Barueri

Novos negócios crescem 30% em apenas dois anos em Barueri


 Foto: Allisson Roberto

Mais uma vez contrariando os índices nacionais, Barueri registra crescimento no número de novos negócios no município. Atualmente, a cidade possui 29.566 inscrições ativas. 

Em 2018, a cidade recebeu 4.549 inscrições de novas empresas, conforme informa a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Trabalho (SICT). Isso corresponde a uma média de 379 empresas por mês chegando à cidade: 29,49% a mais em comparação com 2016, e 22% acima de 2017.  

Em 2016, foram 3.513 novos registros, já em 2017 o número saltou para 3.726 (média mensal de 311 novos negócios). 

Dentre as atividades mais cadastradas em 2018 figuram apoio comercial, financeiro e administrativo, com 431 empresas; construção civil, com 236; e escritório administrativo, com 218.  

Alphaville é o bairro que lidera na lista de localização mais escolhida por esses novos negócios, chegando a 1.413; a região central vem em seguida, com 614 novos negócios; e depois vem o Jardim Belval, com 306.  

O crescimento na arrecadação do ISS (Imposto Sobre Serviços) comprova a expansão: em 2016 o montante foi de R$ 879 milhões; em 2017 foi de R$ 1 bilhão; e em 2018 chegou a R$ 1,2 bi.  

Sobre a capacidade de crescimento de Barueri, o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho, Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo -, é enfático ao afirmar que os números mostram que Barueri não só tem capacidade para crescer mais, como de fato está crescendo. “Se você olhar os números de 2018, em comparação com 2016, a criação de novas empresas aumentou quase 30% em apenas dois anos.”  

E Magoo completa: “é bom destacar que a nossa cidade tem muito potencial em diferentes segmentos, o que enriquece ainda mais a nossa economia e as oportunidades para o empresariado, gerando mais empregos e renda para a nossa gente”.  

Menor taxa de desemprego 

A Fundação Seade citou Barueri como uma das cidades com menor taxa de desemprego do estado de São Paulo (15% considerando a Sub-Região Oeste da Grande São Paulo). O que tem contribuído bastante para tais resultados, segundo a pesquisa, é a vinda de novas empresas, especialmente na área de tecnologia.  

As principais empresas e a maioria dos empregos concentram-se nas cidades de Osasco, Barueri e Itapevi. As duas primeiras se transformaram em grandes polos tecnológicos, enquanto que em Itapevi prevalece a indústria, principalmente, farmacêutica”, noticiou o G1 em reportagem de Filippo Mancuso em 22 de abril. 

  Hoje Barueri conta com uma média de 2.964 empresas ou profissionais autônomos na área de tecnologia.

Obras viárias aumentam fluidez e segurança do trânsito em Barueri

Desde 2017, a Prefeitura de Barueri já entregou mais de 30 importantes obras na cidade. Até 2020, a previsão é de que outras 60 obras sejam concluídas. O setor viário é um dos mais beneficiados com a realização de projetos que visam aumentar a fluidez e a segurança de condutores automotivos, ciclistas e pedestres.

 

No mês passado, em abril, a Prefeitura finalizou duas obras de remodelação viária, sendo uma com alargamento de pista em trecho da avenida Dr. Dib Sauaia Neto, em Alphaville. A outra é na Estrada dos Romeiros, no bairro Cruz Preta.

 

Foram concluídas ainda obras de alargamento da Via Parque, em Alphaville, da rua da Prata (Bairro Boa Vista), rua Tâmisa, no Vale do Sol, e da avenida Paiol Velho, no Tamboré.

No Parque Imperial, um grande investimento é a construção do viaduto com alargamento da avenida João Rodrigues Nunes e da rua Chico Mendes. O viaduto já foi liberado parcialmente. Tem 180 metros de extensão, 10,5 metros de largura, duas faixas de rolamento e passagem para pedestres.

 

Em Alphaville / Tamboré, com entrega prevista para os próximos meses, está em construção o viaduto sobre a alameda Araguaia. Poderá ser usado para o tráfego de veículos pesados, tem formato de “S” e soma 7,30 metros de largura, com extensão total de 680 metros.

 

 

Duplicação

O Jardim Reginalice e Bairro dos Altos estão recebendo obras de alargamento com readequação de dois trechos viários da estrada Dr. Cícero Borges de Morais. Um deles envolve desde a rotatória Rotary Clube até as imediações da rua Titicaca.

 

A outra parte da obra estende-se até a Estrada das Acácias, via que se interliga com a estrada das Rosas, no Jardim Flórida. O término está previsto para o segundo semestre de 2019.

 

Recapeamento

Além de construção, alargamento, duplicação e remodelação viária, a Prefeitura tem investido em obras de recapeamento em vias de maior movimentação ou que, realmente, precisam de reparos. Ao todo, o projeto prevê a soma de 80 mil metros lineares de asfalto novo em Barueri.

Filho de vítima de violência doméstica terá prioridade na matrícula escolar

O Plenário da Câmara Municipal de Barueri aprovou o Projeto de Lei 022/2019, que concede a filhos de mulher que sofre violência doméstica prioridade de matrícula na rede pública municipal de educação.
O texto aprovado faz referência à Lei Federal nº 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha, que prevê prioridade em creches e escolas de educação infantil. Já a legislação municipal aprovada pelos vereadores estende o benefício também à matrícula ou transferência dos dependentes da vítima em instituição de educação básica mais próxima de seu domicílio.
A comprovação dessa situação de violência será por meio da apresentação do boletim de ocorrência ou do processo de violência doméstica e familiar em curso.
Para o vereador Allan Miranda (PSDB), autor do projeto, mulheres vítimas de violência estão em situação vulnerável e necessitam de proteção. “Muitas vezes elas precisam se afastar do agressor e têm de procurar um trabalho em outra localidade, além de enfrentar o problema de encontrar vaga na escola para os filhos”, disse.

Luiza Possi faz show em homenagem às mães neste domingo

A cantora e futura mamãe Luiza Possi faz show especial no Cultura no Parque deste domingo, dia 12, em homenagem ao Dia das Mães. O show começa às 11h no Parque Municipal Dom José. 

Dona de uma voz marcante, Luiza Possi, filha da cantora Zizi Possi, afirmou que está vivendo um momento muito abençoado, nos dias que antecedem o nascimento do seu primeiro filho.  

Luiza vai interpretar seus grandes sucessos em homenagem a todas as mães da cidade, além de uma homenagem à sua própria mãe.  Na noite anterior à apresentação em Barueri, Luiza vai estrear com a mãe o show “Zizi & Luiza Possi”, na casa de shows Tom Brasil, em São Paulo. 

“Esse encontro com a Zizi no palco tem muito a ver com a minha gravidez. Me deu muita vontade de fazer uma reverência à minha maior referência, que é a minha mãe. E o Dia das Mães era a data perfeita para isso”, revelou. 

Luiza Possi gravou seu primeiro disco em 2001, “Eu Sou Assim”, que contou com o sucesso da faixa-título, tema da novela “Mulheres Apaixonadas”, da Rede Globo, e com “Dias Iguais”, que entraram para as principais paradas musicais do país. 

Sobre os projetos da cantora, ela disse que, além da turnê com a mãe, está dando sequência ao show “Piano e Voz”. “Estou no estúdio gravando meu novo álbum. Foram três anos até o lançamento de inéditas. Nesse período fiz ‘Divas’, ‘Show dos Famosos’, ‘Tributo a Michael Jackson’, mas realmente faltava a música que chamasse meu coração: ‘Desejo Preferido’ foi a música que eu ouvi depois de três anos e me apaixonei”, contou.  

Inscrições para o Prêmio Barueri de Literatura abrem no dia 20 de maio

Os aspirantes a escritores e amantes da literatura terão mais uma oportunidade de mostrar o seu talento, além de ter o trabalho publicado em livro. A Prefeitura de Barueri, por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo, abrirá no dia 20 de maio as inscrições para o Prêmio Barueri de Literatura.

O concurso tem como objetivo revelar novos talentos promover o entusiasmo pela escrita e valorizar os postulantes para ingressarem na carreira literária. Serão selecionados trabalhos inéditos em conto, poesia e tese acadêmica (doutorado e pós-doutorado). Podem participar autores residentes em Barueri (menores e acima de 18 anos) e também não residentes na cidade. Os prêmios somam R$ 23.500 em dinheiro, além da publicação de 50 exemplares da obra para cada autor.

O envelope com os trabalhos poderão ser entregues junto com a ficha de inscrição, pessoalmente ou pelo Correio, para a Secretaria de Cultura e Turismo, na avenida 26 de Março, 173, centro de Barueri. O encerramento das inscrições acontece no dia 19 de julho e a divulgação dos trabalhos vencedores será feita no dia 25 de setembro.

O edital completo com todas as informações foi publicado no Jornal Oficial a de Barueri edição 1.131, do dia 1º de maio. A ficha de inscrição estará disponível a partir do dia 20 de maio.

Barueri lança programa de Apadrinhamento Afetivo

Crianças e adolescentes que têm chances remotas de retornar a morar com suas famílias ou de serem adotadas encontram no Apadrinhamento Afetivo a possibilidade de construir laços afetivos com adultos que serão referências ao longo de suas vidas. O programa está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) desde 2017.

No contexto de acolhimento, o estabelecimento de vínculos estáveis e duradouros entre crianças e adolescentes e adultos é um grande desafio, dado o caráter temporário dos profissionais que atuam nos abrigos e em outras instituições que as crianças e adolescentes frequentam. Quando chegam à maioridade, muitos adolescentes se veem sozinhos e não têm com quem contar.

Como todo encontro humano, o apadrinhamento pressupõe uma relação de troca, sendo que os padrinhos e madrinhas também são beneficiados, ampliando seu repertório cultural e social, desenvolvendo novas aptidões e aprendendo mais sobre si mesmos. É também uma oportunidade de ressaltar a individualidade de cada criança e adolescente acolhido. Ao olhar, escutar e ter atenção voltada ao afilhado, o padrinho coloca em foco aquela criança ou adolescente e se torna parceiro do serviço de acolhimento na desafiadora tarefa de cuidar e educar.

Como fazer?

Para apadrinhar uma criança ou adolescente, os candidatos precisam passar por uma formação realizada pelo Instituto Fazendo História. Alguns critérios são importantes. Inicialmente é preciso ter vontade de ser uma referência na vida do afilhado, ter disponibilidade de tempo, participar de todo processo de qualificação/seleção, ter no mínimo 25 anos, não estar no cadastro de adoção, não ter antecedentes criminais e residir em Barueri, na zona oeste de São Paulo ou em Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Carapicuíba.

Os primeiros encontros serão em maio. Para saber mais sobre o Apadrinhamento Afetivo em Barueri basta entrar em contato: 4199.2800, ramais 132 ou 114. Para se cadastrar para as palestras de apresentação do programa, basta enviar um email para juliana@fazendohistoria.org.br.

Apoio/execução

O programa é apoiado pelo Tribunal de Justiça e Ministério Público. As etapas serão executadas com a assessoria do Instituto Fazendo História responsável pela seleção/qualificação dos padrinhos e das equipes técnicas

Movimento Maio Amarelo 2019 apresenta reflexão sobre a mobilidade urbana

Em sua sexta edição, o Movimento Maio Amarelo apresenta o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, envolvendo diretamente a sociedade em reflexões sobre uma nova forma de encarar a mobilidade urbana, estimulando condutores, pedestres e passageiros a optarem por um trânsito mais seguro.  

Durante todo o mês de maio, a proposta é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Em Barueri, o Demutran, órgão vinculado à Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, coordena uma série de ações sobre o assunto.  

“A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige nas mais diferentes esferas”, explica o diretor do Núcleo de Educação para o Trânsito, Jaime Matos. 

Neste ano, Barueri promove uma parceria inédita entre a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana e as empresas prestadoras do serviço público de transporte coletivo, com o envelopamento de veículos na cor amarela e o laço correspondente ao movimento. Os ônibus transitarão durante todo o mês de maio nas linhas municipais.  

Peças publicitárias com o tema foram distribuídas em pontos estratégicos da cidade, com alertas sobre as três principais causas de acidentes de trânsito no mundo: excesso de velocidade, consumo de bebida alcoólica na direção de veículo e a utilização e manuseio de telefone celular enquanto dirige.  

Palestras preventivas também estão na agenda. Os alunos do Ensino Fundamental de cinco escolas da cidade receberão diversas atividades pedagógicas em alusão ao Maio Amarelo.  O Demutran também passará por diversas empresas instaladas no município, como C&A, Bosh e Americanas, para ministrar palestras relacionadas à segurança viária e adesão ao movimento. 

Por que Maio?  

A ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito no dia 11 de maio 2011, tornando o mês uma referência mundial para balanço das ações realizadas em todos os países. O amarelo simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito.

Projeto Cultura de Paz é lançado em reuniões de pais em todas escolas da rede

Foram realizadas nas 55 Escolas Municipais de Ensino Fundamental de Barueri (Emefs) reuniões de pais. Professores, gestores, diretores e supervisores das unidades se vestiram de banco para uma acolhida especial aos pais e à comunidade.

Todas as escolas levaram atividades especiais para explicarem sobre o programa de “Cultura de Paz”, a ser realizado pela Secretaria de Educação em toda a rede. Palestras, atividades interativas entre pais e filhos, música e outras ações levaram emoção e interatividade a todos. 

O programa determina que a escola deve promover atividades e projetos que visem estruturar as relações humanas entre a comunidade que atende, criando uma relação vincular positiva com todos os estudantes, familiares e funcionários da escola.  

O objetivo da Secretaria de Educação é que o projeto de Cultura de Paz ultrapasse as barreiras da sala de aula e avance para fora conseguindo diminuir os números de violência, e aumentando a empatia e harmonia entre professores, alunos e seus familiares. 

De acordo com Cineide Souza, mãe de um estudante da Emef Padre Elídio, a reunião foi muito especial. “Assistimos uma palestra muito importante que alertou sobre o uso indevido das redes sociais e a solidão dos filhos. Nós pudemos também declarar nosso amor aos nossos filhos por intermédio de mensagens em cartazes. A reunião foi muito bonita e a direção da escola está de parabéns.” 

A supervisora escolar Vânia Santos também ficou emocionada e feliz com a implantação do projeto. “Cada música entoada pelos alunos, vídeos inspiradores, painéis e tantas outras atividades significativas encheram nossos corações de emoção, pois em tempos conturbados compartilhar paz e o amor traz calma e positividade para nossas almas. A energia positiva da Cultura de Paz ecoou por toda a cidade, emocionando toda comunidade escolar numa demonstração de afeto, carinho, solidariedade e amor. A semente foi lançada e com certeza colheremos muitos frutos”, comentou. 

Sarau literário movimenta estudantes do EJA da Emef Alexandrino

Música, poesia, e recitais marcaram o Sarau Literário realizado pelos estudantes da EJA – Educação de Jovens e Adultos – da Emef Alexandrino da Silveira Bueno.

De acordo com o coordenador pedagógico José Geraldo, o evento acontece em todos os períodos, pois valoriza e incentiva o gosto pela literatura.

Durante a apresentação das turmas do EJA aconteceram apresentações variadas envolvendo musicais, leituras de poemas, depoimentos e teatro.

Desde o início do ano letivo os professores trabalharam com leituras diversas em salas de aula. No entanto, o texto escolhido para o sarau foi a literatura de cordel.

Além dos alunos, gestores e professores da escola também participaram do evento. A supervisora de ensino, Vânia Santos, destacou a importância do incentivo à leitura. “Eventos como este fazem com que os estudantes se interessem cada vez mais pelos diversos textos, sejam eles poesia, crônica, prosa, entres outras formas literárias”, avaliou.

Caminhão da Cultura estaciona no Jardim Belval, dia 11.

O Caminhão da Cultura vai levar diversão e arte ao Jardim Belval, no próximo dia 11 (sábado). A partir das 10h, muita música, apresentações circenses, balé, jazz, brincadeiras com o palhaço Costelinha e apresentações de mágica vão agitar a Praça do Jardim Belval, entre as ruas Engenheiro Oscar Kesselring e Luis Gianezela.

Como programa especial da Secretaria de Cultura e Turismo, o Caminhão da Cultura leva aos bairros, sempre aos sábados, apresentações artísticas em uma estrutura com palco, som e iluminação montados sobre um caminhão adaptado para shows.

Os próximos bairros que terão a visita do Caminhão são Vila Porto (dia 18) e Parque Imperial (dia 25).

Serviço

Caminhão da Cultura

Dia 11, sábado, a partir das 10h

Praça do Jardim Belval

Entre as ruas Eng. Oscar Kesselring e Luis Gianezela

Gratuito