Esportes

Copa Osasco garante dois ciclistas no pódio

 

Os integrantes da equipe Promax Bardahl tiveram um bom desempenho na terceira de quatro etapas da Copa Osasco de Ciclismo, disputada no município da região metropolitana de São Paulo. Os destaques foram Durval Fernandes e Emerson Hernachi, que concluíram a prova na segunda e terceira colocações, respectivamente, subindo assim no pódio ao lado do vencedor Ricardo Reis, e de José Mario Mariano e Alberto Santiago, fechando o top 5.

“Definimos a estratégia de buscar a neutralização dos possíveis ataques que ocorressem. A ideia era que eu conseguisse estar no sprint final, porque essa é uma característica forte minha. Porém, após 20 minutos do total de 80, o Maurilio Cardozo teve problemas mecânicos e optamos por designar o Euclides Neto para ficar com ele e tentar trazê-lo de volta ao pelotão”, relatou Emerson Hernachi.

“Não houve tempo suficiente para o Maurilio e o Euclides voltassem ao grupo, porque no pelotão tinha a equipe forte local. Ficamos eu e o Durval no pelotão, até que em um ataque o Dudu foi com o vencedor, o Ricardo. Na chegada, superei o José Mario, que é o líder da Copa, e diminui a diferença para ele na tabela de classificação da temporada”, completou Hernachi

Com o resultado, Emerson Hernachi está a apenas dois pontos do adversário na máster A, categoria que terá a decisão na quarta e última etapa, ainda com data a ser definida pela organização.

Equipe Promax Bardahl compete na Copa Osasco de Ciclismo

 

A equipe Promax Bardahl disputa mais uma competição neste final de semana. O desafio da vez será a terceira de quatro etapas da Copa Osasco de Ciclismo 2019,  na qual estarão em ação Emerson Hernachi, Maurílio Cardozo, Durval Fernandes e Euclides Neto, na categoria máster A.

Após duas etapas realizadas, Emerson Hernachi é o destaque da Promax Bardahl, ocupando a segunda colocação, com 17 pontos. Quem lidera é José Mario Mariano (ARR Pro Team), com 20 pontos, enquanto Thiago Brienzi (Liga Sorocabana) completa o top 3, com 15. Durval Fernandes também pontuou na competição, somando 3 pontos. E está na 11ª posição da máster A.

“Na primeira etapa, fiquei em segundo lugar. Na seguinte, na hora da chegada, nem o José Mário, que havia vencido a primeira corrida, e nem eu, ficamos com a vitória, chegando empatados na quinta colocação. A definição da segunda etapa foi muito acirrada, roda com roda, entre nós dois”, comenta Emerson Hernachi. 

“Faltam mais duas etapas e minha expectativa é grande. Terei que usar a cabeça e contar com ajuda da minha equipe, porque pode ser uma prova decisiva. Hora de tentar tomar a liderança, porque estou a apenas três pontos do José, o que não é muito. Assim, ter uma equipe forte e focada fará a diferença. A meta é essa, tentar ser o líder para administrar na corrida final”, complementa Hernachi.

Temporada de vôlei começa em Osasco

A temporada 2019/20 começa para o Vôlei Osasco-Audax em setembro, mais especificamente no dia 10. A data vai marcar o reencontro da fanática torcida osasquense, que deve encher o ginásio José Liberatti para acompanhar a partida contra o Atacadão Joseense, de São José dos Campos (SP). Será a primeira apresentação oficial do reformulado time do técnico Luizomar, que, a pouco mais de dez dias da estreia no Campeonato Paulista, segue treinando forte para construir uma base sólida física, técnica e tática para lutar por títulos.

“Estou muito satisfeito com o nosso grupo. Reunimos jogadoras focadas o tempo todo em crescimento. E elas sabem que, para crescer, o trabalho vem antes. Conseguimos algumas semanas para treinamento físico, que foi importante para o nosso preparador, o Marcelo Vitorino, entender o momento de cada atleta. Elas deixaram de treinar e competir em momentos diferentes na última temporada. O Marcelo me deu um feedback extremamente positivo nesse início de trabalho, de dedicação e busca da performance o tempo todo da parte delas”, explicou o técnico Luizomar.

Sem poder contar com as atletas à serviço da Seleção Brasileira, Luizomar sabe que as primeiras rodadas do estadual serão duras, mas confia na dedicação de suas atletas e no sétimo jogador de Osasco nas partidas no José Liberatti. “Vamos sofrer um pouco nesse início de Campeonato Paulista porque temos planos ambiciosos para a temporada e não passaremos por cima do planejamento. As atletas irão treinar muito forte e também entrar em quadra para jogar. E elas sabem disso. Temos pouco mais de dez dias para a estreia e precisaremos muito da força que vem da arquibancada do nosso ginásio. Nesse início, pode faltar um pouco de entrosamento e ritmo, mas, o apoio, a atmosfera positiva e a energia da nossa torcida, farão a diferença a nosso favor”, confia o treinador.

Para a primeira fase do Campeonato Paulista, Osasco não terá as centrais Bia e Mara, a levantadora Roberta e a líbero Camila Brait, por defenderem a Seleção Brasileira. A sérvia Ana Bjelica também se apresentará depois em função de vestir a camisa de seu país nesse início de temporada. Luizomar analisa essa situação pelo lado positivo. “O Paulista é uma oportunidade para jovens atletas mostrarem sua capacidade e potencial. Formar jovens atletas faz parte do DNA de Osasco e do nosso trabalho no clube e nos 15 anos nas seleções de base do Brasil. Por exemplo, vai ser bacana ver meninas como a Kika, que tem nos ajudado tanto nas outras temporadas, assumir a responsabilidade de levar o time à vitória. Assim como a Pri Heldes, a Karyna, a Amanda, e mesmo a cubana Casanova. Também contaremos com a experiência de atletas como a Jaque, Fernanda Tomé a Ellen para nos ajudar”, completa Luizomar.

Intercâmbio internacional – A visita da seleção peruana sub-18 foi uma novidade na semana de treinos no José Liberatti. “Osasco é um time reconhecido mundialmente. Além disso, o fato de eu ter treinado a equipe adulta do Peru e a Angela Leyva ter disputado duas temporadas aqui, garantem um carinho especial da torcida do nosso vizinho pela gente. E, quando recebi o pedido de ajudar na preparação para o Mundial da categoria, achei bacana. Não poderia privar essas meninas de um contato com as nossas atletas”, revelou Luizomar.

O treinador abriu os treinos de Osasco para os peruanos e ajudou a agendar amistosos para a seleção, que enfrentou São José dos Campos no início da semana e o Bradesco nesta quinta-feira. Domingo, antes de embarcar para o Mundial do Egito, encara o Pinheiros. No treino da manhã desta quinta-feira, na quadra do José Liberatti, as duas equipes formaram uma roda, onde Camila Brait, Jaque, Casanova e Luizomar tomaram a palavra para mensagens de carinho e incentivo. “Esse contato é muito importante para as meninas peruanas, mas também para o nosso time. Afinal, em um passado recente, todas tiveram experiências em seleções de base e é bom lembrar de quando sonhavam em chegar onde estão hoje e trabalhar para manter esse sonho vivo nos dias de hoje a buscar ir além”, finaliza o técnico.

O novo time –  Entre os nomes consagrados que vestirão a camisa osasquense nesta temporada estão as do trio que auxiliou o Brasil a conquistar a vaga para a Olimpíada de Tóquio: Bia, Mara e Roberta. Outro destaque é a líbero Camila Brait, que segue na equipe e, após grande desempenho na temporada passada, está de volta à seleção brasileira. Quem retornou ao time é a bicampeã olímpica Jaqueline. A cubana Heidy Casanova e a sérvia Ana Bjelica são as estrangeiras contratadas para a nova temporada. A atacante da Sérvia já é conhecida da torcida e volta para defender Osasco após jogar pelo clube na temporada 2016/17. A equipe contará ainda com nomes conhecidos do cenário nacional como Ellen Braga, Vanessa Janke, Pri Heldes e Fernanda Tomé, além de investir em jovens atletas como Adriani Vilvert, Amanda, Karyna Malachias e Kika, que, assim como Camila Brait, renovou com o time. A central Raquel Löff e a ponteira Nikolle Del Rio se integraram ao time para a disputa do Paulista.

O Osasco Voleibol Clube conta os seguintes patrocínios para a temporada 2019/20: Audax, Bradesco, iFood, São Cristóvão/Saúde, Reserva Raposo, EcoOsasco e Hummel, além do apoio da Prefeitura de Osasco.

CAMPEONATO PAULISTA 2019 – PRIMEIRA FASE
JOGOS DO VÔLEI OSASCO-AUDAX

10/09/ – 20h – VÔLEI OSASCO-AUDAX x Atacadão Joseense – Osasco
17/09 – 20h – VÔLEI OSASCO-AUDAX x São Cristóvão Saúde/São Caetano – Osasco
27/09 – 20h30 – Vôlei Valinhos x VÔLEI OSASCO-AUDAX – Valinhos
05/10 – 20h – Pinheiros x VÔLEI OSASCO-AUDAX – São Paulo
11/10 – 20h – VÔLEI OSASCO-AUDAX x São Paulo/Barueri – Osasco
16/10 – 19h30 – Sesi Vôlei Bauru x VÔLEI OSASCO-AUDAX – Bauru

 

50 equipes disputam vagas na Terceira Divisão

 

A Seletiva de futebol, competição pelas duas vagas na Terceira Divisão, envolve 50 equipes. São 25 partidas no sistema “mata-mata” e a primeira fase já começou. Domingo, 25, teve 12 partidas, nos campos do Planalto e Vila Cretti. Neste sábado, 31, tem mais sete partidas agendadas, nos campos do Inac, Planalto e Vila Cretti. Finalmente, no domingo, 1, tem mais seis partidas na Vila Cretti. Tudo isso só para os confrontos da primeira fase.

 

 A competição segue no mesmo sistema, de eliminação simples, até ficarem apenas duas equipes, que carimbam passaporte para o Campeonato Municipal de Futebol – 3ª Divisão.

 

Camâra Municipal presta homenagem a equipe de jiu-jitsu

 

A Câmara Municipal de Barueri aprovou e entregou moção de aplausos à comissão técnica da equipe de jiu jitsu do Barueri Esporte Forte/Squared BJJ (Brazilian Jiu-Jitsu).
A homenagem foi entregue aos professores Demerval de Souza André Junior (faixa preta 3º grau), João Marcelo Andrade dos Santos (faixa preta ponta vermelha), ao coordenador Douglas Montel de Mello (faixa preta 2 º grau) e para o preparador físico Rogério Marcelino.
Os mestres da arte marcial japonesa desenvolvem um trabalho vitorioso, com adultos e crianças, que rende conquistas a Barueri. Como destaque, o Circuito Paulista de Jiu-Jitsu 2019 e o Campeonato Mundial da modalidade. As duas competições trouxeram 18 medalhas. Sendo 14 na disputa estadual e 4 medalhas no Mundial.
O projeto foi proposto pelo vereador Allan Miranda (PSDB). No texto, o parlamentar defendeu o trabalho de destaque realizado pelos mestres e professores. “A dedicação desses profissionais merece reconhecimento. São pessoas especiais que receberam o dom de serem trajados por quimonos e faixa na cintura. Dedicam suor e sabedoria para ensinar e mais que isso formar atletas. Nessa arte, o chão não é o fim é apenas o começo”, justificou.

Arte da suavidade
O jiu-jitsu é uma arte marcial japonesa originalmente utilizada nas guerras, onde a força é aplicada em golpes que envolvem articulações, imobilizações, alavancas e torções.  As técnicas e golpes corporais tem como objetivo derrotar ou imobilizar o oponente.
Traduzida livremente, a expressão significa “arte da suavidade” ou “técnica da brandura”, uma referência ao caráter e filosofia desta arte marcial: o equilíbrio e o controle total do corpo.
No Brasil, ganhou um estilo específico, conhecido como BJJ (Brazilian Jiu Jitsu), um esporte de combate e autodefesa que surgiu no começo do século 20, a partir do judô.

Barueri Esporte Forte
O Programa “Barueri Esporte Forte” incentiva o desenvolvimento de atividades desportivas de rendimento e administração de núcleos esportivos abrangendo várias modalidades esportivas entre elas o jiu-jitsu.
O atendimento é feito de forma prioritária aos estudantes, a partir de 5 anos, no contra turno escolar. As atividades também são voltadas para adultos para possibilitar a participação de todos os munícipes e promover a garantia do direito à prática esportiva.

Campeonato Municipal de futebol define semifinalistas

 

SEGUNDA DIVISÃO –  No Niterói, São Bento e Gopiuva empataram em 2 a 2. Nos pênaltis, deu Gopiuva por 6 a 5. O Arsenal classificou-se com a vitória por 1 a 0 em cima do LS Ariston. O Vasco da Gama carimbou passaporte com um 2 a 0 no Bola Branca. Família e Juventus Ariston empataram em 1 a 1. Nos pênaltis, deu Juventus por 5 a 4.

 

A semifinal está agendada para domingo, 1, no Niterói, às 12 e 13h30: Gopiuva x Juventus e Vasco x Arsenal do Morro.

 

TERCEIRA DIVISÃO –  No Niterói, Malhorca e Red Bull empataram em 1 a 1. Nos pênaltis, deu Malhorca por 5 a 4. O Chelsea garantiu uma vaga ao vencer o Roma Murão por 1 a 0. Garotos da Vila e Donos da Bola ficaram no 1 a 1. Nos pênaltis, deu Garotos da Vila por 5 a 4. O 11 Garotos despachou o Liras por 3 a 0.

 

A rodada da semifinal está agendada para domingo, 1, no Niterói, às 9 e 10h30: Malhorca x Garotos da Vila e Chelsea x 11 Garotos.

 

SUB 17 – No  Niterói, teve definição de finalistas.Ousados da Bola e Malhorca terminaram a partida sem gols. Nos pênaltis, deu Ousados por 5 a 4. Real Atletick e Unidos do Lidia também empataram, em 1 a 1. Nos pênaltis, deu Real Atletick por 6 a 5.

 

A final está agendada para sábado, 31, no Niterói, às 10h30: Ousados da Bola x Real Atletick.

 

SUB 15 – No Niterói, teve definição de finalistas. O Paulista classificou-se com um 2 a 0 no Ousados da Bola. Vasco da Gama e Restauração Social empataram em 1 a 1. Nos pênaltis, deu Restauração Social por 4 a 3.

 

A final será sábado, 31, no Niterói, às 9h30: Paulista x Restauração Social.

Campeonato Municipal de Futsal em Carapicuíba

PRIMEIRA DIVISÃO – São 14 equipes, divididas em duas chaves, jogando dentro delas e classificando as quatro melhores de cada para a segunda fase.

 

CHAVE A – Camaleão, Último Gole, Liras, JK, Bola + 1, Marília e Vai Que Cola.

 

CHAVE B – Nova Vida, Em Cima da Hora, Tudo Nosso, Porto, Furia, Madri, FDS 12.

 

Na abertura, domingo, 25, o Vai que Cola goleou o Último Gole por 7 a 1 e o Marília deu de 6 a 1 no Liras. Outra goleada da rodada: Em Cima da Hora 8 x 2 FDS 12. O Bola + 1 bateu o JK por 5 a 3 e o Madrid passou pelo Tudo Nosso por 3 a 2. Porto e Furia acabaram empatados em 4 a 4.

 

A segunda rodada está agendada para o domingo, 15 de setembro, a partir das 8h30: Nova Vida x FDS 12, Em Cima da Hora x Furia, Tudo Nosso x Porto, Liras x JK, Último Gole x Bola + 1 e Camaleão x Vai Que Cola.

 

VETERANO – Na rodada da última quinta-feira, dia 22, o Camaleão deu de 5 a 2 no D ´Babas e o K´Langos venceu o Suorime por 4 a 3.

 

A terceira rodada está agendada para quinta-feira, dia 29, às 19h15 e 20h15: Madrid x Marília e Pedreira x 7 de Setembro.

 

SUB 18 – Sábado, dia 24, teve três partidas do Sub 18. O Bate Fácil deu de 4 a 1 no Maresias e o Real Atletick bateu o Botafogo por 4 a 2, mesmo resultado da vitória do Marília, em cima do Instituto Restauração.

 

A próxima rodada, sábado, 31, envolve as duas categorias. A partir das 13 horas, tem três partidas do Sub 14: FDS 12 x Marília, América Juniors x Paulista e Maresias x Projeto ABC. A partir das 15 horas, jogam as categorias Sub 18: Botafogo x Instituto Restauração, Serrana x Bate Fácil e Real Atletick x Maresias. 

 União Quarenta vence campeonato de Futsal

Não faltou emoção na final da Segundona, realizada  no ginásio Ayrton Senna. Audax e União Quarenta fizeram uma grande partida.

 

Logo aos 3 minutos, Rafael abre para o Audax. Dan empata em seguida. Aos 13 minutos Wando coloca o União Quarenta na frente. Pouco depois Biel amplia: 3 x 1. O Audax reage com rápidas investidas, forçando grandes defesas do goleiro Williams. Faltando dois minutos, Phelipe diminui a diferença: 3 x 2.

 

No segundo tempo o Audax vem determinado a virar o jogo, mas é o União Quarenta que amplia o placar, com gol de Biel: 4 x 2. Tuti desconta para o Audax. Num rápido ataque do União Quarenta, Nino toca para Biel ampliar: 5 x 3. Aos 10 minutos, Wando bate cruzado e marca o sexto gol do União Quarenta. Apenas 3 minutos depois, Rafael desconta para o Audax e a partida pega fogo. Faltando um minuto, Davi, em rápida tabelinha, marca o quinto gol do Audax, que quer o empate e parte pra cima do União Quarenta. No último segundo, Phelipe empata a partida. Nos pênaltis, deu União Quarenta por 3 a 2.

 

Campeão: União Quarenta

Vice-campeão: Audax

Disciplina: Audax

Defesa Menos Vazada: União Quarenta

Artilheiro: Phelipe Nathan – Audax (21 gols)

UNIÃO QUARENTA – Williams, Biel, Dan, Mala, Ligeiro, Guilherme, Osmar, Denis, Bebê, Wando, Nino e Alan.

Comissão técnica: Vitor Anderson e Paulo Giovani.

AUDAX – Davi, Gabriel, Brayan, Alan, Daniel, Lucas Matheus, Guilherme Leandro, Rafael, Phelipe, Tuti, Felipe José e Lucas.

Comissão técnica: Lucas Ferreira Ferro e Davi Santos Pimenta.

Árbitro: Marcelo Avanci

Auxiliar: Raimundo Elias

Anotador: Guilherme Passos

Cronometrista: Jhonatan Ferreira

Audax e União Quarenta fazem a final da Segundona

Além do acesso à Primeira Divisão, as equipes do Audax e União Quarenta disputam o título da Segundona. E teve largada da competição no Veterano, Sub 14 e Sub 18.

SEGUNDA DIVISÃO – A manhã do domingo, 18, foi de decisões no Senninha. Vila Cretti e União Quarenta fizeram partida bem equilibrada. Faltando 12 segundos, Eduardo coloca o União Quarenta na frente. Com a vitória por 4 a 3, o União Quarenta carimba passaporte para a final da competição e o acesso à Primeira Divisão. A segunda partida da rodada também teve resultado apertado: o Audax despachou o Sem Futuro por 6 a 5.

Audax e União Quarenta fazem a final da Segundona, no sábado, 24, às 17h45.

VETERANO – São 9 equipes divididas em duas chaves, jogando dentro delas e classificando as semifinalistas.

CHAVE A – D´Babas, K´Langos, Suorime, Cruzeirinho e Camaleão.

CHAVE B – Marília, Madrid, Pedreira e 7 de Setembro.

Na abertura da competição, quinta-feira, dia 15, o Cruzeirinho bateu o Suorime por 6 a 2 e o Camaleão deu de 3 a 0 no K´Langos.

A próxima rodada está agendada para quinta-feira, 22, às 19h15 e 20h15: D´Babas x Camaleão e K´Langos x Suorime.

SUB 18 – São 7 equipes em uma única chave: Bate Fácil, Botafogo, Instituto Restauração, Marília, Real Atletick, Serrana e Maresias.

Na abertura da competição, sábado, 17, o Real Atletick venceu o Marília por 5 a 4 e o Serrana passou pelo Instituto Restauração por 2 a 1. Botafogo e Maresias empataram em 2 a 2.

A segunda rodada está agendada para sábado, 24, a partir das 15 horas: Bate Fácil x Maresias, Real Atletick x Botafogo e Marília x Instituto Restauração.

SUB 14 – São 6 equipes em uma única chave: FDS 12, América Juniors, Paulista, Projeto ABC, Marília e Maresias.

Na abertura, sábado, 17, o FDS 12 bateu o Maresias por 6 a 3 e o América Juniors derrotou o Marília por 2 a 1. Paulista e Projeto ABC empataram em 2 a 2.

Gopiuva bate Palmeirinha e leva o título da Copa

Palmeirinha e Gopiuva se enfrentaram na grande final da Copa dos Campeões, na manhã de domingo, 7, no Niterói, contando com as presenças de ruidosas torcidas.

Logo no início da partida, Carrasco abre o placar para o alviverde. Aos 30 minutos, Alan desconta para o Gopiuva. 1 x 1.

No segundo tempo, aos 20 minutos, Bocão recebe na entrada da área e toca no canto: Gopiuva 2 x 1. Com a equipe motivada, o Gopiuva parte pra cima do Palmeirinha e insiste no terceiro gol: boas jogadas sem êxito nas finalizações. Faltando 4 minutos, Uelson, de cabeça, empata a partida.

Nos pênaltis, o Palmeirinha desperdiça dois chutes, na trave e no travessão. Gopiuva 4 x 2 Palmeirinha.

Campeão: Gopiuva

Vice-campeão: Palmeirinha

Disciplina: Vasco

Defesa Menos Vazada: Palmeirinha

Artilheiro: Bocão (Gopiuva)

GOPIUVA – Miller, Rodrigo Sam, Mineiro, Fininho, Paulinho, Vini, Alexssandro, Bocão, Su, Alan, Fabinho, Diego, Marins, Vanderley, Thiago, Berg, Adrian e Vla.  Comissão técnica: Cleber e Edivaldo.

PALMEIRINHA – Alan, Jefinha, Mateus, Pablo, Nicolas, Guilheme, Vitinho, Uelson, Pi, Betinho, Carrasco, Talkei, Edilson, Gustavo, Matheus Felipe, João Vitor, Clederson, Heitor, Ivan  Capitulino, Gleydson e Daniel Comissão técnica: Josean, Mauro, Adelmo e Bruno.

Árbitro: Camilo Zarpelão

Auxiliares: Fabiano Monteiro Santos e Natalia Galhote

Mesário: Marcos da Silva Matos

Auxiliar: Pedro Manoel da Silva Matos