Educação

Projeto “Hip Hop nas Escolas” passará por unidades escolares da cidade

Com o apoio da Prefeitura, o projeto “Hip Hop nas Escolas” inicia oficialmente, neste segundo semestre, seus cronogramas na cidade. Passando pelas unidades de Carapicuíba, a ação tem o objetivo de utilizar os elementos da cultura Hip Hop como ferramenta pedagógica no ambiente escolar.
Em fase piloto, no primeiro semestre de 2019, o projeto já alcançou mais de 500 jovens da rede estadual de ensino. Elaborado e ministrado pelo grupo Breaksp, a metodologia traz as diferentes vertentes do movimento em atividade interdisciplinar, com palestras e apresentações, trabalhando composições/poesia (MC), pintura (graffiti), dança (breaking) e produção musical (DJ).
Segundo o idealizador, Jefferson Twister, aliar educação e Hip Hop possibilita ampliar a visão dos estudantes, consequentemente, afastando-os da criminalidade. “Nosso intuito é dar voz, visibilidade e identidade aos jovens, tornando o ensino formal mais atrativo”, explica.
Eles aprendem a pensar sobre sua realidade e sobre si mesmos de maneira crítica, estendendo os conhecimentos sobre aspectos sociais, por meio da escrita, música, dança e pintura, sempre buscando questionar, refletir e propor soluções acerca das questões humanitárias, como drogas, sexualidade, relações interpessoais, bullying, suicídio, violência, entre outros”, ressalta Jefferson.
Entre os elementos da cultura Hip Hop apresentados pelo programa, cada um deles possui ligação direta com as disciplinas escolares: Breaking –  trabalha o conhecimento corporal, auxiliando as matérias de Educação Física e Ciências Biológicas. MC – aborda vocabulário, linguagem e palavras, desenvolvendo as matérias de Português, História, Filosofia, Sociologia e disciplinas de Ciências Humanas. Graffiti – arte expressa em paredes e quadros, ajuda nas matérias de expressão artística e comunicação visual.

Aulas de música reforçam autoestima e aprendizagem de alunos em Barueri

Os estudantes da Emef Fioravante Barletta, do Jardim Silveira, estão radiantes ao frequentarem a escola, após o projeto de música e melodia ter sido colocado em prática. Tocar instrumentos, cantar e aprender mais sobre cânticos populares têm sido a rotina dos alunos (crianças e adolescentes) do professor de música e maestro Nei Silva.  

As aulas especiais, que incluem canto, tocar instrumentos e a prática de exercícios lúdicos e dinâmicos, estão colaborando muito na cooperação e proatividade entre os alunos. De acordo com os gestores e professores da unidade de ensino, a iniciativa também está reforçando o sentimento de grupo e uma maior interação, mesmo entre os mais tímidos. 

O projeto envolve os estudantes do primeiro ao nono ano e propõe repertório de música vocal e instrumental, com canções desde a Idade Média até os dias atuais. A proposta ainda resgata músicas de raízes, conta a história dos povos indígena e africano e estuda a sua influência no Brasil. 

De acordo com o professor Nei Silva, o projeto é realizado durante as aulas e também nos contraturnos. “É emocionante poder ver um resultado tão incrível e o envolvimento dos alunos com a música. O resultado tem nos deixado muito felizes”, contou. 

Para a diretora Tatiana Bisachi, a iniciativa apresenta uma cultura folclórica e ajuda os alunos tanto na disciplina como na organização. “Eles estão desenvolvendo aptidão musical antes não conhecida”, destacou.

Educação inicia cadastramento para matrícula e rematrícula de 2020

A Secretaria de Educação de Barueri iniciou o processo de cadastramento para matrícula e rematrícula para o ano letivo de 2020.

A iniciativa atende à Resolução 40 da Secretaria Estadual de Educação, que tem o objetivo de locar os estudantes cada vez mais perto de suas residências, além de garantir vagas para todos.

Os pais e responsáveis devem comparecer à unidade escolar onde seus filhos estudam, até o dia 23 de setembro, com comprovante de residência, RG e CPF do responsável.

A matrícula e rematrícula são necessárias para as unidades escolares que atendem a Educação infantil, Ensino Fundamental e o programa EJA (Educação de Jovens e Adultos).

De acordo com Isabel Biondi, coordenadora de Ensino Fundamental da Secretaria de Educação de Barueri, é muito importante que todos os pais que têm filhos matriculados na rede participem do cadastramento. “Este movimento de rematrícula é para beneficiar os seus filhos. Contamos com a participação de todos”, disse.

Alunos da Emef Amador Aguiar se interessam por matemática usando tecnologia

Os estudantes da Emef Amador Aguiar, do Parque Imperial, estão cada dia mais envolvidos com o processo de aprendizagem por intermédio de tecnologia. Após a implementação dos equipamentos tecnológicos, as aulas estão muito mais dinâmicas e despertando o interesse dos alunos.

As turmas dos nonos anos, por exemplo, estão exercitando as aulas de matemática de forma dinâmica e divertida, pois estão usando a ferramenta Kahoot. Trata-se de um jogo que funciona da seguinte forma: com o Chromebook conectado ao login da plataforma, projeta-se todos os nomes dos participantes e questões com suas respectivas respostas. Os jogadores além de procurar a resposta certa têm que se preocupar com o tempo, pois em cada questão há um relógio e a rapidez na resposta contribui também com a pontuação.

Para o professor de informática, Alexandre Silva, as aulas estão fazendo o maior sucesso e os alunos aprendendo muito mais. “A proposta de levar o aplicativo à aula oferece alguns aspectos que devem ser planejados e observados antes e durante a aplicação da ferramenta. O jogo nos oferece uma alta competitividade entre os participantes, portanto, o controle no decorrer da partida é relevante. O objetivo é aprender como o entretenimento, ou seja, além de passar por um tipo de avaliação, os alunos se divertem, aprendem e até ensinam no momento da correção das questões”, explicou.

A interação e o dinamismo entre alunos na participação do jogo trabalham o raciocínio lógico e rápido para as respostas, além da competitividade equilibrada.

De acordo com a diretora Soraia Guedes, a iniciativa visa recuperar a aprendizagem dos alunos de uma forma cada vez mais interessante. “Após as análises dos gráficos fornecidos pela Secretaria de Educação por meio de avaliações bimestrais, foram observadas algumas habilidades não desenvolvidas. Em mãos desse material, foram planejados aulas e exercícios para execução do jogo. Foram trabalhados conteúdos como porcentagem, números decimais, álgebra, as quatro operações e frações, entre outros”, informou.  

Após a aplicação e análise das planilhas sobre as participações dos alunos, os resultados foram dentro do previsto. O Kahoot oferece elementos para averiguar o desempenho sobre a assertividade das questões e, além da forma individual, é possível avaliar o rendimento do grupo.

Com chromebooks em mãos, professores participam de formação tecnológica

Dando sequência à formação permanente aos professores, com relação à tecnologia educacional, a Secretaria de Educação de Barueri, por intermédio do Departamento de Apoio Pedagógico, ministrouao longo da semana, mais um importante curso a todos os docentes da rede de ensino, no auditório do CAP – Centro de Aperfeiçoamento dos Professores. 

 As formações aconteceram nos períodos da tarde e da noite, oportunidade em que os docentes, com seus chromebooks em mãos, aprenderam muito com os profissionais especializados da empresa Microkids, que apresentaram – com uma série de exercícios práticos – ferramentas fáceis de operar.  

De acordo com a coordenadora de Ensino Fundamental, Isabel Biondi, a iniciativa em investir cada vez mais em formação tecnologia visa preparar os alunos para o futuro. “Com a ajuda de vocês e toda a estrutura investida na Educação de Barueri, certamente nossos alunos estarão muito bem preparados para um futuro promissor, em que competirão de igual para igual ao longo de suas vidas”, comentou. 

 As novas metodologias tecnológicas apresentadas aos professores despertaram muito interesse dos profissionais que lecionam as mais diferentes matérias de todas as séries. Elas atendem desde a Educação Infantil até o Ensino Médio e são acompanhadas por softwares educacionais, biblioteca de livros virtuais, banco de imagens, vídeos e atividades a serem usadas em sala de aula com o objetivo de melhorar cada vez mais a aprendizagem. 

 De acordo com o professor de informática Paulo Ricardo, da Emef Alexandrino Bueno, do Jardim Silveira, a formação foi muito útil. “Achei extremamente significante. Com certeza essa nova ferramenta tecnológica irá auxiliar muito os alunos, pois a programação é algo que permite desenvolver elementos importantíssimos como o raciocínio lógico e a concentração, além de permitir e colaborar com a criatividade, aumentando a percepção do que eles podem fazer. Na realidade, o aluno não é apenas consumidor de tecnologia, mas sim criador e isso coloca os alunos de Barueri em um passo à frente no que se refere ao uso da tecnologia”, avaliou. 

Entrega de 191 certificados de cursos de qualificação profissional

 

A qualificação profissional abre portas para as pessoas no mercado do trabalho. A Prefeitura entregou,  191 certificados para moradores da cidade que procuraram pelos cursos de qualificação oferecidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e pelo Senai Itapevi.

Alguns dos beneficiários fazem parte do programa municipal Novo Emprego, iniciativa que visa a primeira inserção ou a recolocação do mercado de trabalho. A solenidade de entrega aconteceu na sede da Secretaria, na Vila Nova Itapevi.

Foram 41 certificados entregues para os alunos que concluíram o curso no Senai Itapevi e 150 para as oportunidades oferecidas gratuitamente pela Prefeitura.

O Senai formou 14 construtores de alvenaria e 27 costureiros de máquina reta e overloque. Já os promovidos pela administração foram de comportamento no ambiente de trabalho (34), comunicação eficaz (18), Time do Emprego (48), inglês (35) e informática (15).

 “É imprescindível qualificar e preparar as pessoas para o mercado de trabalho, para que tenham melhores oportunidades e para que possam sonhar com um futuro melhor e com mais qualidade de vida”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Itapevi, Mauro Martins Júnior.

Sobre os cursos

Construtor de Alvenaria

Capacitar os munícipes para o mercado de trabalho na área da construção civil para que sejam capazes de executar projetos de alvenaria e edificações, utilizando equipamentos, ferramentas e instrumentos específicos, seguindo normas técnicas, de qualidade, de meio ambiente e de saúde e segurança no trabalho.

Costureiro de Máquina Reta e Overloque

Tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas à execução de operações básicas de costura, em máquinas reta e overloque, de acordo com procedimentos da empresa e normas ambientais e de segurança.

Time do Emprego

É um programa que tem por objetivo preparar e orientar o participante para o mercado de trabalho.

Comunicação Eficaz

Neste curso o aluno aprende a usar a língua portuguesa de forma mais consciente no seu trabalho, seja para escrever um e-mail, documentos ou textos sem erros de ortografia, concordância e pontuação.

Comportamento no Ambiente de Trabalho

Tem por objetivo orientar a pessoa como se portar adequadamente no ambiente de trabalho, além de ensinar regras de boas maneiras, como trabalhar em grupo, como aplicar a inteligência emocional no ambiente de trabalho de uma forma dinâmica e prática.

Projeto educacional leva aula de espanhol aos alunos da Rede Municipal

As escolas de ensino fundamental EMEF Luiz Bortolosso e Irmã Tecla Merlo, ambas localizadas na zona norte da cidade são consideradas referências positivas no aprendizado. Além de contarem com uma grade curricular que garante a qualidade do ensino, elas oferecem ainda a disciplina de espanhol no contraturno escolar.

 

O Secretário de Educação, José Toste Borges explicou que o projeto piloto será implementado gradativamente em todas as escolas de ensino fundamental. Além disso, o docente considerado apto na seletiva do chamamento e com perfil que corresponda aos critérios passarão por formação continuada ofertada pela Secretaria de Educação.

 

“Com essa proposta, estamos ampliando o acesso ao aprendizado de um novo idioma aos estudantes da rede municipal de ensino, bem como, o prefeito Rogério Lins está possibilitando investimentos na educação para que possamos abrir novas oportunidades, agregando valores não somente ao currículo educacional, mas à vida e a formação cidadã de nossos estudantes”, completa.

 

Segundo o professor Marcos de Moura Pimentel, as aulas de espanhol possuem uma carga horária de cinco (05) horas semanais, contudo, o espanhol é um dos idiomas mais importantes da atualidade e a segunda língua nativa mais falada no mundo, logo a importância desta disciplina no sistema municipal de ensino.

 

 “O incentivo de mais uma língua estrangeria no currículo é de grande relevância e incentivo na ampliação das estratégias de ensino do espanhol, pois em nossa grade curricular os educandos já possuem a disciplina de inglês. No entanto, considero o idioma um excelente investimento na educação pública, pois nem todos os estudantes têm a possibilidade do aprendizado fora da escola”, ressaltou o docente Marcos de Moura Pimentel da EMEF Luiz Bortolosso.

Prefeitura oferece curso de Confecção Industrial de Costura

 

A Prefeitura de Carapicuíba, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, por meio do Programa Via Rápida Emprego, recebe a Unidade Móvel de Confecção Industrial que realiza o curso de costura com o intuito de preparar os moradores para as vagas de emprego da região e também para começar seu próprio negócio.

 

As aulas, que acontecem de segunda à sexta-feira, tiveram início no dia 27 de agosto e vão até o dia 24 de setembro. Ao todo são sessenta alunos, com vinte pessoas em cada período: manhã, tarde e noite.

 

Uma das alunas, Solange Teresinha Amaral Santos, de 50 anos, disse estar realizando um sonho. 

 

“Sou apaixonada por costura e nunca tinha feito um curso na área. Por isso, a minha filha quando viu que havia inscrições abertas fez a minha inscrição e eu fiquei muito feliz. Estou realizando um sonho. Depois de me formar quero costurar em casa, receber encomendas e vamos ver o que o futuro me oferece”, comentou.

 

Kelly Joseane Soares, 36 anos, que está desempregada, vê o curso como a esperança de ter uma nova oportunidade no mercado de trabalho.

 

“Sempre gostei de costura e já fiz alguns outros cursos na área. Agora quero me aperfeiçoar e realizar o meu sonho de ter um ateliê. Com essa estrutura, que é muito boa, vou aprender a mexer em todas as máquinas e ganhar mais qualificação profissional”, afirmou. 

 

Entrega de mais uma escola de educação infantil em Carapicuíba

 

Seguindo com os investimentos em educação, a Prefeitura de Carapicuíba inaugura  mais uma escola de educação infantil, a Emei Regina Marta Pires Fuentes, no bairro Vila Santa Terezinha. 

 

A nova unidade atenderá cerca de 50 crianças, em prédio que soma três salas de aulas, sala de professor, espaço para recreação, berçário, fraldário e refeitório. A conquista soma às ações realizadas pela Secretaria de Educação para o aumento do número de vagas e o avanço na qualidade do ensino na rede municipal de ensino infantil. 

 

Em dois anos, a atual administração já abriu mais de 3.300 vagas nas creches da cidade, entre unidades próprias e conveniadas. Os números são resultados da entrega de novas escolas, a reforma das unidades já existentes e ampliação do atendimento nas conveniadas. A previsão é que até o fim do ano de 2020, mais 2 mil vagas sejam criadas. 

 

“Esta é mais uma importante conquista para os carapicuibanos, e a educação vai continuar crescendo. Estamos construindo um futuro melhor para nossas crianças e jovens, escolas confortáveis e seguras para um aprendizado mais completo”, ressaltou o prefeito Marcos Neves.

 

Câmeras de segurança e alarmes

A segurança dos pequenos também recebe um olhar especial. A Prefeitura instalou câmeras e alarmes em todas as escolas da rede. A Central de Videomonitoramento encontra-se no Centro de Formação dos Professores

Osasco investe em escolas de tempo integral

 

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, usou as redes sociais para anunciar que irá ampliar as escolas em tempo integral. “Neste semestre implantaremos mais uma escola em tempo integral”, informou.

Nas escolas de tempo integral, os estudantes têm as matérias regulares pela manhã e, no período da tarde, participam de atividades extracurriculares. No total são disponibilizadas 13 oficinas: matemática, inglês, capoeira, judô, interação digital, jogos cooperativos, jogos de tabuleiro, teatro, música e dança, futebol e futsal.

A escola em tempo integral era um dos projetos do governo. Hoje, ela funciona na Emef Professora Cecília Corrêa Castelani, no Jardim Califórnia, e na Emef José Veríssimo de Matos, no Jardim Roberto. As duas unidades servem como modelo para a ampliação da oferta diferenciada de ensino.

Esses não são os únicos investimentos em educação. A Prefeitura já entregou 4 novas creches: Jardim São Pedro, Novo Osasco, Jardim Roberto e Vila Vicentina; constrói outras seis unidades, cujas obras estão em estágio avançado: 1º de Maio, Jardim Veloso, Jardim Santa Maria, Vila Menck e Vila Militar. Essas novas creches somadas às duas unidades do Mundo da Criança, que funcionarão na Fito zona norte e Fito zona sul, vão gerar 4 mil novas vagas, reduzindo consideravelmente a fila de espera por vagas.

A Prefeitura também dotou a rede municipal de lousas, que permitem aos professores fazerem apresentações utilizando programas como PowerPoint ou links de sites, já que podem navegar na internet, tornando as aulas mais dinâmicas e atrativas a uma geração que tem o mundo na palma da mão.

Outro destaque fica por conta do projeto Criamundi, que beneficia todos os alunos e professores da pré-escola. Os alunos receberam o conjunto de material de aprendizagem “Mundos do Zé”, que reúne livros, álbuns de arte, fantoches, entre outros, organizados para aproximar a criança das linguagens artística, literária e visual, abrindo espaço para a contação de histórias e expressão de ideais e sentimentos e que incentivam novas descobertas, estimulando a autonomia na execução de tarefas cotidianas das crianças, como escovar os dentes e pentear os cabelos.