Esportes

Barueri será representada nos Jogos Olímpicos

7.1_barueriO atleta barueriense Higor Alves Silva garantiu uma vaga para os Jogos Olímpicos 2016 e irá representar a cidade de Barueri, juntamente com o também barueriense Rogério do Carmo,  que irá integrar a delegação de treinadores da Seleção Olímpica.
Higor Alves Silva iniciou sua vida no atletismo  ainda muito cedo, quando frequentou as Escolas de Esportes do GRB  aos 12 anos de idade. De lá pra cá,  ele vem se destacando  como um dos grandes saltadores do Brasil .
O atleta Higor é morador do Jardim Silveira  e nunca abandonou os treinos ao lado do seu técnico Rogério Carmo, sempre frequentando a pista de atletismo do Jardim Silveira. Ele atualmente está com 22 anos de idade e na sexta-feira, 1º , venceu a prova de salto em distância do Troféu Brasil e com a marca de 8,19m,  se garantiu em sua primeira Olimpíada.
Já Rogério Carmo, é o técnico que hoje integra a nova geração de profissionais do atletismo brasileiro. Nascido no Jardim Silveira e atualmente morador do Jardim Boa Vista, Rogério está com 37 anos de idade. É formado em educação física e ingressou como instrutor esportivo da Secretaria de Esportes de Barueri no ano de 1997, quando atuava como auxiliar técnico do professor Clóvis Donizete. Sua carreira como treinador se deu início no ano de 2001 e de lá pra cá já atuou com posição de destaque em importantes competições. Foi técnico da Seleção Paulista de Atletismo por diversas vezes. Também integrou a Seleção Brasileira no Sul-Americano de 2009.

Comitê Rio 2016 elogia revezamento da Tocha Olímpica em Araçariguama

7.1_ Tocha Olímpica AraçariguamaA Revista Eletrônica ISTOÉ destacou a passagem da Tocha das Olimpíadas Rio 2016 – sem o fogo sagrado da Grécia- na cidade de Araçariguama. O revezamento aconteceu dia 29/06 e teve a participação das ex-atletas Patrícia Medrado, símbolo no Tênis Nacional, e Branca, Hele Luz e Vanira Hernandes, ex-jogadoras da Seleção Brasileira de Basquete. Elogiada pelo Comitê Organizador do Rio-2016 que achou a ideia “o máximo”, a iniciativa será copiada por outras cidades.
Na reportagem, Adriana Garcia, diretora de comunicação do Comitê Organizador das Olimpíadas Rio-2016, afirmou que a ideia de Araçariguama “é uma prova de que o revezamento está engajando a população. O objetivo da tocha está sendo cumprido, que é levar a mensagem da chegada dos Jogos ao Brasil”. Carlos Lima, coordenador de Educomunicação na Prefeitura de São Paulo, que conduziu a tocha em Petrolina (PE), prometeu levar o objeto para 49 unidades do Centro Educacional Unificado (CEUs) e do Centro de Educação e Cultura Indígena (CECIs).
A ISTOÉ afirmou ainda que “só ficou faltando o fogo sagrado” e destacou a participação dos estudantes do município de Araçariguama. “Para as centenas de crianças e adolescentes que interagiram com a tocha em Araçariguama, a 50km de São Paulo, a ausência do fogo olímpico não fez muita diferença. O que valia, ali, era a oportunidade do contato com algo que elas só veriam pela televisão, não fosse a iniciativa das irmãs Vanira e Vânia Hernandes, ex-jogadoras da seleção brasileira de basquete.”
Em entrevista à Revista Eletrônica, Vanira, consultora de projetos esportivos e funcionária da prefeitura de Araçariguama, disse que “se a gente, que tem toda essa experiência, se emocionou quando recebeu o convite para participar do revezamento oficial, imagina o sentimento dessas crianças, que nunca tiveram acesso a nada disso?”. Branca afirmou que “a tocha tem todo um simbolismo aqui, ela serve para aproximar as crianças do esporte”, e completou ex-jogadora Helen Luz: “A gente vem aqui fazer a mensagem do esporte olímpico. O esporte serve para unir”.
O revezamento em Araçariguama teve camisetas especiais, ex-atletas olímpicos, esportistas locais, estudantes e batedores sem gerar nenhum custo para a Prefeitura. No percurso da Tocha Olímpica também seguiu ao seu lado, a Tocha de Abertura dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP), categoria infantil, fase sub-regional, em andamento no município. A Tocha do JEESP foi acesa pelo prefeito Roque Hoffmann, na largada realizada no Paço Municipal. Ambas as tochas seguiram por meio de um revezamento acompanhado por estudantes e membros da comunidade pelas ruas da cidade até o Ginásio Municipal de Esportes.

Fundação Eprocad representará Santana de Parnaíba no torneio da UEFA na França

6.2 - Fundação Eprocad representará Santana de Parnaíba no torneio da UEFA na FrançaA Fundação Eprocad está de malas prontas para a Europa. A entidade, que atua na inclusão social de crianças e adolescentes, assim como suas famílias por meio do esporte, educação e cultura, é uma das instituições selecionadas para participar do Streetfootbalworld Festival 2016 que acontece entre os dias 28 de junho e 07 de julho na cidade de Lyon, na França.
O evento contará com a participação de 700 entidades de 50 diferentes países que inclui, além das atividades esportivas e culturais, um fórum de jovens e um programa de intercâmbio e integração que contribuem para a troca de experiências e enriquece o conhecimento entre os competidores, ajudando no desenvolvimento das organizações.
A fundação Eprocad foi fundada em 1985 e há 11 anos participa de eventos que tem o objetivo de trocar experiências entre as entidades e envolver os jovens neste processo. Neste período, cerca de 70 jovens participaram de eventos internacionais em países como Argentina, Paraguai, Chile, Colômbia e África do Sul. No evento deste ano a delegação da fundação parnaibana será composta pelos educandos João Carlos, Luiz Fernando, Miriá Neri, Sunamita Maria, pelos líderes dos jovens Flávio Souza e Gizelli Rossi, comandados pelo Líder de Delegação Gerson Fonseca, sendo ao todo sete integrantes.
Os interessados em obter mais informações sobre o evento e sobre os trabalhos da Fundação Eprocad devem entrar em contato no telefone (11) 4154-1581 ou nos sites www.festival16.org ou www.eprocad.org.br

Prefeitura Inaugura Mini Ginásio

3.3_Prefeitura inaugura Miniginásio no Parque do PlanaltoA Prefeitura de Carapicuíba entregou o Miniginásio de Esportes, construído por meio da parceria da Secretaria Municipal de Educação e o Programa Proinfância, do Ministério da Educação.
O espaço é formado por quadra poliesportiva, vestiário, arquibancada e cobertura. Está localizado no Parque do Planalto, ao lado da Emei Ademar Ferrari e Emef Nai Molina do Amaral. Atenderá alunos matriculados nessas escolas e a população do entorno.
Além dessa unidade no Planalto, também foram entregues à população os miniginásios da Cohab 5, ao lado da Praça da Árvore, e no Parque Jandaia.
O programa Pró-Infância foi criado em 2007 pelo Governo Federal para prestar assistência financeira aos municípios para a construção de creches e pré-escolas, e aquisição de equipamentos e mobiliários para as unidades.

Judô de Jandira é destaque nos campeonatos regionais

Judô de Jandira_

 No dia 12 de junho os atletas de Jandira disputaram a 10ª edição da Copa Barueri de Judô. A competição ocorreu no Ginásio Honda, no Jardim dos Camargos, em Barueri e contou com a participação de aproximadamente 420 atletas de 18 academias do estado de São Paulo.

Os atletas de Jandira ocuparam as primeiras posições do ranking, com destaque para Willians Ribeiro B. Lima (Sub 13 – Meio Leve), Leonardo Morétti Cirino (Adulto – Meio Leve), Ruth Thaina Duarte Martin (Adulto – Pesado) e Louis Alex Poda (Adulto – Pesado), que conquistaram o 1º lugar na edição.

Já no domingo (19) na VIII Copa Salto de Judô. Jandira também ocupou o topo da lista de campeões. Nesta competição, os atletas que se destacaram foram: Gabrielle Pina Figueiredo (Sub 18 – Meio Leve), Unilson da Silva Carolino (Sub 18 Ligeiro, Ruth Thaina Duarte Martins (Adulto – Pesado) e Louis Alex Poda (Adulto – Absoluto) .

No Total cerca de 500 atletas participaram do campeonato.

As aulas de judô são oferecidas de forma gratuita em Jandira por meio da Diretoria Municipal de Esportes e Lazer. Mais informações pelos telefones: (11) 4789-3480/4707-2506.

 

Ginástica Artística do GRB faz bonito em evento em Americana

?

alunas das Escolas de Esportes de Ginástica Artística do GRB participaram no sábado, 7de  maio, da II Etapa do Troféu Liga de Ginástica Artística, no   Ginásio  Municipal do Centro Cívico, na cidade de Americana.

O evento – contou ainda – com a presença de ginastas de  clubes e prefeituras de todo o estado de São Paulo.

Nas provas, o GRB esteve representado por 22 alunas  com idades entre 06 e 09 anos, divididas entre as categorias “Iniciante” e “Intermediário”. No final do evento todas as crianças receberam medalhas de participação.

Karatê de Jandira se destaca no Campeonato Paulista

Karatê Jandira- CRJ

No dia 30 de abril foi disputada a 5ª etapa do Campeonato Paulista de Karatê na cidade de Praia Grande. O evento contou com a participação de 97 academias de todo o estado de São Paulo. O Centro de Referência da Juventude de Jandira foi representado por 09 alunos, no qual 08 conseguiram a classificação para a final do Estadual, que dará vaga direta para o Campeonato Brasileiro. Os Alunos treinados pelo professor Juliano obtiveram uma medalha de ouro, sete de prata e uma de bronze. “É muito gratificante ver que o esforço dos alunos teve bons resultados”, considerou o professor Juliano.

Os atletas fazem parte do programa de inclusão social e esportivo desenvolvido pelo Centro de Referência da Juventude do Município de Jandira, no qual além do Karatê são oferecidas aulas de Kung-fu, Capoeira, Judô, Muay Thai, Zumba, Sertanejo, Yoga, Tai Chi Chuan e cursos de informática, inglês e audiovisual.

O karatê (mão vazia, em japonês) é uma arte marcial de origem oriental. Tomou forma em Okinawa, no século 17. Hoje existem vários estilos de karatê, sendo eles: Goju-Ryu, Shito-Ryu, Shorin-Ryu, Shotokan e Wado-Ryu. Chegou ao Brasil na primeira metade do século 20, com os imigrantes japoneses. Os primeiros instrutores conhecidos  começaram a ensinar karatê nos anos 50. Desenvolveu-se primeiro na Bahia e em São Paulo, onde existiam vários imigrantes de Okinawa. Ensinava-se principalmente o estilo shotokan.

O Centro de Referência da Juventude (CRJ), criado pela Lei 2.102/2004 elabora, articula e executa políticas públicas. Os projetos são focados na redução dos efeitos da desigualdade, proporcionando a participação dos jovens e adolescentes na elaboração e monitoramento dessas políticas.

 

 

 

Colocação classificatória dos atletas:

 

B73-SHIAI 10/11 – SUB12 MASC 2º KYU E ACIMA -40KG

 1º. JOÃO V. G. DE SOUZA ZENBUKAI

 

B79-SHIAI 10/11 – SUB12 FEM 6º KYU À 3º KYU -40KG

2º. ANDREA MOREIRA ZENBUKAI

 

B95-SHIAI 12/13 – SUB14 MASC 2º KYU E ACIMA -40KG

2º. VITOR A. ELIAS ZENBUKAI

 

B90-SHIAI 12/13 – SUB14 MASC 6º KYU À 3º KYU -40KG

2º. ANDERSON SOUZA ZENBUKAI

 

B113-SHIAI 14/15-CADETES MASC 2º KYU E ACIMA -57KG

2º. WELLINGTON F. DOS SANTOS ZENBUKAI

 

B125-SHIAI 16/17-JUNIOR MASC 6º KYU À 3º KYU -68KG

2º. JOSÉ VITOR SANTANA ZENBUKAI

 

J12-SHIAI C.197,202 MASC MASTER

2º. ORLANDO BELTRAME ZENBUKAI

 

B14-KATA 12/13 – SUB14 MASC 2º KYU E ACIMA

3º. VITOR A. ELIAS ZENBUKAI

 

B18-KATA 14/15-CADETES MASC 2º KYU E ACIMA

5º. WELLINGTON F. DOS SANTOS ZENBUKAI

 

B170-SHIAI 18 ANOS E ACIMA MASC 2º KYU E ACIMA +84KG

7º. WILSON CARNEIRO ZENBUKAI

 

B11-KATA 10/11 – SUB12 FEM 6º KYU À 3º KYU

7º. ANDREA MORAES ZENBUKAI

 

B170-SHIAI 18 ANOS E ACIMA MASC 2º KYU E ACIMA +84KG

7º. WILSON CARNEIRO ZENBUKAI

Basquete de Jandira é destaque nos Jogos abertos da Juventude em fase regional

07845b19-8ff6-4744-9e89-c0a21595bfba

Na última semana, a equipe de basquete sub-19 de Jandira foi campeã dos Jogos Abertos da Juventude 2016, jogando contra a equipe de Itapevi, na fase sub regional. O placar final foi de 59 a 49, o que resultou na classificação para a fase regional.

Os Jogos Abertos da Juventude reúnem diversas modalidades, disputados pelas representações dos municípios do estado de São Paulo e limitados à participação de jovens com idades até no máximo 19 anos completos. O evento é organizado pela Secretaria Estadual de Esporte e lazer em parceria com as cidades sedes. Nesta etapa, os municípios de Jandira, Itapevi, Cotia e Embu das Artes buscam a classificação para a fase final Estadual.

Judô de Jandira conquista 11 medalhas e se classifica para a fase estadual

Judô de Jandira conquista 11 medalhas em etapa regional

No último sábado (9),  Jandira disputou pela primeira vez no campeonato paulista de judô.  O evento aconteceu no Ginásio Ayrton Senna, em Taboão da Serra e contou com a participação de 30 cidades.

Nas categorias que vão do sub-11 até o sub 21, dos 14 atletas de Jandira que participaram do campeonato, 11 conquistaram medalhas, sendo três bronze, quatro pratas e  quatro ouros.  Todos esses atletas vão para fase estadual.

Para o diretor Municipal de Esportes e Lazer, Ari Junior, esse ranking de medalhas marcou a história do Judô em Jandira, já que é a primeira vez que a cidade participa de um  campeonato paulista na modalidade. “É uma oportunidade de mostrar os talentos do esporte de nossa cidade e provar que somos destaque  também nas lutas”, comentou Ari.

Já para o professor Felipe Ishimaru, que acompanhou o desempenho dos jovens atletas durante os treinamentos, a participação no campeonato dos alunos já pode ser considerado um motivo de orgulho”Independente de medalhas, a ida para o campeonato representa o esforço e dedicação dos nossos alunos que se empenharam muito e conseguiram conquistar mais uma etapa”, lembrou o treinador.

A competição na fase estadual acontece na próximo domingo, (17) na cidade de Registro, interior de São Paulo.  E no dia 16, das 9h as 12h a Diretoria Municipal de Esportes promoverá o Festival Interno de Judô que será realizado em Jandira, no Centro de Treinamento de Judô, situado na via de Acesso João de Góes, SN, Jardim São Luiz –  Área de Lazer do Trabalhador.

Com a presença de campeãs mundial, Jandira recebe o Circuito de Basquete 3×3

Com a presença de campeãs mundial, Jandira recebe o Circuito de Basquete 3x3

A Prefeitura de Jandira, por meio da Diretoria Municipal de Esportes e Lazer, promoveu nos dias 12 e 13 de março, a 2ª  Etapa do Circuito Paulista de Basquete 3×3.  A competição aconteceu na Praça Elias Barjud, e contou com a presença das campeãs mundial de basquetebol,  Leila Sobral  e Alessandra Santos que também participaram da competição. A iniciativa é da Associação Nacional de Basquete, e recebe apoio da AES Eletropaulo.

 Ao todo,  75 equipes se inscreveram nas competições, onde reuniu mais de 230 atletas nas categorias sub 13, sub 15, sub 18 e adulto, masculino e feminino. Um dos  destaques ficou por conta da equipe feminina “Ladies”, composta por atletas de Jandira, que conquistaram  o 1°lugar na categoria Sub 18.

 As ex-jogadoras da seleção brasileira de basquetebol, Leila Sobral e Alessandra Santos, também participaram do circuito e destacaram a importância da realização do evento.

 “Jandira está de parabéns por receber este circuito. Esta modalidade, ainda é nova e precisa ser mais divulgada, e graças as iniciativas como essas a tendência é que o basquete 3×3 venha conquistar o seu espaço e dar chances para o ingresso de novos jogadores”, destacou Leila.

“Achei ótima a iniciativa, já que se trata de um incentivo às novas gerações conhecerem e praticarem o basquete 3X3. Sendo em quadra ou na rua, o importante é participar e desafiar os próprios limites através do esporte”, disse Alessandra.

Para o organizador do evento, Marcio Vinicius Cardoso, presidente da Associação Nacional de Basquete, este circuito é considerado uma vitrine para os jogadores que sonham com a carreira profissional  “A competição já revelou grandes atletas, e pode ser um trampolim para disputas profissionais”, relatou o presidente.

Além do basquete o público presente pode se divertir com apresentações de Zumba, Karatê, e breaking-dance.

Sobre o basquete 3X3

O Basquete 3×3 é uma modalidade conhecida como basquete de rua ou streetball, porém com regras definidas pela FIBA (Federação Internacional de Basketball). A disputa acontece em meia quadra e com um cesto apenas. Com a duração de 10 minutos, divididos em dois tempos, vence a equipe que marcar primeiro 33 pontos ou quem atingir a maior pontuação no fim da partida.

Foto: PMJ