Esportes

Barueri Esporte Forte realiza nova seletiva on-line de vôlei

Com o objetivo de compor as equipes de base de voleibol feminino do Barueri Esporte Forte, haverá nova seletiva on-line entre os dias 25 e 31 de janeiro por meio do WhatsApp (11) 4210-0669. A medida, via internet, se faz necessária para a prevenção da Covid-19.

As atletas deverão enviar um vídeo de no máximo dois minutos com treinos ou jogos, além de um currículo contendo nome completo, data de nascimento, altura, peso, posição em que atua, endereço e telefone. Após análise dos técnicos, as pré-aprovadas serão contatadas para o agendamento de um teste presencial.

Categorias:

Sub-12 – Nascidas em 2010;
Sub-13 – Nascidas em 2009;
Sub-14 – Nascidas em 2008;
Sub-15 – Nascidas em 2007.

O voleibol feminino de Barueri é uma modalidade tradicional e que obtém expressivos resultados em campeonatos estaduais. Muitas jogadoras que se destacam acabam indo jogar em grandes clubes e em seleções.

Vice-campeão brasileiro de motovelocidade foca em escola para pilotos em Barueri

Diego Viveiros vem treinando pilotos de Barueri, Alphaville e Aldeia da Serra

Atual vice-campeão brasileiro da categoria 600cc SuperSport, Diego Viveiros tem dividido seu tempo entre sua preparação para a pré-temporada do SuperBike 2021, e sua escola de pilotagem. Localizada na região de Barueri, a escola visa atender uma gama eclética de pilotos, desde amadores até profissionais.

“A escola é destinada às pessoas com ou sem experiência. É também para quem está buscando performance e segurança. Já demos aula para pessoas que nunca tinham andado de moto, assim como realizamos treinamentos para pilotos que estavam disputando algum campeonato”, explica Diego, que também é coordenador da categoria Escola do SuperBike Brasil.

Além de fazer com que os pilotos aprimorem suas habilidades, Viveiros reforça que existe uma preocupação com a segurança dos pilotos que correm em estradas. “O objetivo da escola é formar novos pilotos, ajudando no crescimento do esporte e, ao mesmo tempo, tirar as pessoas das ruas. As pessoas que andam com motos esportivas nas ruas, acelerando nas estradas, a ideia é trazê-las para dentro da pista e ensinar a andar com mais segurança, com a técnica correta, dentro de um ambiente controlado”, ressalta.

O piloto também acredita que a região metropolitana oeste da capital possa, futuramente, vir a se tornar uma potência nas competições. “Hoje, eu acredito que a região de Barueri, Alphaville e Aldeia da Serra estão muito boas. Toda terça-feira tem treino no Kartódromo da Aldeia da Serra, então já tem bastante gente participando. Quarta-feira a gente costuma ir para uma pista de motocross aqui perto da região, que usamos para complementar os treinos. Pode-se afirmar que o esporte está crescendo nessa região e que é possível colhermos bons frutos com isso”, concluiu. 

A oficina da equipe fica localizada na Av. Guilherme rohn, 460, e os treinos dos pilotos atualmente ocorrem às terças e quintas. A primeira etapa do SuperBike 2021 está prevista para acontecer em março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. 

O SuperBike Brasil é o maior e mais disputado Campeonato de motovelocidade das Américas e figura hoje entre os 5 maiores do mundo. Referência no cenário nacional ele projeta os Campeões Nacionais de diversas Categorias.

Enxadrista osasquense supera o melhor do mundo

Texto: Giane Vieira 

Foto: Divulgação

Na sexta feira, 15/1, durante o Arena Kings, do Chess.com, evento de xadrez online, o mestre internacional Renato Quintiliano, da escola de Xadrez França Garcia de Osasco, venceu o atual campeão mundial de blitz do mundo, Ricardo Hikamura.

Quintiliano também participou, em 30/12, do maior evento online do xadrez brasileiro, o II Bahia Open, que contou com mais de 300 enxadristas, mestres nacionais e internacionais. Na fase final, de 11 rodadas, o osasquense foi o único dentre os 97 enxadristas a somar 9.0 pontos e se tornar o grande campeão do evento.  

“Com certeza foi o mais forte adversário que eu já enfrentei. Alcancei a vitória em 20 lances no Arena Kings”, destacou Quintiliano.

“O xadrez foi uma das modalidades que, apesar da pandemia, deu continuidade aos eventos, mesmo online, e cresceu muito. Renato é exemplo de ótima performance”, disse o mestre Vagner Madeira.

“O xadrez online prosperou, apesar da pandemia. Mas a modalidade exige muito compromisso, disposição e treino. Parabenizo os nossos veteranos da escola de xadrez de Osasco pela dedicação”, completou.  

Esporte Forte abre inscrições on-line e presenciais para diversas modalidades

Estarão abertas a partir de segunda-feira (dia 18) as inscrições para as 17 modalidades esportivas, além de cinco outras atividades, do Programa Qualidade de Vida oferecidas pelo Barueri Esporte Forte, da Secretaria de Saúde.

Os interessados poderão se inscrever pelo site https://barueriesporteforte.org.br/matriculas/. Quem não puder fazer a inscrição virtualmente pode agendar atendimento presencial no Ginásio Poliesportivo José Corrêa, por meio do Whatsapp (11) 4210-0699.

Documentos necessários:

– Cópia simples do RG (em caso de aluno menor de idade, cópia também do RG do pai ou responsável);

– Cópia simples do comprovante de endereço;

– Uma foto 3×4;

– Atestado médico, protocolo ou anamnese de saúde.

O endereço da Secretaria de Esportes é Rua Guilherme P. Guglielmo, 1.000 – Bethaville. As atividades deverão ter início em fevereiro e todas as medidas de prevenção à Covid-19 serão tomadas.

Modalidades disponíveis: Idade mínima de sete anos. Todas as atividades são para ambos os sexos, exceto ginástica artística (só para meninas) e bocha, que será só para adultos. Confira as modalidades:

  • Atletismo;
  • Basquete;
  • Bocha;
  • Capoeira;
  • Futebol;
  • Futsal;
  • Ginástica artística;
  • Handebol;
  • Jiu-Jítsu;
  • Judô;
  • Karatê;
  • Kung Fu;
  • Muay Thai;
  • Skate;
  • Taekwondo;
  • Tênis;
  • Voleibol.

Programa Qualidade de vida. É voltado ao público adulto de ambos os sexos.

  • Condicionamento Físico;
  • Cross Training;
  • Pilates;
  • Ritmos;
  • Zumba                

Barueri e Osasco se consolidam no vôlei como referências esportivas no Brasil e em São Paulo

Fonte: Pixabay

O investimento em esporte no estado de São Paulo é algo tradicional e bastante conhecido, principalmente nos grandes times de futebol da capital. Entretanto, outras modalidades fora do centro também ganham alguma atenção. As regiões de Barueri e de Osasco, por exemplo, estão se consolidando como grandes referências no cenário do vôlei, principalmente, e também de outros esportes. Além disso, os paulistas estão de olho nos torneios de eSports.

A equipe Osasco Voleibol Clube é um dos maiores motivos de orgulho da cidade, principalmente pelo atual desempenho na Superliga Feminina de Vôlei. Na disputa pelo sexto título nacional, o time liderado por Luizomar de Moura encerrou 2020 com a segunda colocação na tabela. A vitória sobre o rival Pinheiros, por 3 sets a 1, consolidou o time como um dos favoritos ao título da temporada 2020-2021.

Contudo, não é apenas Osasco que conta com uma boa equipe de vôlei. O Barueri Volleyball Club também é uma equipe tradicional do estado e, apesar de nunca ter conquistado um título da Superliga, já conseguiu bons resultados no estado. Em 2019, por exemplo, o time foi campeão paulista justamente contra o Osasco. Na atual temporada da Superliga, a equipe comandada pelo experiente Zé Roberto fechou a última rodada do ano passado na 6ª posição, e com grandes chances de avançar para a fase final.

Essas duas cidades mostram que o estado paulista é mais que apenas os clubes de futebol, que costumam concentrar a maioria dos investimentos. Por exemplo, em novembro do ano passado, o osasquense João Carlos dos Santos Júnior chamou atenção pelo bom desempenho no Campeonato Brasileiro de Atletismo sub-20. O atleta é uma promessa para o futuro, e representa bem o incentivo da cidade aos mais variados esportes.

Das quadras para o virtual

Apesar do bom desempenho em esportes mais tradicionais, como o vôlei e o atletismo, as cidades paulistas não fecham as portas para algumas novidades. Um bom exemplo é o atual crescimento do eSports no Brasil, que  é o nome dado aos torneios oficiais de jogos eletrônicos. Em agosto do ano passado, a região de Barueri recebeu o Torneio eSports Oeste Barueri, que foi organizado pelo Oeste FC.

A competição reuniu jogadores do título Pro Evolution Soccer, que é um dos jogos mais populares de futebol virtual. Além de premiações para os vencedores, o evento também mostrou o potencial dos jogos digitais no mundo esportivo. Atualmente, vários times de elite estão criando equipes de eSports, pois a audiência desses torneios é crescente e mais interessante para as equipes com grande torcida.

O crescimento do entretenimento digital no Brasil explica um pouco do sucesso dos torneios oficiais de jogos eletrônicos. Por exemplo, os jogos de cassino online estão ficando cada vez mais interativos e, consequentemente, mais populares. As plataformas oferecem experiências próximas dos cassinos físicos, principalmente com o uso de streaming e também de temáticas diferentes para os jogos, seja na roleta, no blackjack ou até mesmo nas máquinas caça-niqueis virtuais. A mesma coisa acontece com os jogos de smartphones, que são desenvolvidos com temas diversificados e mais interativos. Atualmente, é possível jogar dominó, batalha naval ou então algum título de corrida com gráficos avançados e jogabilidade complexa. Ou seja, tem jogos para todos os estilos.

Futebol destoa

Seguindo o caminho contrário da capital, que costuma dar prioridade ao futebol, as cidades de Osasco e de Barueri não parecem contar com bom desempenho nos gramados. O Oeste FC, por exemplo, está disputando a Série B do Campeonato Brasileiro, mas deve encerrar a temporada atual na zona de rebaixamento. Assim, a equipe vai precisar disputar a Série C na próxima temporada.

A cidade de Barueri já conseguiu algum destaque em campo, principalmente no auge do Grêmio Barueri. Entretanto, após diversos problemas, o time acabou ficando inativo entre 2017 e 2018. A equipe retornou recentemente, mas deve demorar algum tempo para mostrar resultados positivos. Ou seja, apesar do bom desempenho em outros esportes, o futebol não parece ser o forte das duas regiões.

Barueri e Osasco são duas cidades importantes para o estado de São Paulo, principalmente se olharmos para os esportes. O desempenho que citamos no vôlei e no atletismo são apenas alguns exemplos, pois a cidade também conta com investimento em outras áreas, que vão desde a natação até o mountain bike. Apesar de não conseguirem os mesmos patrocínios que existem na capital, as duas cidades são exemplos de que mesmo com pouca estrutura é possível conseguir excelentes resultados.

São Paulo/Barueri vence terceira partida consecutiva na Superliga

Jogando na noite de terça-feira (dia 12) pela segunda rodada do returno da Superliga Feminina de Voleibol, o São Paulo/Barueri recebeu a equipe paranaense de São José dos Pinhais e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25×19, 25×22 e 25 x 21. A partida durou 1h34min.

A equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães, que já tinha conseguido dois triunfos anteriores (contra Curitiba Vôlei e Fluminense), deverá consolidar-se de forma isolada na sexta colocação. Oito times se classificam para a próxima fase.

Maira Cipriano se destacou como a maior pontuadora de Barueri na partida, com 12 finalizações. A vencedora do Troféu Viva Vôlei foi a oposta Nayme Costa, que teve 75% de eficácia no fundamento recepção.

O próximo compromisso do São Paulo/Barueri será o Osasco, na sexta-feira (dia 15), às 21h30, no Ginásio José Liberatti. A equipe do técnico Luizomar está na liderança da Superliga Feminina de Vôlei.

Novos procedimentos


Devido a pandemia do Novo Coronavírus algumas medidas foram adotadas, dentre elas proibição de acesso do público ao ginásio e aferição da temperatura de todos os profissionais com acesso à quadra.

Há um tapete à disposição e álcool em gel para árbitros e profissionais de saúde e de imprensa. A máscara deve estar o tempo todo no rosto e as equipes não se alternam mais na quadra para diminuir o contato. Uma das jogadoras da equipe adversária optou por jogar o tempo todo com a máscara.

FICHA TÉCNICA:
Superliga Feminina de Vôlei – Fase classificatória – Segunda rodada do returno
São Paulo/Barueri 3 x 0 São José dos Pinhais (25×19, 25×22 e 25×21)
Ginásio Poliesportivo José Corrêa, terça-feira, dia 12/01/2021
Primeiro árbitro – Jediel Hosana de Carvalho
Segundo árbitro – Marcos Borges Pereira da Silva

______________________

Jorge Ferreira – 13/01/2021

Fotos – Flávio Costa/SESP

Projeto Raquetes para Vida atende 150 crianças no Colégio Aurélio Gianini Teixeira

O Projeto Raquetes para Vida em parceria com a Prefeitura de Santana de Parnaíba, tem proporcionado  para cerca de 150 crianças da rede municipal, a oportunidade de terem acesso a iniciação à prática da modalidade ao Tênis.  Essa atividade é realizada no contra turno escolar no Colégio  Aurélio Gianini Teixeira.

A diretora do Colégio Aurélio, Rita de Cássia, relatou da importância desse projeto e sobre a melhoria do rendimento dos alunos em sala de aula. “Os alunos melhoram seu rendimento em sala de aula, sua notas, o respeito ao próximo, e isso é graças ao projeto, pois ele além de trazer melhoria na coordenação motora, ela traz disciplina aos alunos”.

Além do projeto Raquetes para a Vida, a prefeitura destaca mais dois projetos que acontecem de forma simultânea, é o projeto Tênis na Cidade e o Instituto Tênis que tem proporcionado para as crianças da cidade a oportunidade de aprenderem a prática do esporte.

Em 2021, a prefeitura busca ampliar ainda mais esse projeto nos parques da nossa cidade, com atividades de diversas modalidades esportivas, mostrando para os alunos que é possível conciliar o esporte com a educação.

Créditos:

Fotos: Dario Sousa

Texto: Jefferson Cassundé

Leandro Overall conquista o tetracampeonato de BMX Dirt em Carapicuíba

O carapicuibano Leandro Overall conquistou o título do BMX Dirt pela quarta vez consecutiva. O evento, sem público devido a pandemia do coronavírus, reuniu atletas de vários estados brasileiros, além do Chile, Colômbia, Argentina e Estados Unidos.
“É um orgulho para nossa cidade sediar pela quarta vez consecutiva esse evento tão importante, sendo tão bem representada pelo Leandro Overall. Aqui, estamos construindo um Complexo Educacional e Esportivo, que vai beneficiar mais de mil crianças e jovens”, afirma o prefeito Marcos Neves.  
A semifinal foi realizada no sábado, 9, classificando o americano Mike Hucker Clarck e o colombiano Jorge Ceballos, além do cearense Felipe Manerim, o paranaense Paulo Saçaki,  e o carapicuibano Gustavo Batista de Oliveira, o Bala Loka. Esse time de classificados inclui os campeões da edição 2020: o carapicuibano Leandro Overall, e os americanos Pat Casey e Anthony Napolitan.
A grande final, no domingo, dia 10, contou com transmissão ao vivo pela rede Globo, no programa Esporte Espetacular. Leandro Overall mostrou que conhece o local, conquistando o título da competição. O americano Pat Casey ficou com a segunda colocação. Felipe Manerim ficou em terceiro.
“Só tenho a agradecer à Prefeitura de Carapicuíba por toda a estrutura”, comentou Overall, “esse campeonato foi bem disputado. Nível altíssimo. Mas ainda bem que consegui forçar a primeira e a terceira volta e manter o título em casa”.

OBRA DE URBANIZAÇÃO – Considerada uma das melhores do país, a pista Caracas Trail, na Cohab, integra agora um CEEAC – Centro de Educação, Esporte, Arte e Cultura. O complexo, totalmente cercado, inclui duas escolas, um campo de grama sintética e piscina.