Educação

Projeto “Saber em Casa” leva conteúdo didático aos alunos de Santana de Parnaíba por meio de plataforma digital

 Santana de Parnaíba lança projeto inovador que já está funcionando desde o dia 23/03, a plataforma disponibilizará para todos os alunos da rede municipal conteúdos didáticos que poderão ser acessados por meio do youtube. A iniciativa, que visa estimular os alunos ao saber e mantê-los dentro do contexto da aprendizagem durante o período de suspensão das aulas como medida preventiva ao coronavírus, recebe o nome de Saber em Casa.

              Serão disponibilizados uma série de videoaulas e atividades sobre línguas, matemática, ciências e as principais matérias de conteúdos que fazem parte da base curricular dos alunos.

             A programação atenderá a estudantes de todas as idades, desde o ensino infantil até o ensino médio, em um formato objetivo e divertido para fomentar o interesse dos alunos, com vídeos de 5 a 10 minutos, ministrados pelos próprios professores da rede.

 O conteúdo estará disponível na página oficial da prefeitura no youtube, então aproveite, inscreva-se e ative as notificações para ser informado assim que os vídeos estiverem no ar.

 

Em casa, alunos de Barueri efetuam atividades de aprendizagem on-line

Mesmo em casa, os professores da rede de Barueri, com orientação do Departamento de Apoio Pedagógico e da Coordenadoria de Tecnologia, seguem alimentando as plataformas tecnológicas com conteúdos pedagógicos para que os alunos possam seguir estudando, mesmo ausentes da escola, neste período de isolamento social. 

De acordo com dados do monitoramento da Coordenadoria de Tecnologia da Secretaria de Educação, é muito significativo o número de alunos que estão entrando nas plataformas e efetuando as atividades. 

De acordo com o diretor Fernando Abreu, da Emef Enéias Raimundo, os pais dos estudantes da escola estão incentivando muito este processo. “Os professores também estão colaborando muito com a alimentação dos conteúdos e os alunos, mesmo em casa, estão muito dinâmicos.” 

Além dos cadernos digitais de apoio pedagógico, os estudantes de toda a rede também têm acesso a matérias nas plataformas: Google Sala de Aula, Khan Academy, Mentes Notáveis e Arkos. 

Com escolas em quarentena, Startup leva simulado do ENEM online a estudantes

Enquanto surgem especulações sobre a possibilidade do adiamento do ENEM 2020, devido à suspensão de aulas provocada pelo coronavírus, a Evoluciona– empresa que auxilia gestores e educadores a tomarem decisões pedagógicas baseadas em dados e evidências – programa seu primeiro simulado online do Enem para seguir preparando alunos no Brasil todo. O simulado, que é muito similar à versão oficial, é aplicado presencialmente nas mais de 2500 escolas clientes da empresa e agora será oferecido no formato digital, durante a quarentena.

“Neste momento de isolamento social, as escolas precisam criar alternativas para manter os alunos engajados em sua proposta pedagógica, além de não deixá-los despreparados para os vestibulares e exames, que vão acontecer, mesmo se adiados. Um dos principais desafios neste período é a estruturação e aplicação de uma avaliação significativa da aprendizagem”, comenta o Diretor de Inovação Pedagógica da Evolucional, Vinícius Freaza. A empresa destaca que o simulado presencial do Enem ainda é a melhor forma de avaliação, “mas a versão online, elaborada para a quarentena, já é um passo para que as escolas comecem a experimentar novos formatos de avaliação e estejam preparadas para essa revolução digital no ensino. O próprio INEP já divulgou uma aplicação oficial do ENEM, no formato digital, para 500 mil alunos em outubro deste ano”, complementa.

Assim como na versão presencial, o simulado online terá seus resultados calculados com a metodologia conhecida como TRI (Teoria de Resposta ao Item), a mesma usada no Enem. O algoritmo desenvolvido pela Evolucional para apurar os resultados dos simulados presenciais permite prever, com até 99,7% de precisão, o resultado da escola no exame oficial. O simulado online contará com questões já calibradas pela startup, distribuídas nas 4 áreas do conhecimento trabalhadas pelo ENEM: Matemática, Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. A partir desta terça-feira (31), escolas parceiras da Evolucional poderão conectar seus alunos do 9º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio no simulado online do Enem, em todo Brasil.

“Nesse curto período de tempo, as escolas estão dando grandes saltos rumo à implementação de uma cultura digital. No processo de adaptação de aulas para o ambiente online e estruturação de novos modelos de avaliação, é importante oferecer aos alunos estímulos e recursos capazes de mantê-los preparados para o ENEM, mesmo à distância”, finaliza Freaza.

Prefeito Elvis Cezar entregará Colégio Infantil do Rancho Alegre no próximo final de semana, gerando 200 novas vagas

Com o objetivo de eliminar a fila das creches na cidade de Santana de Parnaíba, a prefeitura vai entregar, no próximo sábado (14), a partir das 14h, o Colégio Infantil do bairro Rancho Alegre.

Localizado na Rua Alabama, 58, em frente ao Parque Municipal do Pq. Santana, que também será inaugurado dia 14, e da Inspetoria da Guarda Municipal, a nova unidade de ensino, denominada Sr. Gabrielle D´Alessandro, contará com 8 salas de aula, playground, lactário, funcionará em período integral e vai atender cerca de 200 crianças, com idades até cinco anos.

Este será o 4º colégio inaugurado este ano e o 16º dos últimos sete anos, que geraram, ao todo, mais de 6 mil vagas na rede pública municipal.

 

Quando é possível pedir a tutela antecipada na ação de imissão na posse?

A ação de imissão na posse é o ato judicial que confere ao interessado a posse de determinado bem, além de visar proteger o direito a adquirir uma posse que ainda não é desfrutada.

Como requisitos para a propositura dessa ação, podemos destacar: 

  • A prova do domínio do autor sobre a propriedade, que não o detém por resistência injusta daquele que perdeu a propriedade; 
  • A individualização precisa da coisa e a prova da perda de legitimidade do antigo proprietário e de sua utilização injusta da coisa por meio de posse direta.

Cabe destacar que possuidor é aquele que exerce, de fato ou não, algum dos poderes inerentes à propriedade. Além disso, salientamos que a posse injusta é aquela adquirida de forma violenta (coação física ou moral), clandestina (maneira sorrateira) ou precária (quebra de confiança por parte do possuidor); e que posse direta é aquela exercida por quem tem a coisa em seu poder, temporariamente.

Dessa maneira, é possível dizer que a prova documental acerca da propriedade do bem tem especial relevância na apreciação da ação de imissão na posse pelo juiz. Inclusive, é o conteúdo de provas inicial que define não só a probabilidade de deferimento de uma ação de tutela antecipada, como também classifica a posse exercida pelo réu como justa ou injusta.

Evidentemente, o objetivo do autor ao ingressar com a ação de tutela antecipada é ver-se imitido na posse o mais breve possível, e com os documentos corretos e a apresentação da tese jurídica adequada, as chances de sucesso são significativas.

Por isso, talvez, o caminho mais indicado seja a formulação de pedido de tutela antecipada, cuja apreciação será condicionada ao recebimento da inicial em cartório e receberá prioridade em relação àqueles que não possuem tal pedido.

O que é tutela antecipada de urgência?

Com base na nossa legislação processual civil, a tutela antecipada de urgência, que busca antecipar total ou parcialmente os efeitos da sentença, será admitida quando demonstrada a probabilidade do direito e o perigo do dano pela demora. 

Deixando claro, então, o direito do autor, através das provas citadas anteriormente, e evidenciando que com a demora do processo, o requerente pode sofrer dano irreparável ou de difícil reparação, até porque, a propriedade pode encontrar-se em posse de outra pessoa, a possibilidade do juiz conceder a tutela é considerável.

O que é tutela de evidência?

Ademais, também é possível, na ação de imissão na posse, o pedido de tutela de evidência (que independe de demonstração do perigo de dano), já que um dos requisitos que o torna admissível é a prova documental suficiente dos fatos constitutivos do direito do autor, instruída na petição inicial, a que o réu não oponha prova capaz de gerar dúvida razoável.

Educadores de Barueri passam por curso sobre inteligências múltiplas

Foto: Suseli Honório/Secom

Durante a semana passada, professores e gestores da Secretaria de Educação de Barueri viveram experiências muito especiais. Trata-se da formação do Laboratório de Inteligências Múltiplas – LIM. O evento aconteceu no auditório do Centro de Eventos e contou com palestras, atividades de integração e experiências socioemocionais. 

O objetivo do evento foi estimular as potencialidades dos profissionais, para que eles se tornem cada vez melhor dentro e fora do ambiente de trabalho  

Antes das palestras e atividades, os educadores receberam as palavras de boas-vindas da coordenadora de Educação Infantil, Janete do Valle, e da coordenadora de Ensino Fundamental, Isabel Biondi. 

O palestrante Marcelo Katayama abordou diversos aspectos importantes para que os profissionais resgatassem diariamente sua autoestima e motivação. “Não podemos deixar de celebrar nossas pequenas conquistas. Devemos sempre agir por um propósito. Precisamos respeitar a nós mesmos, estabelecendo objetivos alcançáveis”, aconselhou. 

Na tarde de sexta-feira (dia 28 de fevereiro, último dia dos cursos), a secretária de Educação, Flávia Moreno, também fez questão de participar do evento e falar com os educadores. “Antes de tudo, os professores precisam de cuidados com suas emoções. É preciso ser cuidado para poder cuidar. Nós, educadores, somos modelo de conteúdo não só acadêmicos, mas de equilíbrio emocional. Somos modelos humanos e inspiradores.” 

Professores de Santana de Parnaíba participaram do curso de capacitação do Parnaíba Idiomas

Foto: Fabiano Martins

Os professores de inglês de Santana de Parnaíba, participaram, na Secretaria de Educação, de um curso de capacitação sobre o Programa “Parnaíba Idiomas”.

O objetivo é que os docentes auxiliem os alunos nas atividades oferecidas pela plataforma na sala de aula no aprendizado dos idiomas de inglês, espanhol, francês e italiano nas funções auditivas, escritas, conversação e gramatical.

Treinamento de 21 horas provoca mudanças de atitudes e promete melhorar os resultados profissionais e pessoais dos participantes

Centenas de pessoas já participaram do Método ICON21, o treinamento que tem impactado os participantes utilizando técnicas de inteligência emocional, programação neurolinguística e ferramentas que abordam o equilíbrio profissional, familiar, financeiro, saúde, conhecimento e outras áreas essenciais para uma vida melhor.

O treinamento pode ser realizado por pessoas com mais de 16 anos, e será conduzido por Max Santana, que é o fundador da MXCO, organizadora do evento, e idealizador da metodologia ICON, além de palestrante, professor e autor do livro “Marketing para o Sucesso”. Já está confirmado para esta edição o palestrante convidado Ben Zruel, autor do livro best-seller “Eu vou te ensinar a ficar rico”, que fará uma palestra especial sobre inteligência financeira.

As inscrições vão até o dia 26 de março e podem ser feitas diretamente no site www.icon21.com.br

Para inscrições de grupos ou empresas são oferecidos descontos super atrativos. Maiores informações podem ser obtidas no telefone: 11-2424-6521 no ramal 201.

Inscrições para Olimpíada Brasileira de Matemática estão abertas até 20 de março

Escolas devem fazer o cadastro no site da OBMEP; prova da primeira fase ocorre no dia 26 de maio

Estão abertas as inscrições para a 16ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) de 2020. O prazo vai até as 23h59 do dia 20 de março.

As escolas devem fazer o cadastro dos estudantes preenchendo a ficha de inscrição, disponível no site da OBMEP (http://www.obmep.org.br/). Os estudantes que desejam participar da competição devem fazer a inscrição diretamente com o professor na escola.

Em 2019, mais de 18 milhões de estudantes do Brasil todo participaram da olimpíada, que é aplicada em duas fases. No total, 12.948 eram alunos das redes pública e privada de São Paulo e foram premiados com medalhas ou menções honrosas.

A OBMEP é dividida em três níveis, de acordo com o grau de escolaridade dos estudantes. O nível 1 é voltado para os alunos do 6º ou 7º ano do ensino fundamental, o nível 2 para os alunos do 8º ou 9º ano do ensino fundamental, e o nível 3 para os alunos de todas as séries do ensino médio.


Jovens e adultos, matriculados na modalidade EJA, também podem ser inscritos pela escola, conforme os níveis descritos anteriormente.


Calendário


Este ano a prova da 1ª fase ocorrerá em 26 de maio e estará composta por uma prova de 20 questões de múltipla escolha.

A segunda fase, que consiste em uma prova discursiva de seis questões, será aplicada em 26 de setembro apenas aos alunos classificados. A divulgação dos premiados está prevista para acontecer dia 8 de dezembro.

Os alunos com melhor desempenho na competição serão premiados com medalhas de ouro, prata, bronze ou certificados de menção honrosa. Todos os medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC). Os professores das escolas também recebem prêmios.

Entenda o impacto da Lei Geral de Proteção de Dados para as Agências de Publicidade

É partir do gerenciamento de dados que a agência organiza campanhas e direciona o público no ambiente digital. O impacto da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) para agências de publicidade é uma discussão muito importante.

Será preciso dosar o equilíbrio entre a liberdade do usuário, inclusive de ser receptivo à publicidade, e a devida segurança de informações que considera confidencial. A Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD) deverá criar meios de não prejudicar um trabalho que gera benefícios ao consumidor e cidadão, quando aplicado com ética e consentimento.

O prazo para a adequação está previsto para agosto de 2020, no entanto, apenas 17% das organizações consultadas estão dentro das novas exigências. Outro ponto importante é que 24% das empresas não possuem recursos financeiros disponíveis para se adequar a todas as exigências legais.

Neste artigo, a Plano Consultoria esclarece sobre as principais questões de impacto quando se fala em LGPD. 

O que vale para todas as empresas em relação à LGPD?
 
  • Registro de operação de todos os dados;
  • Disponibilizar relatório sobre o impacto à proteção de dados sob demanda;
  • Adequação às medidas técnicas e administrativas, a fim de garantir a segurança e evitar o uso ilícito dos dados;
  • Centros internos para lidar com possíveis falhas.
Por que a publicidade sem o uso de dados é ruim para todos?

Ao aplicar determinações da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é imprescindível adequar tais regulamentos à cultura e hábitos da população. Regras estabelecidas no cenário europeu, por exemplo, pela (GDPR), não necessariamente se aplicam para o cenário brasileiro.

O outro lado sobre o uso consciente e benéfico dos dados está direcionado a publicidade, ao realizar a divulgação de produtos e serviços com maior direcionamento. Hoje o conteúdo segmentado faz parte da vida das pessoas e os anúncios geram interesse, não só de compra, mas estreita a comunicação e atualização junto à marca ou empresa que segue.

O conteúdo acessado na internet é livre e democrático, mesmo na ausência de dados a partir dos usuários, existiria publicidade no ambiente virtual, a diferença é que apareceria para o usuário qualquer produto ou serviço, sem lhe propiciar o mínimo de interesse ou importância no seu dia a dia.

Em quais cenários os dados são essenciais na publicidade?
  • Criação de campanhas relevantes aos usuários;
  • Descentralização regional e alcance;
  • Atender a expectativa do usuário ao ofertar produtos e serviços.
Como a lei LGPD para agências de publicidade pode impactar o marketing e campanhas?  
 
  • Informações importantes para a segmentação não estão mais disponibilizadas como antes. Nesse caso, ao criar campanhas as empresas terão de investir em novas estratégias para traçar determinados perfis de compra;
  • O consentimento explícito pode reduzir as taxas de conversão. Será fundamental investir em User Experience Research para melhorar a experiência do cliente;
  • Para seguir tais regulamentos da lei, as empresas terão de investir em tecnologia como segurança, monitoramento e novas ferramentas de banco de dados;
  • A Inteligência Artificial e CRM também sofreram alterações na qualidade de dados disponíveis, mais um desafio a ser enfrentado por agências na criação de campanhas segmentadas.

Qual o papel das agências diante das mudanças?

No mercado de comunicação as agências são operadoras, enquanto as marcas assumem a posição de controladoras. A iniciativa que envolve a manipulação de dados ocorre de maneira autônoma através da agência, tornando-se crucial a adequação e uma estrutura sólida de governança.

Vale destacar que uma agência conta com uma carteira de clientes que pode ser afetada de diferentes formas, de acordo com o setor em que atuam. Além de se adequar à LGPD para agências de publicidade, existe o desafio de driblar por meio de estratégias e criatividade, as possíveis interferências que cada cliente irá sentir.

As agências também se tornarão fontes de consultoria junto às marcas, pois realizam a organização direta de dados, podendo propor um direcionamento na implementação da LGPD, válida para todas as empresas que manipulam dados em território nacional.

LGPD na prática e dia a dia das agências

As agências serão responsáveis por nomear um encarregado de proteção de dados, também conhecido como Data Protection. Dentre as funções do encarregado, está: prestar esclarecimentos sobre possíveis reclamações de usuários; orientar os colaboradores sobre as práticas relacionadas à proteção de dados pessoais; executar demais funções dentro da LGPD.

O processo de adequação às normas da LGPD para agências de publicidade é um investimento fundamental, pois tais empresas assumem uma responsabilidade delicada frente a essas normas.

A agência também pode atribuir um papel consultivo junto aos clientes, que estarão mais seguros ao atuar com uma organização preparada, a fim de auxiliar e responder assertivamente a possíveis conflitos. Para além da análise de riscos e um filtro maior no uso de dados, a LGPD pode sugerir novos mercados e oportunidades de negócio.