Barueri

Com medida de isolamento, Secretaria de Educação realiza videoconferências

Dentro dos investimentos em educação tecnológica que a rede de ensino vem recebendo, todas as escolas e setores administrativos da Secretaria de Educação de Barueri contam com equipamentos para videoconferências. 

Nesta época de isolamento social, gestores de diversos setores da Secretaria de Educação seguem trabalhando e importantes reuniões e decisões vêm acontecendo graças à videoconferência. 

Frequentemente, as reuniões via videoconferência envolvem diretores, coordenadores educacionais e cursos para professores, entre outros produtivos encontros. 

Uma videoconferência com todas as instruções sobre plano de carreira já havia ocorrido recentemente na Secretaria de Educação. 

 

Procon Barueri disponibiliza canais de denúncia contra prática de preços abusivos

Fotos: Renato Bueno / Secom

O cidadão que se deparar com o aumento desproporcional de preços de produtos e serviços, especialmente neste momento de crise devido à pandemia de coronavírus (Covid-19), deve denunciar aos órgãos competentes, conforme orienta a Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho de Barueri.

As denúncias devem ser feitas ao Procon, órgão responsável pela fiscalização e garantia do cumprimento dos direitos do consumidor. Em Barueri, o órgão oferece orientações pelo telefone (11) 4199-1324 e denúncias pelo e-mail gt.procon1@barueri.sp.gov.br. Para denunciar ao Procon estadual, o número é 151.

A denúncia por e-mail é bem mais efetiva, pois é necessário que haja formalização desses relatos, que, por esse canal, são prontamente encaminhados à Fundação Procon, dando maior agilidade ao atendimento.

De acordo com a 117ª subseção OAB Barueri, “caracteriza prática abusiva e crime contra a economia popular a elevação desproporcional de preços, produtos ou serviços voltados à prevenção, proteção e combate ao coronavírus sem justo motivo, objetivando apenas ganhos econômicos. O fornecedor que incorrer nesta infração, prevista no Código de Defesa do Consumidor, poderá ser punido com aplicação de multa e até mesmo de interdição do estabelecimento, bem como responder criminalmente e ser condenado à pena de detenção nos termos da legislação vigente”.

A Fundação Procon também dispõe de aplicativo de celular, disponível para Android e IOS, bem como o portal www.procon.sp.gov.br e perfil nas principais redes sociais.

Procon Barueri nas ruas

A equipe do Procon de Barueri está percorrendo os comércios essenciais, que são os únicos autorizados a funcionar durante esse período, dando orientações aos comerciantes da cidade e fiscalizando preços e serviços. A ação deve continuar até que o surto seja normalizado.

Câmara de Barueri estende suspensão das atividades até 30 de abril

A Mesa Diretora da Câmara de Barueri decidiu estender, até 30 de abril, a suspensão das atividades do Poder Legislativo Municipal em razão do avanço da pandemia do novo coronavírus em todo o país.

A decisão precisou ser adotada para atender ao Decreto Estadual 64.789, expedido em 20 de março, e ao Decreto Municipal 9.113, publicado na segunda-feira, 23, em edição extraordinária do Jornal Oficial de Barueri.

Com a decisão, as sessões ordinárias previstas para os dias 24 e 31 de março, e 7, 14, 21 e 28 de abril estão temporariamente suspensas, podendo haver convocação extraordinária a qualquer momento caso seja necessário.

No sábado, 21, a Mesa Diretora já havia suspendido preventivamente o funcionamento da Câmara por 15 dias, além de determinar a criação de um comitê interno de monitoramento da situação, que passou a realizar reuniões virtuais diariamente para avaliar a situação da pandemia.

Os gabinetes dos 21 vereadores permanecem fechados, com atendimento por meios eletrônicos (e-mail e redes sociais). A administração da Casa funciona em esquema de plantão, com servidores de áreas essenciais fazendo rodízio, para que somente uma pessoa ocupe a sala de cada vez, evitando aglomerações que coloquem em risco a saúde dos trabalhadores. Os demais servidores seguem trabalhando sob regime de teletrabalho (homework).

 

HMB orienta colaboradores sobre fluxo de atendimento ao novo coronavírus em Barueri

o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, promoveu dois encontros entre a equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e os colaboradores, tanto da assistência quanto da área administrativa, a fim de esclarecer dúvidas como origem, tratamento, uso de equipamentos de proteção individual e, principalmente, o fluxo de atendimento para o novo coronavírus. Porém, vale ressaltar que a equipe responsável pelo acolhimento desses casos recebeu treinamento específico. 

Como, em Barueri, o HMB é o local indicado para realização de exames para confirmar ou descartar a detecção do novo coronavírus, é fundamental que todos os funcionários entendam o processo de atendimento. Por meio da rede municipal de saúde, o hospital recebe a solicitação de exame do caso suspeito e quando o paciente (já com máscara) entra na unidade, é encaminhado para o setor responsável pela admissão do caso, seguindo para uma área isolada, a fim de realizar o protocolo. Após coleta de material, o paciente recebe orientação para ficar em isolamento domiciliar até que recebam o resultado do exame. É importante frisar que apenas em situações consideradas graves, como em idosos ou pessoas que apresentam alguma comorbidade, existe a indicação para internação. 

Na segunda-feira (16/3), Priscila Dantas, infectologista do HMB, destacou a importância de acessar informações seguras e corretas para não causar desespero ou pânico. “É fundamental que nós confiemos nos dados oficiais porque desde o primeiro caso suspeito na China, provavelmente devido ao consumo de animais como morcegos e pangolins, muitos cientistas começaram a desenvolver pesquisas e estudos sobre o surgimento desse novo vírus da família do coronavírus, que já é um vírus conhecido desde 1960. Inclusive os dados desses estudos já apontaram que mais de 40% dos casos foram infectados em ambiente hospitalar, ou seja, por profissionais que lidam diretamente com os pacientes. Por isso, estamos proporcionando essa palestra”, explicou Dantas, que enfatizou a necessidade de pensar no coletivo acima do individual, porque a maioria da população não é considerada vulnerável, mas pode ser transmissora. 

A médica também explicou que o uso de máscaras é destinado apenas para quem está com os sintomas da Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus, e para os profissionais que terão contato direto com esse paciente. “As pessoas acham que colocar máscara é uma forma de proteção, mas ela perde a eficácia em pouco tempo de uso contínuo devido ao calor, ao suor e até a umidade da respiração. Quem precisa desse tipo de equipamento é a pessoa que transmite o vírus por meio de gotículas da fala, do espirro ou da tosse e quem vai atendê-la”, esclareceu Priscila, que demonstrou na prática a ordem de colocação e de retirada dos equipamentos de proteção individual, por exemplo, avental, luvas e óculos. 

Já na terça-feira (17/3), a palestra foi conduzida por Angélica Barbosa, infectologista do hospital, que também passou um panorama da doença e abordou a necessidade de lavar as mãos no ambiente hospitalar, já que o álcool gel é indicado apenas quando não há disponibilização de água e sabão. “Higienizar as mãos precisa ser um hábito, assim como usar de cinto de segurança. Quando você entra no carro, não é automático colocar o cinto? A lavagem das mãos também tem que ser porque é a melhor forma de prevenir a Covid-19. E essa prevenção depende da colaboração de todos”, alertou Barbosa, que finalizou a conversa com um vídeo exatamente sobre a transmissão do vírus no hospital quando uma pessoa esquece de lavar as mãos e amplia o risco de contaminação para toda a unidade e para os visitantes, que saem do hospital e podem transmitir para outras pessoas.

Vale destacar que além das palestras com especialistas, como medida prática, cada setor recebeu embalagens de álcool gel. O departamento de hotelaria está com atenção redobrada para abastecimento de sabonete líquido e álcool em todos os andares do hospital e nos processos de higienização da unidade, com foco em portas e maçanetas. Além disso, a hotelaria também realiza a limpeza com produtos específicos de desinfecção no corredor, no elevador e no leito destinado para o exame imediatamente após a passagem do paciente com suspeita. 

A direção do HMB, que disponibilizou banner informativo sobre como agir em casos suspeitos e tem realizado reuniões diárias com o SCIH sobre a situação atual do vírus, ainda desenvolveu um fluxo de atendimento específico para garantir a segurança de todos os transeuntes e um plano de contingência que já garante a reserva de 20 leitos de isolamento nesse primeiro momento e de acordo com a necessidade, possibilita a viabilização de mais 20 leitos.

 

50 Tons de Vida Rosa: artesanato promove interação entre mulheres com câncer de mama em Barueri

As Pérolas Rosas (nome usado para se referir às mulheres que são assistidas pelo Núcleo) foram instruídas pela professora Eva Marques Candido, que ensinou técnicas em biscuit para customizar canecas. O evento ocorreu no espaço gourmet da Secretaria e ainda contou com um café da manhã especial.

As canecas usadas para a customização foram arrecadadas durante a campanha do Outubro Rosa de 2019 “Fique Rosa Você Também”.

O intuito da ação foi trazer uma forma de interação entre as assistidas, que através do artesanato encontram um modo de se descontrair e encarar a doença de uma forma mais leve.

Eva Marques Candido, professora de artesanato, contou como as atividades ajudam a vida dessas mulheres. “O trabalho com artesanato em geral é realmente maravilhoso para todas elas, pois elas encontram uma forma de se descontrair, de conversar, falar sobre os problemas e trocar informações. Umas chegam e contam sobre a doença, dão dicas e conselhos sobre como superar e várias outras coisas. É realmente muito bom, porque elas trocam saberes e se ajudam, como uma grande terapia em grupo. Participar de tudo isso é extremamente importante para mim, porque eu aprendo muito com elas”, declarou.

Ações contra o câncer de mama não são só no Outubro Rosa

O programa 50 Tons de Vida Rosa tem como objetivo realizar 50 ações ao longo do ano para conscientizar a população sobre o câncer de mama e para trazer benefícios para as mulheres que estão enfrentando a doença.

Essas ações pretendem auxiliar o tratamento oncológico das assistidas, criando assim um incentivo à saúde e ao bem-estar, através do Núcleo de Combate ao Câncer de Mama, setor ligado à Secretaria da Mulher que oferece cuidados paliativos, orientações sobre o autocuidado e palestras, dentre outras ações. O Núcleo também realiza doação de perucas, lenços, sutiãs pós-cirúrgico, próteses pós-mastectomia, corpetes e braçadeiras.

Centro de Diagnósticos: serviços do Núcleo de Saúde da Mulher surpreende pacientes em Barueri

No primeiro andar do Centro de Diagnósticos Maria Mariano Meneghin, em Barueri, fica uma ala bastante especial: o Núcleo de Saúde da Mulher. O espaço foi todo pensado para que o público feminino receba a atenção que merece no cuidado à saúde. O ambiente é tão completo e o serviço prestado é tão diferenciado que as pacientes chegam a duvidar de que se trata de um serviço público.

Foi o que aconteceu com Lindalva Reis de Carvalho Lacerda, de 51 anos, moradora da cidade há 26 anos. No dia 6 de março ela esteve lá pela primeira vez para fazer um exame de densitometria óssea e só conseguiu dar nota máxima. “Nota 10! Nós de Barueri estávamos precisando. Eu faço ressonância da coluna e nós precisamos do exame aqui na nossa cidade. Está de parabéns, as meninas são muito 10. Tudo novo, tudo maravilhoso. Higiene 10, atendimento 10, tomara Deus que venha pra outros locais. A limpeza aqui é melhor do que em convênios”, ressaltou.

Outra munícipe, Telma Ferreira Domingos da Silva, de 45 anos, endossa as palavras de Lindalva. Suas duas filhas já realizaram exames no Centro de Diagnósticos e desta vez ela é que foi fazer uma mamografia. “Está ótimo, estou gostando, o atendimento é perfeito e tudo é de última geração. Nunca vi algo nesse padrão”, afirmou.

Acolhimento e tecnologia

As atividades do Núcleo tiveram início em outubro do ano passado, com a chegada do aparelho de densitometria óssea. De lá para dezembro foram chegando outras tecnologias, todas altamente avançadas, para o atendimento focado nesse público.

Atualmente a ala conta com exames como densitometria óssea, mamografia com tomossíntese, mamografia com estereotaxia, colposcopia, ultrassons de mama, fetal e obstétrico, exames ginecológicos com imagem, além de um espaço destinado à coleta de exames laboratoriais em casos específicos, como o de pessoas com mobilidade comprometida, por exemplo.

Cíntia Gislaine Tacola, supervisora técnica de radiologia do Centro, destaca, além de todas as tecnologias presentes no local, o trabalho de receptividade que é igualmente levado a sério. “Tem todo um acolhimento que faz a diferença para a paciente se sentir mais confortável. A gente vai explicando o que vai ser feito, ela sai do exame e já vê a imagem, isso tudo dá um bem-estar a elas. Todo esse conjunto deixa mais acolhedor e a paciente fica mais satisfeita”, conta.

A área reserva-se ao atendimento integral da mulher, até mesmo durante a gestação, dispondo de tecnologias específicas para esses casos.

 Mamografia top

O Núcleo de Saúde da Mulher conta com dois mamógrafos de última geração com recursos bastante avançados, ainda dificilmente encontrados na rede pública e até privada de saúde. É o caso do mamógrafo com tomossíntese, conforme explica Cíntia.

“Nós temos dois equipamentos de mamografia de última geração. Esses equipamentos, nem rede pública e nem rede particular costumam ter instrumentos iguais. A gente tem um mamógrafo com a especialidade de tomossíntese, exames milimétricos da mama que depois podem ser reconstruídos em 3D. Isso nem na rede particular aqui da região eu vi ainda, pode ser que daqui a pouco chegue. Realmente é um equipamento mais top de mamografia”, destaca a especialista.

Com ele é possível fazer até 20 imagens “fatiadas” da mama, exemplifica Cíntia. “É como se fossem ‘fatias’ de um milímetro cada uma, com isso, quando você termina a aquisição da imagem pode pedir a reconstrução em 3D e ver um nódulo, por exemplo, em várias posições. Você consegue ver volume, tamanho e profundidade. Há com isso um diferencial no diagnóstico porque consegue ter uma visualização muito melhor”, descreve.

Já o outro mamógrafo possibilita fazer a estereotaxia da mama, que é um tipo de biopsia direcionada. Ela serve para localizar nódulos não palpáveis ou microcalcificações, orientando melhor o especialista quanto ao local para retirar o material para análise.

Embora a mamografia seja um exame naturalmente desconfortável devido a compressão que é feita na área, esses novos aparelhos têm um acrílico menos denso, que se molda melhor à mama trazendo um pouco mais de conforto à paciente. Como são digitais, essas tecnologias oferecem imagens de alta qualidade e com grande resolução, favorecendo ainda mais a assertividade dos diagnósticos. Eles também são rápidos: o exame tradicional é feito em até 12 minutos, e se for com tomossíntese, em no máximo 20 minutos.

Curso da Vigilância forma novos brigadistas contra mosquito da dengue em Barueri

A “Brigada Contra o Aedes Aegypti” acaba de ganhar o reforço de mais 46 voluntários. O Departamento Técnico de Projetos Educativos da Vigilância em Saúde de Barueri realizou uma capacitação junto aos servidores que atuarão em seus locais de trabalho no combate aos criadouros, além de serem multiplicadores de informações sobre a dengue.

A criação da Brigada no âmbito da administração direta, indireta e fundacional no município obedece ao decreto 9.086, de 29 de janeiro de 2020. O objetivo é formar grupos de trabalho que realizem atividades para o combate às arboviroses (doenças transmitidas por mosquitos).

O curso foi ministrado pelo analista em Vigilância Sanitária e Epidemiológica Clóvis José de Sá no auditório da Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb) do Jardim Belval e reuniu representantes de várias secretarias municipais, das unidades da Fieb e da Câmara de Vereadores.

“Os participantes foram estimulados a direcionar um olhar diferenciado para conseguir identificar e eliminar possíveis criadouros, atuando na prevenção das doenças transmitidas pelo mosquito”, explica a educadora da Vigilância, Simone Ribeiro.

O treinamento abordou as principais arboviroses urbanas, bem como suas características e ciclos biológicos. Conforme detalha Simone, foi adotada uma abordagem diferenciada para educar os envolvidos na Gestão Integrada dos Fatores Predisponentes e/ou Determinantes (meio ambiente, ocupação do espaço urbano, destinação de resíduos sólidos e zeladoria urbana) que costumam favorecer o surgimento de epidemias de dengue, Zika, Chikungunya, febre amarela, Mayaro, Oropuche e encefalite de Saint Louis.

“Precisamos de muitos multiplicadores, pois a conscientização é nossa principal arma contra dengue e outras arboviroses. Se o mosquito não tiver onde se desenvolver o problema será bastante minimizado. Para isso dependemos totalmente da ação humana em evitar ambientes propícios para o Aedes”, ressalta a coordenadora chefe de Vigilância em Saúde de Barueri, Rosana Perri Andrade Ambrogini.

Outras edições do curso serão realizadas ao longo do ano, buscando alcançar todas as secretarias municipais e ter a Brigada Contra o Aedes Aegypti em cada uma.

Wanessa Camargo é a madrinha da Campanha do Agasalho 2020 em Barueri

A cantora e compositora Wanessa Camargo aceitou o convite do Fundo Social de Solidariedade Estrela Guia para ser a madrinha da Campanha do Agasalho de Barueri.

O encontro na sede da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), reuniu a cantora, a presidente do Fundo Social, Sônia Furlan, e a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, além dos secretários de Cultura e Turismo, Jean Gaspar, e de Comunicação, Thazio Gomiero.

Wanessa disse que ficou muito feliz com o convite e fará o que estiver ao seu alcance para colaborar. Ela declarou ainda que “é fã do trabalho do Fundo Social de Solidariedade de Barueri”.

Presidente do Fundo Social, Sônia Furlan explicou à artista toda a estrutura da Campanha do Agasalho de Barueri, que é diferenciada. “Nós só doamos roupas novas. Fazemos um grande bazar com doações que recebemos. Então, compramos roupas novas de inverno e moletons para que os Núcleos de Moda confeccionem os conjuntos. Faço todas as distribuições pessoalmente.”

Bazar

O 4º Bazar da Solidariedade aceita doações até o dia 30 de março. Você pode doar tudo o que estiver em bom estado. Com a renda da comercialização dos produtos, serão compradas peças novas de inverno que serão distribuídas na Campanha do Agasalho. Quer colaborar? Procure a equipe da Sads. Você pode entregar sua doação de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.

Nos casos em que é preciso retirar, é necessário agendar a partir do dia 10 de março pelo telefone 4199-2800, ramal 118.

Serviço

O Bazar será realizado no dia 4 de abril, das 9 às 15 horas, na sede da Sads. O endereço é avenida 26 de Março, 1.159, Jardim São Pedro, em Barueri.

Coordenadoria da Juventude oferece palestra sobre Educação Financeira em Barueri

Foto: Lourivaldo Fio / Secom

Um dos fatores mais importantes para viver uma boa vida é saber como administrar o seu dinheiro e assim não ter preocupações com dívidas. 

Pensando nisso, a Coordenadoria da Juventude, órgão da Secretaria de Relações Institucionais de Barueri (SRI), fornecerá gratuitamente palestra sobre “Educação Financeira”, em parceria com a Brasil / Trevisan. 

O evento acontecerá na quarta-feira (dia 18), nos períodos da manhã e da tarde, na sede da Coordenadoria. As vagas são limitadas para jovens entre 15 e 29 anos. 

As inscrições podem ser feitas no Espaço da Juventude, localizado na rua Guilhermina Carril Loureiro, 60, Centro, das 8 às 17 horas. Para mais informações, entre contato através do telefone 4199-0422. 

Escolas de esporte de Barueri têm vagas em diversas modalidades

Você prefere esportes individuais ou coletivos? Condicionamento físico, cross training ou artes marciais? O Barueri Esporte Forte, programa da Secretaria de Esportes, está com matrículas gratuitas abertas em 17 modalidades esportivas.

Nos polos esportivos distribuídos por toda a cidade, o munícipe fica sabendo em que bairro tem a atividade que ele ou os seus filhos desejam praticar. A maioria delas é reservada para menores a partir dos cinco anos, mas os adultos e os integrantes da melhor idade também têm vez.

As modalidades oferecidas são atletismo, basquetebol, capoeira, futebol, futsal, ginástica artística, handebol, jiu-jítsu, judô, karatê, kung fu, muay thai, qualidade de vida (condicionamento físico e cross training), skate, tae kwon do, tênis e voleibol.

Para se inscrever os documentos necessários são: cópia da cédula de identidade ou certidão de nascimento; cópia do comprovante de endereço; cópia do atestado médico ou do protocolo; e uma foto 3×4.

Mais informações podem ser obtidas nos polos esportivos de Barueri e também no Ginásio Poliesportivo José Corrêa (av. Guilherme P. Guglielmo, 1.000, Centro), de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h. Os telefones para contato são 4210-0669 e 98863-4639.