Os estudos apontaram o aumento de 97% no uso do Google Sala de Aula. Neste período aumentaram em 214% os compartilhamentos de arquivos e houve acréscimo de 106% na utilização do Google Drive. O levantamento realizado também apontou 140 mil participações nas reuniões virtuais (Hangouts).

Para atender toda a rede da melhor forma possível, professores, alunos e gestores estão enfrentando uma verdadeira maratona de lives, videoconferências, formações e muitos esforços para que o melhor material pedagógico chegue aos estudantes de todos os anos.

Na quarta-feira (dia 7) aconteceu mais uma reunião com a participação de formadores da Colaborativa e profissionais da Secretaria de Educação de Barueri. Os educadores puderam conhecer mais sobre ferramentas como Arts&Culture, Google Earth e Banco de Recursos.

Entre os cerca de 1.600 participantes da formação, a professora Juliane Leal Amaral, da Emef José Emídio, foi convidada a falar sobre suas experiências em educação tecnológica na rede de Barueri.

Emocionada, ela contou que, no atual período, tem sido muito difícil ficar fisicamente longe dos alunos. “Os desafios são muitos, mas os alunos são muito esforçados. As aulas on-line têm que ser mais dinâmicas e interessantes para manter o interesse dos estudantes na frente do computador. Os novos recursos que estamos aprendendo nas formações têm ajudado muito”, contou.

Exército realiza desinfecção em prontos-socorros de Barueri

Nas madrugadas de terça para quarta-feira e de quarta para quinta-feira (dias 6 e 7) foi realizada a desinfecção em quatro prontos-socorros de Barueri. No dia 6 aconteceu no PS Central Adulto e no PS Infantil; já no dia 7, foi a vez do PS do Engenho Novo e também do PS do Parque Imperial.

Em consonância com a Vigilância em Saúde do município, a descontaminação foi realizada por cerca de 30 soldados do Exército Brasileiro, pertencentes ao Comando Militar do Oeste, situado em Campo Grande (MS).

A iniciativa busca colaborar com as medidas sanitárias na prevenção ao contágio do novo coronavírus em áreas de grande circulação da população ou que representem ambientes de maior risco, como é o caso das unidades de saúde.

A desinfecção ocorreu em todos os ambientes internos dos prontos-socorros, bem como de seu entorno, o que justifica o fechamento das ruas durante a tarefa. A limpeza foi realizada durante a madrugada justamente por ser um horário de baixo fluxo de pessoas, tornando mais eficaz a ação dos produtos aplicados.

Várias equipes de descontaminação do Exército Brasileiro têm realizado ações como essa em locais públicos em todo o país. Trata-se de um esforço para ampliar a proteção da população nessa época de pandemia.

Canil da Guarda Municipal auxilia no combate à criminalidade em Barueri

Na última semana, as equipes especializadas Romu e Canil, da Guarda de Barueri, apreenderam um menor de idade com posse de drogas no Recanto Phrynea. Com a ajuda do K9 Ayllon, foi encontrado o local onde estavam enterrados mais entorpecentes, totalizando 23 pinos de cocaína, 119 de maconha e 26 de crack, além de R$ 197 em espécie. O menor confessou o crime e o caso foi direcionado à Delegacia Central.

Em outra ação, a mesma equipe deteve um indivíduo traficando drogas no Engenho Novo. Mais uma vez, o K9 Ayllon foi fundamental para localizar as drogas que estavam escondidas dentro de um tubo de energia sobre uma placa de concreto.

Somente nos últimos oito dias foram realizadas cinco prisões pelas equipes da Romu e do GTM, sendo cinco delas com a ajuda do Canil. Foi um prejuízo ao tráfico de aproximadamente R$ 8 mil.

Canil

No quadro da Guarda Municipal de Barueri, o Canil integra a Companhia Especializada atuando em conjunto com a Romu (Ronda Ostensiva Municipal) e o GTM (Grupo Tático de Motos) nos pontos que apresentam um maior índice criminal.

O Canil da Guarda iniciou os trabalhos oficialmente no dia 4 de dezembro de 2019 com dois cães da raça pastor-alemão, o Ayllon, que tem a dupla função de faro de entorpecentes e de proteção, e o Thor, que tem um ano de idade e está em treinamento para ser empregado como “show-dog” em apresentações escolares e preventivas da corporação.

De acordo com o inspetor Toni Alves Leite, comandante da Companhia Especializada, “o cão auxilia no combate à criminalidade, com a força física e o faro apurado, sendo mais uma ferramenta que a população de Barueri dispõe para a proteção da cidade”.

Servidores de Barueri sugerem ação solidária e doam 519 cestas básicas

Os movimentos espontâneos de solidariedade só aumentam na cidade. Nesta semana, a Secretaria de Administração contabilizou 519 cestas básicas, que foram doadas por funcionários de todas as secretarias municipais ao Fundo Social de Solidariedade de Barueri e Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

De acordo com Cilene Bittencourt, secretária de Administração, a ideia das doações voluntárias partiu do servidor Marcos Camilo, que trabalha na Secretaria de Indústria e Comércio. A iniciativa foi prontamente apoiada pelos funcionários, que consideraram que a doação para esta importante causa, não faria falta. ” Em meio a um período tão apreensivo e tenso quero agradecer a todos o nossos servidores. Nossos sinceros agradecimentos àqueles que puderam doar. Sabemos que aqueles que não puderam é porque já estão com suas cestas comprometidas. Em especial queremos, eu e todo o Governo Municipal, agradecê-los, do fundo do coração, na pessoa do servidor Marcos Camilo, da Secretaria de Indústria e Comércio, o autor da ideia. Marcos Camilo, você com essa iniciativa entrou para o rol dos seres humanos que fazem a diferença, para melhor, na vida do próximo”, disse.

A servidora da Secretaria de Educação, Solange Souza, fez questão de participar da corrente solidária. “Com a chegada da pandemia, ações como estas podem minimizar os danos diante da fragilidade humana e de se reconhecer no lugar do outro. As iniciativas de solidariedade fazem bem ao coração e, se neste momento temos a oportunidade de ajudar, temos que fazer nossa parte”.

Roberto Oliveira, da Secretaria de Esportes, ficou feliz em poder colaborar. “Tenho acompanhado a triste realidade de pessoas que perderam suas rendas. Felizmente minha família poderá doar e amenizar um pouco a dificuldade dessas famílias”, contou.

Aliz de Castro, servidora da Secretaria de Comunicação, também se sensibilizou com a iniciativa e colaborou. “Não vi qualquer problema em doar a minha cesta básica, ainda mais em um período tão crítico como o que estamos passando com essa pandemia. Há muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social e doar a minha cesta foi uma forma de ajudar. Acho que a iniciativa é muito nobre e precisa ganhar força, pois há muita gente precisando”.

“Neste momento difícil que estamos passando, temos que nos unir e ajudar quem está precisando. A solidariedade é fundamental para sairmos fortes desta crise”, disse a funcionária Valquíria Oliveira, da Secretaria da Cultura.

Marca da solidariedade
Presidente do Fundo Estrela Guia, Sônia Furlan elogiou e agradeceu o empenho dos servidores de Barueri. “Nossa cidade tem a marca da solidariedade. Quando, anos atrás, o Fundo Social de Solidariedade iniciou a mobilização para a prática do bem, os maiores apoiadores e colaboradores foram os funcionários públicos. E até hoje eles estão envolvidos em todas as ações de solidariedade. Essa iniciativa só reforça a admiração e o respeito que tenho por eles. Que Deus os abençoe por tudo que fazem pelas pessoas”, destacou. 

Educação orienta pais sobre importância da rotina para o desenvolvimento dos alunos em Barueri

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os alunos seguem afastados do ambiente escolar. Para que eles sigam mantendo uma rotina de aprendizagem, a Secretaria de Educação de Barueri continua criando mecanismos para facilitar e orientar os pais de todos os alunos da rede.

 

Visando o melhor desenvolvimento dos alunos, mesmo em casa neste período de quarentena, se faz necessário que as crianças e adolescentes mantenham hábitos de reservar momentos para estudos e ações para garantir a sociabilidade e o entretenimento, entre outras atividades realizadas no cotidiano escolar.

 

De acordo com a secretária de Educação, Flávia Moreno, uma série de ações importantes podem ser realizadas, com a ajuda dos pais e familiares, para que os alunos possam seguir no processo de aprendizagem.

 

“Sabemos que não é nada fácil lidarmos com tantas informações neste momento atípico de pandemia, mas é importante que os pais procurem manter a rotina para o bem-estar dos filhos. Seguir algumas dicas pode ajudar muito no cotidiano, como manter em casa um espaço próprio para o estudo, efetuar, diariamente, as atividades do Google Sala de Aula, estimular a leitura de livros compatíveis para a faixa etária, promover a leitura conjunta com discussões sobre o que foi lido e aproveitar a internet para fazer visitas virtuais a museus e locais de interesse, além de usar o momento para estreitar os laços familiares com conversas olho no olho”, orientou.

 

Para a diretora da maternal Maria Meduneckas, Soraia Guedes, a rotina é extremamente importante para estabelecer a autonomia e a segurança das crianças. “Os alunos precisam entender como funciona o tempo. É essencial que se tenha horários para acordar, se alimentar, fazer atividades e dormir. A rotina precisa ser desenvolvida com estímulos de desenvolvimento por intermédio de brincadeiras, leitura e interação”, explicou.

 

Quanto à rotina de aprendizagem, as coordenadorias de Educação Infantil e Ensino Fundamental da rede de Barueri, desde o início da quarentena, estão orientando gestores e professores de todas as escolas a alimentarem diariamente as redes sociais e os sites das escolas, além de providenciarem material impresso de atividades para os alunos que não possuem internet.

APP Saúde Barueri oferece autoavaliação para coronavírus

Um novo serviço acaba de ser incluído no aplicativo Saúde Barueri: uma autoavaliação de saúde que, com base nos sintomas, indica se a pessoa está com suspeita de coronavírus e se deve ou não procurar atendimento médico.

 

Basta responder algumas perguntas simples e objetivas com poucos cliques, usando apenas o celular, e o sistema direciona, com base nas respostas, à orientação de como deve proceder.

 

O APP Saúde Barueri é gratuito e está disponível para celulares com sistema operacional Android nas principais lojas de aplicativos. É só pesquisar pelo nome, instalar no celular e começar a utilizar.

 

O primeiro acesso exige um cadastro rápido que pede apenas informações pessoais básicas, a confirmação de um código enviado por SMS e a definição de uma senha. Nos próximos acessos é só informar CPF e digitar a senha para ingressar e usar os serviços.

 

A autoavaliação que orienta se os sintomas são ou não de Covid-19 é mais um serviço incluído no aplicativo, que também dispõe de opções como agendamento de consulta, acesso às consultas agendadas, vacinas tomadas, histórico de atendimento na rede de saúde do município, avaliação de atendimento, cartão Saúde Virtual, canal para sugestões e dúvidas, notificações, além da possibilidade de interligar seu cadastro com os de seus familiares.

Funcionários da Educação têm grande participação em Drive-thru Solidário em Barueri

Entre os dias 15 e 16 de abril, a Secretaria de Educação de Barueri, mobilizou seus funcionários em uma ação denominada Drive-thru Solidário, oportunidade em que, de forma organizada e segura, doações voluntárias foram realizadas no CAP (Centro de Aperfeiçoamento dos Professores).

 

A ação movimentou toda equipe, entre diretores de escolas, professores e funcionários de todos os setores da Secretaria de Educação, que fizeram questão de colaborar, cada um como pôde, seja doando alimentos ou materiais de higiene pessoal.

 

No total, a equipe organizadora da ação montou 104 cestas, destinadas à Secretaria de Desenvolvimento e Ações Sociais de Barueri, que está realizando um impecável trabalho junto a todas as famílias carentes do município de Barueri.

Diante da pandemia, HMB recomenda cuidados redobrados para hipertensos em Barueri

A Covid-19, doença causada pelo vírus SARS-CoV-2, pode ser assintomática, ocasionar febre, tosse e coriza, ou ainda gerar complicações respiratórias graves. E esses casos críticos são mais suscetíveis em pessoas que já possuem alguma doença crônica, como, por exemplo, a hipertensão. Por isso, na semana em que se comemora o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial (26/4), o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) destaca fatores sobre a relação entre as doenças e a importância de intensificar as medidas de prevenção contra a Covid-19. 

De forma simples, a hipertensão arterial é uma doença crônica que eleva os níveis da pressão do sangue nas artérias. “A pressão sanguínea é considerada normal quando a medição é em torno de 120/80 mmHg, popularmente abreviada para 12 por 8. E a pressão alta, ou seja, a alteração desses níveis, é uma doença multifatorial que afeta diversos órgãos, principalmente olhos, rins, cérebro e coração” explica Hector Novillo, cardiologista da unidade, que destaca dor no peito, alterações visuais e nas funções dos rins como sinais de alerta para agravamento do quadro. 

 “O hipertenso apresenta microlesões antigas nos vasos, como se fossem machucados. Esse estresse no sistema vasculosanguíneo ocasiona um nível de inflamação constante. E estudos recentes apontam que a Covid-19 faz a inflamação ativar um sistema de coagulação que acelera a doença e resulta em situações graves”, esclarece Novillo, que reforça a importância do acompanhamento clínico constante para casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 para avaliar a necessidade de substituição dos remédios indicados para hipertensão. 

De modo geral, a hipertensão, que exige o controle rigoroso de medicamentos em horários fixos e em doses corretas, já implica em uma série de cuidados com fatores emocionais e hábitos alimentares, por exemplo, evitar o consumo de sódio e de gordura para manter a doença controlada. E atualmente é imprescindível que essas medidas sejam reforçadas para evitar a necessidade de deslocamento às unidades de saúde, locais considerados mais expostos à contaminação do novo coronavírus. 

Vale ressaltar que as orientações do Ministério da Saúde sobre o isolamento social, o uso de máscaras e a prática de etiqueta social, que preconiza cobrir o nariz e a boca com o braço ou com um lenço descartável ao tossir ou espirrar, também devem ser seguidas de forma precisa para evitar a contaminação. Além disso, é fundamental lembrar que a lavagem correta das mãos com água e sabão, ou a higienização com álcool gel, ainda é a medida de prevenção mais fácil e mais eficaz contra o vírus SARS-CoV-2. 

PA do Jd. Paulista passa a ser hospital exclusivo para pacientes de Covid-19

Desde segunda-feira (dia 27), o Pronto-Atendimento Vanderson César de Almeida, do Jd. Paulista, passou a atuar como um hospital dedicado ao tratamento de pacientes infectados por coronavírus.  

 

Desta forma, o PA, por enquanto, não atenderá mais o público que busca por atendimento emergencial. A medida está sendo adotada devido ao aumento de casos de Covid-19 na cidade. Desde o início o plano de contingência da Secretaria de Saúde contava com o suporte desta unidade caso fosse necessário. 

 

Onde ir? 
Sem o atendimento espontâneo por parte da unidade, moradores da região que precisarem de socorro médico emergencial devem dirigir-se ao Pronto-Socorro do Jd. Silveira (Via Paiaguás, 160 – Parque dos Camargos).  

Equipe multiprofissional da Saúde monitora pacientes das UBSs

Desde o dia 13 de abril uma equipe multiprofissional ligada à Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde (Cabs) está realizando o monitoramento dos pacientes cadastrados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

 

Com a reconfiguração das UBSs nesse período de pandemia causada pelo novo coronavírus, no qual as unidades estão priorizando o atendimento a sintomáticos, além de pré-natais, crianças de até um ano e doentes crônicos com maior vulnerabilidade, muitas consultas e acompanhamentos tiveram de ser cancelados, no entanto, a assistência não foi interrompida.

 

A equipe, formada por dentistas, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos e enfermeiros está ocupando uma área do Ganha Tempo, fechado neste período de quarentena, e ligando diariamente, das 8h às 17h, para os pacientes, especialmente hipertensos e diabéticos com maior risco de descompensação, que somam cerca de 40 mil pessoas.

 

“Fornecemos orientações, verificação de sintomas mediante escuta qualificada, Identificamos pessoas desse grupo de risco (hipertensos e diabéticos) que necessitem atendimento médico neste período e agendamos consulta para esses que precisam”, detalha Wellington Correia Menezes, da Cabs.

 

Trata-se, explica Wellington, de uma escuta qualificada a partir de uma anamnese junto aos pacientes. “Não se trata de teleconsulta, funciona como um acolhimento à distância. Casos específicos podem receber retorno de ligações se o profissional julgar necessário”, diz. Pela conversa, os profissionais podem identificar os pacientes com quadros descompensados e, neste caso, é agendada uma consulta médica presencial.

 

A Cabs ressalta que esse monitoramento junto aos seus pacientes permanecerá ativo até que a pandemia esteja controlada. No começo eram 20 profissionais dedicados a essas ligações, mas esse número já foi dobrado para garantir uma cobertura total.

 

Alas separadas

As 19 UBSs do município foram reorganizadas de modo que os atendimentos aos pacientes prioritários não se misturam aos sintomáticos de Covid-19, garantindo uma maior segurança a todos. Os atendimentos prioritários estão sendo feitos no primeiro piso das unidades e por uma equipe própria, enquanto os sintomáticos são atendidos no piso térreo por uma equipe diferente.