Cultura

De cultura a empreendedorismo, Experimenta Portugal chega à quinta edição em São Paulo

Chega a São Paulo nos próximos meses a quinta edição do Experimenta Portugal, conhecida chancela de eventos culturais que traz à capital paulista uma mostra da cultura e da língua portuguesa. Serão mais de dez atrações gratuitas contemplando música, literatura, cinema, esportes, gastronomia e empreendedorismo.

Organizado pelo Consulado Geral de Portugal em São Paulo desde 2015, o Experimenta consolidou-se na agenda cultural da cidade por promover um intercâmbio artístico cultural entre Brasil e Portugal, celebrando o momento único de redescobrimento e transformação que os dois países atravessam.

“O Experimenta Portugal 2019 insere-se na linha das anteriores edições, alargando-se, porém, ao domínio econômico, através de um Ciclo de Palestras e Workshops dedicado ao tema “Portugal – Inovação e empreendedorismo”. Contribui desta forma para uma visão mais abrangente da realidade de Portugal, nas suas diferentes vertentes cultural, social e econômica, e explorando as oportunidades de aproximação entre o Brasil, Portugal e os restantes países de expressão lusófona”, afirma Paulo Nascimento, cônsul-geral de Portugal em São Paulo.

A programação divide-se em duas fases: em maio, ocorrem os eventos que celebram o Dia da Língua Portuguesa, comemorado em 5 de maio em todos os países lusófonos. No mês seguinte, o calendário é voltado para a comemoração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, 10 de junho.

“Nessa quinta edição, focamos no diálogo que a língua portuguesa nos permite ter com os diversos países de língua portuguesa. Incrível notar como, de um lado, esse fluxo de idas e vindas entre esses países se dá em diversas naturezas, do negócio ao afeto, das artes a educação, e com isso vamos criando um universo de diálogo plural e rico. Do outro lado, a riqueza histórica e cultural que cada país destes tem também faz o outro ampliar ainda sua visão de mundo. Portugal nos ajuda criar essas pontes com os outros países de mesma língua”, explica Bruno Assami, diretor do Experimenta.

Integrando a mostra com as comemorações do Dia da Língua Portuguesa, o Experimenta’19 também traz artistas de países como Guiné-Bissau e Cabo Verde, que têm o português como língua oficial, reforçando o caráter universal do nosso idioma comum.

Programação

O calendário de atrações começa já nesta sexta, com a apresentação do livro Olonko, do escritor guineense Ernesto Dabo, e percorre os meses de maio, junho e julho, passando por diversos espaços culturais da cidade de São Paulo.

À exceção do Jantar Comemorativo dos 600 Anos do Descobrimento da Ilha da Madeira, no dia 25 de maio, em Santos, todos os demais eventos são gratuitos e abertos ao público (sujeito a lotação máxima dos locais).

Confira:

Maio

03/05 – Apresentação do Livro “Olonko”, de Ernesto Dabo (Casa das Rosas)

04/05 – Lançamento do livro “Ecos do Brasil”, de Eça de Queiroz, seguido de Sessão Cine Lusco-Fusco com a exibição de “Os Maias” (2014), de João Botelho (Consulado Geral de Portugal em São Paulo)

05/05 – Show do Dia da Língua Portuguesa, com Felipe Antunes e participação de Jessica Areias e Ernesto Dabo (Avenida Paulista, palco externo SESI)

06/05 a 06/06 – Exposição “O Cordel em Portugal e no Brasil” (Casa das Rosas)

07/06 –  Palestra de Carlos Moura e a Câmara Brasileira do Livro – CBL (Unibes Cultural)

25/05 –  Jantar Comemorativo dos 600 Anos do Descobrimento da Ilha da Madeira (Associação Atlética Banco do Brasil de Santos)

Junho

07/06 a 09/06 – Vinhos de Portugal (JK Iguatemi)

10/06  – Concerto triplo com Mário Laginha, Tcheka e Hamilton de Holanda (Unibes Cultural)

11/06 – Ciclo de palestras e workshops “Portugal – Inovação e empreendedorismo” (Unibes Cultural)

13/06 – Peça “A esperança na caixa de chiclete ping pong”, de Clarice Niskier (Unibes Cultural)

15/06 – Mostra Fotográfica Projeto Água Viva (Consulado Geral de Portugal em São Paulo)

16/06 – Corrida Portugal (Parque do Trote)

29/06 – Sessão Cine Lusco-Fusco em homenagem ao dia de Portugal (Consulado Geral de Portugal em São Paulo)

Data a definir – Mostra de Cinema Contemporâneo Português (Cinemateca Brasileira)

Data a definir – Sessão Solene em comemoração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas (ALESP)

Julho

Datas a definir – Exposição “Poesia Experimental Portuguesa” (Estação Luz da Linha 4-Amarela do Metrô)

Curso de Danças Brasileiras tem inscrições abertas

O Brasil é um país que tem uma imensa riqueza de ritmos e de danças vindas de tradições indígenas, africanas e europeias. Danças populares como carimbó, batuque de umbigada, pau de fita, dança do bambu, entre outras, contêm criatividade e principalmente a diversão que contagia todas as idades.

É por isso que a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri oferece o curso de Danças Brasileiras para interessados em experimentar os variados ritmos, além de manter o corpo e a mente em equilíbrio. Os cursos são para crianças a partir dos 4 anos de idade até jovens de 15 anos, em algumas das bibliotecas municipais e no Centro Comunitário Jaraguá-Mirim. Seguem abaixo locais, dias e horários dos cursos.

Danças Brasileiras

Biblioteca Benedito Franco – Av. Itu, 300. Jd. Paulista. Tel.: 4194-6015

Segunda-feira

Das 8h30 às 9h30

4 a 6 anos

Das 9h30 às 11h

7 a 9 anos

Das 13h30 às 15h

10 a 12 anos

Das 15h às 16h30

13 a 15 anos

Biblioteca Salomão Cruz – Av. Cachoeira, 74. Vl.Pindorama. Tel.: 4161-6948.

Terça-feira

8h30 às 9h30

4 a 6 anos

Das 9h30 às 11h

7 a 9 anos

Biblioteca João Galdino – Av. Luiza Barbosa Silveira Bueno, 46. Jardim Silveira. Tel.: 4194-6018.

Das 8h30 às 9h30

4 a 6 anos

Das 9h30 às 11h

7 a 9 anos

Das 13h30 às 15h

10 a 12 anos

Das 15h às 16h30

13 a 15 anos

Centro Comunitário Jaraguá Mirim. R. Otacilio Alves Martins, 514 – Parque Imperial. Tel.: 4208-7907.

Das 8h30 às 10h

7 a 12 anos

Das 10h às 11h30

4 a 6 anos

Apresentação da nova turma de flautas integrou o projeto Cultura em Movimento

Contando com a participação de todos os alunos da escola, o projeto “Cultura em Movimento” segue com muitas novidades para os estudantes da Emeif Professor João Tibúrcio, no bairro Chácaras Marco.

Em vigor desde o ano de 2017, o programa tem despertado ainda mais o interesse dos alunos pela escola. O objetivo é levar incentivo ao esporte, atividades com música, cidadania e conhecimento geral.

Nesta semana, mais uma atividade marcou o sucesso do projeto. Aconteceu a primeira apresentação da turma de flautas. O bonito show contou com canções do erudito ao popular.

Pais, alunos da escola e gestores foram convidados para participar da exibição do grupo de jovens músicos que demonstraram muito talento cantando e tocando clássicos nacionais e internacionais.

Um dos grandes incentivadores da iniciativa é o diretor Reinaldo Ribeiro, que é músico e apaixonado pela arte. “É gratificante ver o envolvimento dos alunos e principalmente a aprovação dos pais a mais este projeto”, diz.

Para o professor Fernando Amaro, a música humaniza e ensina muito. “Estamos todos muito orgulhosos em ver o grande interesse de todos nossos estudantes para com as atividades”, afirma.

O professor Marcos Eugenio, um dos idealizadores do projeto, reafirmou a importância em levar os estudantes além dos muros da escola. “Por intermédio de incentivo à música, ao esporte e a à cultura, nossos estudantes demonstram muito mais interesse pela escola e pelo aprendizado”, afirma.

Regiane Ferreira, mãe do aluno Jeffer Ferreira, estava cheia de orgulho. “Meu filho está animado em aprender música e participar desse projeto. Ele está gostando cada vez mais desta escola”.

A supervisora de ensino Andrea Calsonari também elogiou a iniciativa. “Sabemos da importância da música na vida dessas crianças. Ela desperta nossas emoções, a criatividade, ampliando conhecimento e novos saberes. Parabéns para todos envolvidos nesse excelente projeto”.

Espetáculo Paixão de Cristo acontece neste final de semana no Dom José

Na semana santa o consagrado espetáculo da Paixão de Cristo mais uma vez terá lugar no Parque Municipal Dom José, em Barueri, com o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo.

Neste ano, a encenação que representa alguns episódios da vida de Jesus Cristo, conforme relato da Bíblia, tem como tema “Profeta, Sacerdote e Rei”. O espetáculo será apresentado nos próximos dias 19, 20 e 21 de abril (sexta, sábado e domingo), às 20h, 16h e 19h respectivamente.

De acordo com os organizadores, a Paixão de Cristo mostrará três estágios da vida de Jesus: Cristo é denominado profeta ao anunciar a boa nova ao povo; sacerdote ao se oferecer em sacrifício pelo pecado do mundo; e rei ao ressuscitar no terceiro dia e sentar-se à direita de Deus.

O Parque Municipal será especialmente preparado para receber a encenação, com cenários e infraestrutura para a plateia. Como nas outras edições, haverá interação com o público, cenas musicais e banda ao vivo.

A entrada para o espetáculo Paixão de Cristo é gratuita. Mas os organizadores pedem para que as pessoas levem um quilo de alimento não perecível, que será doado às famílias carentes após a Páscoa.

Serviço:

PAIXÃO DE CRISTO – “PROFETA, SACERDOTE E REI”

Sexta-feira: 19 de abril, às 20h00

Sábado: 20 de abril, às 16h00

Domingo: 21 de abril, às 19h00

Local: Parque Municipal Dom José – Rua Ângela Mirella, 500 – Jardim Maria Tereza, Barueri – SP

ENTRADA FRANCA

Amanhã (17/04) tem sessão de cinema gratuito na biblioteca Batista Cepelos

Nesta quarta-feira (17/04), às 18h, a Biblioteca Batista Cepelos vai exibir uma sessão de cinema gratuito com o filme nacional Trago Comigo. A sessão faz parte do programa Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som) viabilizado por meio de uma parceria com a Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer.

“Trago Comigo” conta a história de Telmo, um ex-membro da luta armada contra a ditadura civil-militar no Brasil, preso e posteriormente exilado político. Telmo é um diretor de teatro em São Paulo e foi convidado para dar uma entrevista, neste momento, ele descobre que fatos de sua vida do período em que viveu clandestino e de sua prisão simplesmente apagaram de sua memória. Neste momento, ele decide montar uma peça com um jovem elenco e relembra fatos dolorosos que havia preferido esquecer.

A Biblioteca Batista Cepelos é um Ponto MIS reconhecido pelos governos Federal e Estadual. No local, diversas atividades culturais são disponibilizadas gratuitamente para a população como oficinas, palestras, cinema, sarau, entre outras atividades.

Serviço:

Cinema do Ponto MIS

Filme Trago Comigo – indicação 12 anos

Biblioteca Batista Cepelos

Avenida Professor Manoel José Pedroso, 1147, Parque Bahia

Biblioteca em geladeira incentiva a leitura em escola

Os estudantes da EMEF General Antônio de Sampaio, no Km 18, tem uma geladeira cheia de livros no pátio da unidade educacional. Com uma pintura colorida na parte externa, as prateleiras internas estão recheadas de contos, clássicos infantojuvenis, além de obras de autores como Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, José de Alencar, Oswald de Andrade, Clarice Lispector, Cecília Meireles, Guimarães Rosa, Graciliano Ramos, entre tantos outros escritores da literatura brasileira, e gibis variados.

A iniciativa é dos alunos do Colégio Albert Sabin, que mergulharam nos 17 objetivos de ‘Desenvolvimento Sustentável da Agenda’ 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas) e foram desafiados em criar um projeto relevante. “Criamos como projeto a biblioteca dentro da geladeira”, explicou o educando Bernardo Napolitano, 12 anos, que convenceu os amigos Leonardo Jun, Pedro Baccalá e Rafael Romano a ajuda-lo.

No final, os alunos ganharam um prêmio e a “Biblioteca Social Colaborativa”, instalada em uma das 10 geladeiras que iriam para o lixo e que eles ganharam de uma fábrica de sorvete, hoje funciona no pátio da EMEF General Antônio de Sampaio, que pertence à Prefeitura de Osasco, e na escola EMEF Conde Luiz Eduardo Matarazzo, da rede estadual de ensino.

“Resolvemos implantar esse projeto na escola pública, porque sabemos que a população em geral não tem acesso à leitura. Proporcionar essa ação no espaço escolar é sem dúvida colaborar para um mundo melhor, onde muitas crianças e adolescentes se tornarão cada vez mais apaixonados pela leitura. Aliás, serão mais participativos e contribuirão também para melhoria do nosso país”, explicou Bernardo.

Qualquer aluno ou funcionário da unidade educacional pode retirar um exemplar da geladeira, levar para casa e depois devolver. Caso tenha gostado muito da obra, poderá emprestar o livro e deixar outro no lugar.

Um ponto que preocupa os educandos é a manutenção do acervo. “Estamos exercitando a consciência de colaborar”, emenda Leonardo. Eles imaginam que até os 17 anos deem conta de completar as 10 bibliotecas, mas já sonham com um “projeto infinito”. “Já pensou, outros países?”, diz Rafael. “Mas como levaríamos a geladeira?”, questiona Pedro. “Ainda somos crianças e não temos muita experiência, mas quando formos adultos saberemos o que fazer”, conclui Rafael.

Outros estudantes têm se interessado na ampliação do projeto. “Quase todos os livros vêm de doações, por esse motivo nossos educandos e professores estão se mobilizando. Além disso, uma equipe do Observatório da Secretaria de Educação está elaborando um projeto, cujo objetivo será implementar as ações em outras escolas da Prefeitura de Osasco”, completou a diretora Sara Ianella.

Os alunos Bernardo, Pedro, Leonardo e Rafael conciliam os estudos com seu empreendimento social, que pretende garantir que pessoas que não podem comprar livros tenham acesso a eles, tendo em vista que o desejo de ambos é que a literatura circule por todo o mundo.

Após a instalação da “Biblioteca Social” nas escolas públicas teve início a campanha que visa arrecadar livros em bom estado de conservação. Seja um colaborador do projeto e doe um livro. Local de arrecadação: EMEF General Antônio de Sampaio (Avenida dos Autonomistas, 6565 – Km 18, Osasco).

Para saber como foi a visita dos estudantes na escola basta acessar o link abaixo, do Canal do Youtube da Prefeitura de Osasco:

Roda de Leitores no dia 23 analisa Grande Sertão: Veredas

Guimarães Rosa é um dos principais escritores da Literatura Brasileira e sua obra-prima “Grande Sertão: Veredas” será o tema da Roda de Leitores no próximo dia 23 de abril (terça-feira), Dia Mundial do Livro, às 19h, na Biblioteca Luiz Fernandes.

O Roda de Leitores é um evento literário organizado pela Secretaria de Cultura e Turismo que abre oportunidades para as pessoas conhecerem e trocarem informações sobre as grandes obras da literatura nacional e mundial.

O evento acontece uma vez por mês em uma das bibliotecas municipais, sempre com a apresentação, seguida de debate, de um livro diferente. Nesta edição, a obra de Guimarães Rosa será comentada por Lucilene Sobral, formada em Pedagogia, Gestão de Pessoas, Direito e Sociologia. A entrada é gratuita.

“Grande Sertão: Veredas” é considerado um dos livros mais significativos da literatura brasileira pela linguagem e originalidade do estilo presentes no relato do protagonista Riobaldo, ex-jagunço, e pelo seu amor reprimido por Diadorim.

Serviço:

Roda de Leitores – Grandes Sertão: Veredas

Dia 23 de abril, às 19h

Local: Biblioteca Luiz Fernandes (rua Paraná, 240, Nova Aldeinha). Tel. 4191-1061.

Drama da Paixão de Santana de Parnaíba Terá Cenas Inéditas neste Ano

O tradicional Drama da Paixão de Santana de Parnaíba (cidade que fica a 35 KM da capital paulista) chega a sua vigésima quarta apresentação com muitas novidades e tecnologia para recriar a vida, morte e ressureição de Jesus Cristo. Serão 03 apresentações gratuitas nos dias 18, 19 e 20 de Abril- final de semana da Páscoa, na Barragem Edgar de Souza- KM 40 da Estrada dos Romeiros/ portão 2- acesso pela Rodovia Castelo Branco, entrada no quilômetro 24b- Barueri em direção a Santana de Parnaíba.

 Ao entrar na Barragem, às margens do Tietê, o público se depara com a grandeza do lugar de 15 mil metros quadrados, cercado por um morro que é transformado em um perfeito cenário a céu aberto, totalmente ambientado à época de Cristo, com templo romano, palácio de Herodes e casa de Maria e espaço para a grande batalha de Gideão. Mas é lá no alto do morro que acontece a cena mais emocionante do Drama, a ascensão de Jesus a uma altura de 5 metros. Quem vê da plateia tem certeza que Ele está indo para o céu. Para completar o momento: queima de fogos. 

            O diferencial do Drama da Paixão de Santana de Parnaíba é que na primeira parte do espetáculo sempre é mostrado uma história bíblica diferente. No caso desse ano, será sobre A Epopeia de Gideão, um tímido juiz, mas temente a Deus, que foi escolhido para salvar o povo, não pela força do braço do homem, mas pelo poder de Deus. Com Gideão, apenas 300 valentes. No livro de Juízes, velho testamento, a história é narrada onde no princípio eram 32 mil israelitas contra 135 mil inimigos, mas Deus escolheu apenas 300 para vencer a guerra. As cenas prometem ser de arrepiar, fala o ator que interpreta Gideão, Isaque Patrício. 

Para o diretor Edimilson Andrade, a escolha do tema desse ano visa fortalecer a fé das pessoas, incentivando-as a serem fortes e corajosas para enfrentarem qualquer situação na certeza de que Deus está no controle. “Para resumir a mensagem é preciso declarar como diz em Filipenses 4.13- Tudo posso Naquele que me Fortalece, assim, vencemos qualquer batalha”, comenta o diretor.

Elenco

O elenco é formado, em sua maioria, por moradores de Santana de Parnaíba que participam das oficinas específicas do Drama, independente de serem atores profissionais. Como por exemplo, é o caso de Sinnayder Barcelos, funcionário público que há 14 anos tem a missão de dar vida ao personagem principal: Jesus Cristo. Para isso, passa por uma verdadeira transformação, colocando inclusive megahair. 

DRAMA DA PAIXÃO

A Epopeia de Gideão

CAFÉ DA MANHÃ COM ELENCO

Sábado, 13 de Abril, as 9h

Teatro Coronel Raymundo- Centro Histórico

ENSAIO GERAL ABERTO A IMPRENSA

Quarta-Feira, 17 de Abril, às 20h30

APRESENTAÇÕES

Quinta-Feira18 de Abril – Sexta-Feira, 19 de Abril – Sábado, 20 de Abril

Horário: As 20h30                Duração: 2h30

SERVIÇO

Praça de alimentação          

Estacionamento gratuito no Bolsão do Centro Histórico

Local Barragem Edgard de Souza- KM 40 da Estrada dos Romeiros- Santana de Parnaíba/ acesso Portão 2 (Acesso pelo quilometro 26B da Rodovia Castelo Branco)

Entrada Gratuita: (Haverá ponto de arrecadação para quem doar 1 kg de alimento não perecível em prol do Fundo Social de Solidariedade)

Espetáculo A Paixão de Cristo inicia apresentações na próxima semana em Jandira

O espetáculo A Paixão de Cristo iniciou a distribuição dos ingressos gratuitos na sexta-feira (05) e cada pessoa poderá retirar até cinco ingressos na Secretaria de Cultura, das 8h às 17h. A peça teatral já é tradição na cidade de Jandira, a exibição ocorrerá nos dias 19 e 20 de abril, às 20h no Teatro municipal Luiz Gonzaga.

Neste ano, o número contará com um novo panorama de atuação e pela primeira vez desde 1980, a apresentação terá os enredos musicais representados em Libras – a Língua Brasileira de Sinais. Foi uma escolha do departamento de ventos, que durante os ensaios observou a necessidade da inclusão das Libras na linguagem da peça, para que todos os públicos pudessem prestigiar a encenação.

Encenar a história do nascimento de Jesus é um costume em muitos municípios. Na década de 80 Jandira começou suas primeiras apresentações, que já foram retratadas com várias interpretações. A peça ficou sem ser produzida durante 4 anos, desde 2014 e agora em 2019 após um ano do seu retorno, irá expandir as suas maneiras de se comunicar com a platéia, tornando a tradição uma linguagem inclusiva.

“Existe um papel a ser cumprido na sociedade que pode ser levado por meio da cultura e essa mensagem, deve ser entendida por todas às pessoas. A representação é o primeiro passo para o entendimento dessa mensagem por todos públicos, tornando o mundo um lugar apto para todos. Faremos com que parte do espetáculo, A Paixão de Cristo, seja uma tradução dessa representatividade através da Libras”, afirmou o secretário de Cultura Manoel Luiz da Silva Filho.

Osasco terá Dia Mundial da Dança

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria da Cultura, realizará o maior evento de dança da cidade: o “Dia Mundial da Dança”. As inscrições estão abertas e seguem até domingo, 14/4, devendo ser feitas somente pelo e-mail:

diamundialdadanca.osasco@gmail.com

Podem participar artistas amadores e profissionais, companhias de danças ou de escolas.

O evento acontecerá no dia 5 de maio no Centro de Eventos Pedro Bortolossso, das 10h às 22h, reunindo diversas atrações como workshops, apresentações de danças, baile, “aulões” abertos, praça de alimentação, feira de artesanato, recreação infantil e muito mais. A entrada é gratuita.

Serviço

Inscrições

Dia Mundial da Dança

Até 14/4 pelo e-mail: diamundialdadanca.osasco@gmail.com

Mais informações na Secretaria da Cultura: 2183-6199

Evento

Dia 5/5, das 10h às 22h

Local: Centro de Eventos Pedro Bortolosso (Avenida Visconde de Nova Granada, 513, Km 18)

Gratuito