Barueri

Prefeitura de Barueri entrega UBS do Jardim Tupan na próxima semana

Foto: Allisson Roberto / Secom

A meta de Barueri é melhorar cada vez mais o atendimento à população. Com esse objetivo, a Prefeitura de Barueri entrega na próxima semana a UBS do Jardim Tupan (Bairro Silveira). A unidade entra em pleno funcionamento na segunda-feira (dia 6 de agosto), mas já abre suas portas no próximo sábado (dia 4) para a comunidade local conhecer as instalações e por ocasião do Dia D de vacinação contra sarampo e poliomielite.

A Unidade Básica de Saúde Edini Cavalcante Consoli  fica na rua João Cabral de Melo Neto, perto do Ginásio de Esportes José Momi. O prédio ocupa terreno de 2.667,85 metros quadrados. Tem 2.800 metros quadrados de área construída em quatro pavimentos (subsolo, térreo, primeiro e segundo andares).

O subsolo tem estacionamento; no piso térreo, recepção, salas de vacina, coleta, curativo, medicação e consultórios. O primeiro é voltado para o atendimento no espaço para consultórios de pediatria, ginecologia e obstetrícia. O último pavimento, o segundo, será reservado para administração da UBS e outros consultórios, incluindo atendimento de  odontologia.

Ampliação da rede

Com a nova unidade do Tupan, a cidade passa a ter 17 UBSs em funcionamento. A Prefeitura também constrói unidades no Vale do Sol, Engenho Novo e Jardim Maria Helena.

Além disso, o município está com obras de implantação de Pronto-Socorro no Jardim Paulista e no Jardim Mutinga, Centro de Diagnósticos e Centro de Hemodiálise – ambos na Vila Porto, e projeta a construção do Centro de Especialidades, na região central da cidade.

 

Campanha do Agasalho 2018 foi sucesso em Barueri

Foto: Adalberto Albuquerque / SADS

 

Lançada em 9 de março, no Teatro Municipal de Barueri, a Campanha do Agasalho foi encerrada oficialmente dia 18 de julho. Durante 4 meses, milhares de doações foram feitas e dezenas de distribuições aconteceram praticamente em todos os bairros mais carentes da cidade. Os números dessa campanha liderada pelo Fundo Social de Solidariedade de Barueri Estrela Guia, em parceria com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, você vai conhecer agora.

Doações para o Bazar

No dia 14 de abril, foi realizado o Bazar Solidário. 8.688 itens foram recebidos, incluindo roupas, calçados, livros, louças móveis, acessórios, bijuterias e eletrodomésticos.

Este evento que rendeu R$ 46.089 só foi realizado graças às doações recebidas de empresários, comerciantes, secretarias municipais, escolas, servidores públicos e munícipes que fizeram questão de colaborar.

Eventos

Além do Bazar, dezenas de eventos foram promovidos em prol da Campanha do Agasalho e também ocorreram doações em dinheiro, totalizando R$ 54.944,11. A soma desses recursos equivale a R$ 101.033,11. Parte foi utilizada na compra de roupas novas, cobertores e tecidos utilizados para a confecção de roupas novas pelo Núcleo de Moda. O saldo de R$ 19 mil será utilizado pelo Fundo Social após aprovação por seu Conselho.

Roupas novas doadas

Após o Bazar, as doações continuaram a chegar ao Fundo. Roupas novas, cobertores, kits de higiene e até alimentos foram doados e distribuídos. No total foram arrecadadas 44.914 peças novas. Nesse montante constam peças que estavam em estoque, doações recebidas, agasalhos comprados com recursos do Fundo Social e a produção do Núcleo de Moda.

Dessas peças, 41.633 já foram distribuídas e 3.281 estão em estoque para atender eventual necessidade de alguma família, bem como casos pontuais em que haja desabrigados, vítimas de enchentes ou encaminhamentos da Defesa Civil.

Distribuições

As distribuições começaram antes do inverno para que as famílias tivessem melhores condições de enfrentar o frio. A primeira foi feita no dia 24 de abril e a última no dia 18 de julho. Ao todo, 19.399 cobertores foram entregues na cidade para as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A Prefeitura de Barueri, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, adquiriu 15 mil. O excedente foi doado por pessoas solidárias e também comprado com recursos dos eventos que o Fundo Social recebeu em prol da Campanha.

A Campanha do Agasalho foi a ongs, escolas, secretarias, ruas e Cras (Centros de Referência de Assistência Social). Receberam doações os garis da Secretaria de Serviços Municipais, moradores de rua abrigados na Cáritas, idosos residentes no Grupo Vida, crianças e adolescentes da Casa da Criança, atendidos da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, da Apae e do serviço de acolhimento do Cepac, alunos das maternais, Emeis e Emefs, moradores de dez bairros e as pessoas mais vulneráveis atendidas nos Cras.

Dez bairros foram atendidos com distribuições feitas nas ruas: Parque Imperial, Jardim Califórnia, Jardim Júlio, Jardim Mutinga, Vale do Sol, Engenho Novo, Chácaras Marco, Parque Viana, Jardim Belval e Vila Ceres.

Os seis Cras (Mutinga, Belval, Engenho Novo, Jardim Paulista, Parque Imperial e Jardim Silveira) receberam 5.525 roupas novas. Todas as peças foram separadas especialmente para cada integrante da família nos tamanhos certos.

Produção Núcleos de Moda

Os três Núcleos de Moda da cidade (Central, Parque Imperial e Vale do Sol) produziram a todo vapor para a Campanha do Agasalho. Juntos, eles confeccionaram 14.553 peças.

Essas roupas foram entregues para as crianças carentes da rede municipal de ensino que foram indicadas através de um consenso entre a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a Educação e a APM de cada escola. Foram atendidas 10.116 crianças das maternais, Emeis e Emefs.

Números

Início e término: 9 de março/ 18 de julho.

106 maternais, Emeis e Emefs: 10.116 alunos

Em 2017 a campanha visitou 7 bairros e este ano, 10.

Em 2017 foram distribuídos 15.000 cobertores e este ano, 19.399.

Em 2017 foram atendidas 11.817 famílias e em 2018, 18.460 famílias.

Todas as doações foram tratadas com respeito. As distribuições nos bairros foram feitas pessoalmente pela presidente do Fundo Social de Solidariedade, Sônia Furlan e pela secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina. A Campanha do Agasalho distribuiu somente roupas novas.

Avaliação

Para a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, “o grande diferencial da Campanha do Agasalho de Barueri é o amor. O amor que envolve o Poder Público, os colaboradores e funcionários. O amor que aquece com roupas novas, cobertores e com o imenso carinho que doamos e recebemos em cada abraço”.

Segundo a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Barueri, Sônia Furlan, “essa Campanha promoveu o envolvimento de todos os segmentos de nossa cidade para ajudar os mais carentes. Foi gratificante participar pessoalmente de cada entrega. Recebemos muito carinho, assim como pudemos abraçar cada pessoa necessitada. Além disso, é uma alegria entregar peças novas para as famílias que têm tão pouco. Isso só foi possível graças a solidariedade de todos. Muito obrigada. Que Deus os abençoe.”

 

Prefeitura de Barueri utiliza herbicida ecológico para eliminar mato sem agredir o meio ambiente

Mata mato com aplicação de herbicida ecológico

Em Barueri, o mato de vias públicas, beirais de córregos, praças, calçadas e terrenos baldios é eliminado sem o uso de produtos químicos. É que desde o começo de julho deste ano a cidade começou a utilizar um herbicida ecológico, com vaporização de água a 200 graus. O método é realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços Municipais (SSM).

A aplicação é prática, econômica e elimina o mato indesejável. Utiliza-se apenas água e lenha como fonte de energia, descartando-se a possibilidade de contaminação do solo e do lençol freático, protegendo o meio ambiente.

O Herbicida Ecológico MGC é compacto e de fácil manuseio. O equipamento é acoplado a um trator de pequeno porte, fornecendo força hidráulica para a articulação da haste de aplicação do vapor de água aquecido.

Região do Mutinga terá pronto-socorro moderno

Foto: Allisson Roberto / Secom

 

A Prefeitura de Barueri está construindo na rua Abelardo Luz com a rua Salvo Veloso, no Jardim Mutinga, um moderno pronto-socorro para atendimentos de urgência e emergência. A obra já soma 20% de serviços executados e a previsão de entrega é junho de 2019.

A área do terreno é de 1.558 metros quadrados e a área construída somará 1.028 metros quadrados. O prédio terá piso térreo mais um pavimento. E os ambientes são: recepção, atendimento ou espera; seis consultórios, um consultório de ginecologia e obstetrícia, raio-X, eletrocardiograma, coleta, curativo, inalação e medicação, farmácia, atendimento social, posto de enfermagem, sala de observação, administração e área coberta para ambulância.

Para construção, haverá demolição da Biblioteca Municipal Professora Maria Salomé Soares e desapropriação de imóveis da região.

Com o mais novo prédio, a região passará a contar com mais uma unidade de atendimento, pois já existe o Pronto-Socorro do Parque Imperial. Barueri dispõe ainda do Pronto-Socorro Arnaldo de Figueiredo Freitas, no Parque dos Camargos (Bairro Silveira); Pronto-Socorro Adulto no Centro e no Engenho Novo, e o Pronto-Socorro Infantil (Centro).

 

Com atleta barueriense, Brasil conquista bronze no Mundial de Vôlei Sentado na Holanda

Seleção de vôlei sentado conquista medalha de bronze em Mundia

 

Barueri está conquistando o seu espaço no esporte paraolímpico e já tem atleta se destacando fora do país representando a cidade. É o caso do barueriense Leandro Henrique da Silva, 33 anos, atleta paraolímpico que foi medalha de bronze pela seleção brasileira no Mundial de Vôlei Sentado, disputado na Holanda. No domingo (dia 22), o Brasil venceu a Ucrânia por 3 sets a zero, na cidade de Arnhem, e conquistou o terceiro lugar.

“O resultado foi bem positivo. Conseguimos nos concentrar para jogar pelo bronze e o Leandro atingiu as expectativas, bom atleta para o grupo e disciplinado”, exaltou o técnico da seleção, Célio Mediato.

Para Leandro, que joga pela equipe de vôlei sentado de Barueri, a experiência internacional é só o começo de novas conquistas. “Foi incrível jogar e enfrentar as melhores equipes e atletas do mundo. Grandes jogos e desafios. Foi uma honra representar a seleção brasileira e trazer esta medalha de bronze para o país. Foi um excelente resultado. Vamos continuar trabalhando e com dedicação iremos chegar ao topo da modalidade. Estamos no caminho certo”, declarou.

 

Vôlei sentado na SDPD

O vôlei sentado faz parte da grade de atividades esportivas da SDPD (Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Barueri) desde o ano passado e é indicado para pessoas com deficiência nos membros inferiores. Além de ajudar na reabilitação, a modalidade melhora a autoestima e pode revelar o potencial esportivo de futuros atletas.

Para conhecer essa e outras atividades voltadas para pessoas com deficiência, basta procurar a SDPD, que fica na rua Verador Isaías Pereira Souto, 175, Jardim Belval, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

 

Prefeitura investe na primeira infância e cria 2 mil vagas em berçários e maternais

 

A Prefeitura de Barueri tem investido pesado no setor da educação e, em especial, nos cuidados com as crianças de zero a 3 anos, com construções de modernas e novas maternais e berçários.

Em apenas um ano e meio, já foram entregues sete novos equipamentos para abrigar os filhos de pais e mães trabalhadores de Barueri: Maternais Luzia Maria da Conceição Lima (Maternal Vila Márcia), Elaine Castanon Pereira (Chácaras Marco), Wandeir Ribeiro (São Luiz), Maria Dolores Zendron Penteado (Engenho Novo), Nelson Marques (Parque Imperial), Maria do Carmo Silva (Jardim do Líbano) e Maternal Vale do Sol (aulas começam em agosto). São 1.900 crianças atendidas nestas novas unidades e a Prefeitura já emitiu ordem de início de obra para a construção de uma maternal no Jardim Reginalice.

A rede de ensino de Barueri já soma cerca de 10 mil vagas para crianças nas 34 maternais distribuídas pela cidade. A Maternal do Vale do Sol já está concluída e abrigará 300 crianças do bairro e das imediações. As aulas iniciam em agosto (dia 13, 1ª fase; dia 20, 2ª fase; e dia 28, berçário e 3ª fase).

 

Primeira Infância

Além dos investimentos em modernos prédios, a Secretaria de Educação não tem poupado esforços para implantar políticas pedagógicas avançadas que garantam a excelência no atendimento e na aprendizagem aos pequeninos alunos. O programa Primeira Infância já é uma realidade em todas as maternais e escolas de Educação Infantil do município.

A primeira infância é o período que compreende o nascimento e os primeiros seis anos de vida da criança. É uma etapa muito importante para o desenvolvimento, pois as experiências dessa época são levadas para o resto da vida. Estudos mostram que quando as condições para o desenvolvimento durante a primeira infância são boas, maiores são as probabilidades de a criança alcançar o melhor de seu potencial, tornando-se um adulto mais equilibrado, produtivo e realizado.

 

Programa Meu Futuro forma 400 pessoas e inicia nova etapa com o dobro de alunos

Mais de 400 jovens e adultos concluíram os 11 cursos profissionalizantes oferecidos gratuitamente no primeiro semestre do ano pela Prefeitura de Barueri, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho (SICT), através do Programa Meu Futuro. Agora tem início a segunda etapa do projeto, que preencheu 800 novas vagas em nove cursos.

Na tarde de quarta-feira (dia 18), uma bonita cerimônia realizada no Teatro Municipal de Barueri reuniu todos os alunos do Programa. Os concluintes foram homenageados e receberam seus certificados de conclusão e os novos alunos foram recepcionados e apresentados à empreitada.

Wallacy Gomes da Silva, 38 anos, formado em administração de empresas, encaixava-se nas duas turmas. É que ele estava concluindo o curso de assistente contábil e, feliz com o aprendizado recebido, inscreveu-se para o curso de elétrica que está começando.

“Achei o curso maravilhoso! Fiquei até surpreendido porque não esperava tanto. Gostei da qualidade do professor e a turma também estava empolgada. Já estou matriculado no de elétrica e, se Deus quiser, em outros também, porque a qualidade é boa”, relata Wallacy.

 

Dando oportunidades

Com o objetivo de dar oportunidades e facilitar o ingresso do munícipe no mercado de trabalho, o Programa Meu Futuro está com 11 cursos abertos atualmente, mas nos próximos meses chegarão a 25.

“É um projeto que nasceu da ideia de fazer um diagnóstico da demanda de mercado, baseado na necessidade dos empresários da cidade e da região. Chegamos à conclusão que o mercado precisa, nesse momento tão difícil, tão complicado de desemprego, de mão de obra mais qualificada. E por que não investir em cursos de capacitação profissional?”, explica o secretário e Indústria, Comércio e Trabalho, Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo.

Novidades

Aproveitando a presença do vereador Silvio Macedo, que representou a Câmara de Barueri, o secretário Magoo pediu apoio do Legislativo para aprovação de um projeto de lei que prevê o fornecimento de vale-transporte aos frequentadores do curso que estiverem desempregados. O anúncio causou euforia entre os presentes, que festejaram a iniciativa. Preocupado com a empregabilidade, o secretário também mencionou um banco curricular que a SICT está criando para disponibilizar junto às empresas da região em um esforço de encaminhar os concluintes dos cursos a melhores oportunidades de emprego.

 

Guarda de Barueri ganha Base Guardiã Maria da Penha de proteção à mulher

Na quarta-feira (dia 28), a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri entregou à Guarda Civil Municipal, no bairro Nova Aldeinha, a Base Guardiã Maria da Penha, que passa a ser utilizada especificamente no atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica.   

 

Segundo a secretária da pasta, Regina Mesquita, a instalação da base nasceu devido ao aumento significativo da violência contra a mulher. Desde que o projeto Guardiã Maria da Penha iniciou há dois anos, 180 casos já foram atendidos. Atualmente, 37 casos são acompanhados por este programa da Guarda e, com o novo espaço, muitos outros serviços poderão ser prestados com mais eficácia.  

 

Os agentes da Guardiã Maria da Penha realizam visitas periódicas às vítimas e as acompanham em diversos aspectos, como a verificação do cumprimento de medidas protetivas, orientação dos direitos da mulher e até o encaminhamento dos agressores aos distritos policiais.  

 

Bem localizada e com o efetivo de 12 agentes, a Base Guardiã Maria da Penha presta atendimento 24h. “Assim que a vítima procurar a polícia e prestar queixa, nossa equipe de guardiãs será acionada e imediatamente irá até o local dar todo o suporte à mulher. Se houver crianças, elas também serão amparadas”, afirma a secretária.  

 

A denúncia deve ser feita 

A jovem T.R.O denunciou a agressão sofrida e hoje é acompanhada e assistida pelo Guardiã Maria da Penha de Barueri. Há 4 meses, ela foi vítima de violência doméstica e teve o nariz e uma das orelhas arrancadas por mordidas de seu parceiro. O trauma, a dor e o medo de uma nova agressão a fizeram prestar a queixa.  

 

Hoje, recebe acompanhamento psicológico e apoio integral da Guarda Municipal e da Secretaria da Mulher de Barueri, que colabora com o projeto. “Esse trabalho para a vítima é muito importante. Nos sentimos vulneráveis e precisamos de acolhimento. Aqui encontramos todo o suporte que precisamos”, relata a vítima.  

 

Contato 

Quem sofre qualquer tipo de violência doméstica deve denunciar. O telefone da Base Guardiã Maria da Penha é 4194-7562. 

 

Números que assustam  

De acordo com o Instituto Maria da Penha, a cada 2 segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal. Já a cada 22 segundos, uma mulher se torna vítima de espancamento. Na maioria dos casos, a violência é praticada pelo parceiro, dentro da própria casa.  

 

Ameaças, insultos e perseguições também são considerados formas de agressão. Seja verbal ou física devem ser interrompidas para que o bem-estar e segurança da mulher sejam preservados.  

Teatro Municipal de Barueri recebe o Show da Luna

No dia 11 de março o Teatro Municipal de Barueri recebe o espetáculo infantil “O Show da Luna, ao Vivo!”, um espetáculo repleto de canções, dança e fantasia.  Criada por Célia Catunda, que também assina a direção ao lado de Jonatan Pikolé, dançarino especialista em danças urbanas, a peça é uma produção do núcleo teatral da TVPinGuim. As canções, de autoria de André Abujamra e Márcio Nigro, foram especialmente coreografadas para o show. O espetáculo foi criado a partir da série de TV “O Show da Luna!”, de Célia Catunda e Kiko Mistrorigo e conta com um grande elenco de bailarinos e atores que vão contracenar com a cientista preferida das crianças, a Luna.

Informações

Espetáculo: O Show da Luna

Local: Teatro Municipal de Barueri

Data: 11 de março – domingo – 15h

Vendas: www.bilheteriaexpress.com.br

Valor: de R$  25,00  a R$ 50,00

 

SERVIÇO

TEATRO MUNICIPAL DE BARUERI

Rua Ministro Raphael de Barros Monteiro, 255 – Vila Boa Vista – Barueri/Sp

627 Lugares / Ar Condicionado / Estacionamento

Dia:  11 de março

Horário:  Domingo – 15h

Duração: 60 minutos / Indicação: Livre  / Gênero: Infantil

 

 

VENDAS

*Bilheteria do teatro: a partir de 06/03 , todos os dias das 14h às 19h (caso tenha ingresso).

 **Internet: www.bilheteriaexpress.com.br

 

PREÇOS DOS INGRESSOS

 

INTEIRA: R$ 50,00

PROMOCIONAL: R$ 40,00 (Apresentar flyer de divulgação ou desconto do jornal (desconto individual).

MEIA: R$ 25,00

Condições para MEIA ENTRADA:

Estudantes: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Graduação e Pós-graduação (apresentar carteirinha de estudante dentro da validade + RG.). Aposentados, pessoas acima de 60 anos, professores da rede pública. Clientes C.A. PRODUÇÕES Cartão Fidelidade (desconto individual). Crianças de 02 a 12 anos (apresentar RG).

 

Obs. Crianças de até 1 ano e 11 meses não pagam ingresso e ficam no colo dos responsáveis durante a apresentação. (mediante apresentação do documento na entrada do espetáculo.

EM QUALQUER SITUAÇÃO DE DESCONTO

Obrigatória a identificação: No ato da compra e no acesso ao teatro.

 

INFORMAÇÕES

2093-3176 / 4198-0972

www.caproducoes.com.br

Reinaldo Campos propõe utilização de motoambulâncias

 O vereador Reinaldo Campos (Pode) apresentou uma indicação na sessão de terça-feira, 6, propondo à Prefeitura de Barueri a adoção de motoambulâncias no pronto-atendimento da rede pública de saúde.

De acordo com o vereador, os constantes congestionamentos nas vias do município dificultam os deslocamentos do socorro médico, feito por ambulâncias convencionais. Ele citou um levantamento feito por uma empresa de transporte de passageiros que apontou Barueri como a 4ª cidade com os maiores índices de lentidão no país.

“O envio de motos para atender casos de emergência e de risco de vida é uma forma de agilizar os primeiros socorros para pessoas que necessitam de um atendimento médico imediato, pois o transporte por ambulâncias comuns depende muito da fluidez do trânsito”, justificou Reinaldo Campos. “O tempo de chegada de um paramédico até o local da ocorrência é determinante para que a vítima tenha mais chance de sobrevivência”, comentou o vereador.