Cultura

Semana da Juventude inclui palestra, batalha de rima, skate e show com o rapper Projota

A Secretaria de Cultura e Turismo, por meio da Coordenadoria da Juventude, programou uma série de atividades para a Semana da Juventude em Barueri. Entre os dias 13 e 19 de agosto haverá mostras de talentos em oficinas com artistas. Os destaques ficam para os dias 18 (sábado, às 14h), com a palestra do projeto “Inspire Alguém Hoje”, e 19 (domingo, às 15h), no encerramento com um show do rapper e compositor Projota, ambos no Parque Municipal.

As atividades da Semana da Juventude terão lugar nas bibliotecas municipais, no estacionamento do Ginásio José Corrêa, no Centro Comunitário Jaraguá-Mirim (no Parque Imperial) e no Parque Municipal. Durante a programação acontecerá ainda uma mostra cultural, no dia 14 (terça-feira), das 8 às 22h, no estacionamento do Ginásio José Corrêa.

O estacionamento será palco de integração entre os jovens através de atividades artísticas e esportivas como hip hop, skate, música, batalha de rima, street ball e mega roda de capoeira. Já a palestra “Inspire Alguém Hoje” tem o objetivo de orientar e chamar a atenção dos jovens para os valores da vida que são o caminho para o pleno desenvolvimento psicológico, físico e moral, longe das drogas e de más influências da sociedade.

 

Secretaria da Cultura de Osasco premia vencedores do XVII Festival Curtas de Teatro 2018

 

De 24/6 a 28/7 a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria da Cultura, realizou o XVII Festival Curtas de Teatro (FECT) 2018, evento cultural que possibilita a inúmeros grupos locais mostrarem seu trabalho, sendo um ponto de encontro de companhias, possibilitando a elas uma semana de troca de conhecimento e experiências.

O FECT objetiva estimular a atuação de grandes e pequenos grupos de teatro amador de Osasco e região e é uma oportunidade para as companhias terem seu primeiro acesso ao palco e às apresentações abertas ao público em salas de espetáculos, uma vez que as participações se dão de forma transparente e totalmente democrática.

Os grupos classificados se apresentaram no Teatro Municipal Glória Giglio e foram avaliados por um corpo de jurado formado por atores e diretores de teatro, sendo eles Ricardo Dias, ator, diretor, produtor cultural e um dos fundadores do Núcleo Expressão (movimento cultural surgido em Osasco no final dos anos 60); Giancarlo Mastronardi, ator e professor de teatro; e Ricardo Corrêa, ator, diretor e produtor teatral.

A programação demonstrou diversificação das peças inscritas, com atores e atrizes mostrando muito talento e grande desenvoltura, além de qualidade. O Festival premiou as peças em suas diversas categorias: melhor cenário, melhor figurino, melhor direção, melhor atriz e ator, melhor atriz e ator coadjuvante, dentre outras.

O encerramento e a premiação dos vencedores ocorreu no sábado, 28/7, no Teatro Nivaldo Santana, da Escola de Artes César Antonio Salvi, no centro de Osasco, e contou com a presença de grande público e autoridades, dentre elas o secretário de Cultura Sebastião Bognar e o prefeito Rogério Lins, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins. O mestre de cerimônia foi o professor Genivaldo di José, da Escola de Artes “Cesar Antonio Salvi”, que é um dos idealizadores do FECT, junto de Dario Bendas.

Premiação dos vencedores

Os vencedores do FECT 2018, por categorias, foram:

 Melhor Cenário: Wesley Vieira (Espetáculo: Fuzuê)

 Melhor Figurino: Márcio Guimarães (Espetáculo: Stefany)

 Melhor Maquiagem: Grupo de Teatro Fântaso (Espetáculo: Stefany)

 Melhor Sonoplastia: Shai (Espetáculo: Marias de Mim)

– Melhor Iluminação: Mirús Junior (Espetáculo: Doce Silêncio)

– Melhor Operador de Som/Luz: Mirús Junior (Espetáculo: Doce Silêncio)

 Melhor Texto: João Carlos de Almeida (Espetáculo: Doce Silêncio)

– Melhor Ator Coadjuvante:  João Carlos de Almeida (Espetáculo: Doce Silêncio)

– Melhor Atriz Coadjuvante: Tina Chaves (Espetáculo: Filho Meu)

 Melhor Ator: Márcio Guimarães (Espetáculo: Stefany)

– Melhor Atriz: Laura Amaral (Espetáculo: Descompassos)

 Melhor Direção: Márcio Guimarães e Tiago Marcon (Espetáculo: Stefany)

– 1º Melhor Espetáculo: Stefany (Grupo Fântaso)

 2º Melhor Espetáculo: Doce Silêncio (Cia Remédio Amargo)

 3º Melhor Espetáculo: Descompassos (Grupo Laura Amaral)

 Prêmio Especial do Júri/Prêmio de incentivo a pesquisa cênica:

  Mulheres ao Vento (Espetáculo: 6° Elemento)

 

Cinema itinerante gratuito chega a Osasco no próximo domingo (12)

Apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto CCR, com o patrocínio da CCR ViaOeste, Cine em Cena oferece sessões gratuitas de cinema, inclusive em 3D.

Foto: Ibirijá Produções

O cinema itinerante gratuito do projeto Cine em Cena Brasil chega a Osasco a partir do próximo domingo (12). O projeto é realizado pelo Instituto CCR e patrocínio da CCR ViaOeste, concessionária que integra o Programa de Concessões de Rodovias de São Paulo.

A sala itinerante ficará instalada até o dia 14 de agosto no Campo de Futebol/Flamenguinho, localizado na Rua dos Emancipadores, esquina com a Avenida Edmundo Amaral, altura do nº 512, Bairro Jardim Piratininga.

De acordo com Sergio Ribeiro, gestor de Relações Institucionais, a cidade receberá quatro sessões por dia. A sala itinerante acomoda 225 pessoas, com cadeiras com encosto e assentos com almofada. “Para oferecer conforto à comunidade, a sala também dispõe de ar condicionado e uma tela com 26 m², além de sistema de som e projeção digital 2D e 3D”, destaca. Além disso, algumas sessões especiais também contarão com dispositivos de acessibilidade, como legendagem descritiva para pessoas com deficiência auditiva.

Todas as sessões são totalmente gratuitas, com uma seleção de filmes para todos os públicos. Na lista dos títulos nacionais estão: A Menina Índigo; De Onde Te Vejo, e os internacionais: Carros 3; Meu Malvado Favorito 3; Piratas do Caribe, A Vingança de Salazar; Sing. Quem Canta Seus Males Espanta.

A iniciativa é apresentada pelo Instituto CCR e tem patrocínio da CCR ViaOeste, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet e recebe o apoio da Prefeitura de Osasco.

 

Serviço

“Cine em Cena Brasil” em Osasco

Quando: domingo (12), segunda-feira (13), terça-feira (14)

Onde: Campo de Futebol/Flamenguinho, localizado na Rua dos Emancipadores, esquina com a Avenida Edmundo Amaral, altura do nº 512, Bairro Jardim Piratininga.

Programação:

 

12 DE AGOSTO DE 2018 (DOMINGO)

13h30 – Meu Malvado Favorito 3 – Livre (LD)

15h30 – Carros 3 (3D) – Livre

17h30 – De Onde Te Vejo – 12 anos (LD)

19h30 – Piratas do Caribe, A Vingança de Salazar – 12 anos (LD)

13 DE AGOSTO DE 2018 (SEGUNDA-FEIRA)

7h30 – Sing: Quem Canta Seus Males Espanta – Livre (LD AD LB)

9h30 – Carros 3 (3D) – Livre

14h – A Menina Índigo – 10 anos (LD)

16h – Piratas do Caribe, A Vingança de Salazar – 12 Anos(LD)

14 DE AGOSTO DE 2018 (TERÇA-FEIRA)

7h30 – Carros 3 (3D) – Livre

9h30 – Meu Malvado Favorito 3 – Livre (LD)

14h – Sing: Quem Canta Seus Males Espanta – Livre (LD AD LB)

16h – De Onde Te Vejo – 12 anos (LD)

LD – LEGENDA DESCRITIVA

AD – AUDIODESCRIÇÃO

LB – LIBRAS

 

Sesc Consolação recebe espetáculo “Casa de Bonecas – Parte 2”

Publicado em 1879, o clássico “Casa de Bonecas”, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906) causou polêmica ao questionar as convenções sociais e o casamento como uma instituição. A peça até hoje é considerada feminista.

O texto ganha uma continuação na comédia dramática “Casa de Bonecas – Parte 2”, com dramaturgia do jovem autor norte-americano Lucas Hnath e direção de Regina Galdino, com tradução de Marcos Daud e com os atores Marília Gabriela, Luciano Chirolli, Eliana Guttman e Clarissa Kiste.

Estreia no dia 11 de agosto no Sesc Consolação, no Teatro Anchieta, onde ficará em cartaz até 9 de setembro.

Na “Casa de Bonecas”, de Ibsen, Nora Helmerfalsifica uma assinatura do pai e faz, em segredo, um empréstimo para salvar Torvald, seu marido, mas quando ele descobre a fraude, por causa da chantagem de um agiota, repudia a esposa, humilhando-a e negando que ela continue educando os filhos. O agiota devolve a promissória, salvando os Helmer, mas Nora, desiludida com a covardia e hipocrisia de Torvald, ao ver a posição inferior da mulher na sociedade, revolta-se e abandona o marido e três filhos pequenos.

No texto de Lucas Hnath a emblemática personagem Nora, agora uma escritora de sucesso, retorna 15 anos depois ao lar porque precisa oficializar o divórcio com Torvald. Popular por defender causas feministas, ela está sendo chantageada para negar suas ideias, pois uma mulher casada não poderia ter uma vida independente.

De volta ao núcleo familiar, Nora enfrentará a recriminação da criada, da filha mais nova e do marido por tê-los abandonado e por ter tido a ousadia de escolher o que fazer de sua vida. Diante da cobrança sobre suas responsabilidades de esposa, ela argumenta que o casamento funciona como uma prisão para as mulheres e que o amor deveria ser livre. Mais uma vez ela terá que decidir entre ficar à mercê de mentiras, regras sociais equivocadas e da visão retrógada de seus entes queridos ou assumir sua identidade e lutar por um mundo diferente.

A diretora Regina Galdino diz que o espetáculo chama a atenção pela qualidade dos diálogos. “O jovem autor, Lucas Hnath, desenha os diálogos como se fossem poemas modernos, gráficos, indicando ritmos, sonoridades, pausas, repetições e intenções que dispensam as tradicionais rubricas. O texto ganha uma musicalidade muito particular, e, num misto de comédia e drama, as relações das personagens surgem límpidas e cortantes, sem maniqueísmos. Futuro e passado, utopia e tradição, luminosidade e trevas, opção e necessidade, maturidade e juventude, coragem e medo, casamento e amor livre, são algumas das contradições que o público irá acompanhar nessa trajetória da personagem Nora em busca de sua identidade, negando a sociedade forjada em mentiras”, diz.

“Seguimos a pista do autor, que propõe uma sala vazia como ambiente único, e radicalizamos com um cenário não realista, símbolo do que se tornou a vida de Torvald depois que Nora o abandonou, deixando-o com três crianças para criar, em pleno século XIX. A encenação, simples, aposta na força do texto. Esperamos que os espectadores vejam a transformação das personagens acontecer diante de seus olhos, sem truques, em um teatro essencial alicerçado na interpretação dos atores”, finaliza Regina Galdino.

 SERVIÇO

CASA DE BONECAS – PARTE 2

De 11/8 a 9/9

Horários:  de quinta a sábado, às 21h; domingos e feriado (7/9), às 18h. Sessões extras dias 24 e 31 de agosto, às 15h.

Local: Sesc Consolação – Teatro Anchieta (280 lugares)

Ingressos: R$ 40,00 (inteira); R$ 20,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 12,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Duração: 100 minutos.

Classificação etária: 14 anos

SESC CONSOLAÇÃO

Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo

Fone: (11) 3234-3000

Transporte Público: Estação Mackenzie do Metrô – Linha 4 – Amarela

 

 

Comédia faz reflexão sobre a mulher com inspiração no surrealismo

Com influência surrealista e reflexão sobre a condição feminina, Intensa Paisagem Vermelha Como Tomate estreia no dia 4 de agosto, às 19h, no Teatro Viradalata. A temporada acontece aos sábados, às 19h, até 24 de novembro. O texto é de Luciano Ferrari, que assina a direção e desenhou figurino e cenário. Responsável pela direção das peças Monólogo da Falsa Magra, Cavalo com H e Absurdos Sérios, o autor traz na montagem a história de Aldreda e Jocosa, duas camponesas envolvidas numa misteriosa intriga.

A trama fala da condição humana, precisamente da feminina, e os conflitos que as mulheres enfrentam na sua conquista por igualdade. Em cena, as nossas heroínas encontram vários personagens masculinos que na peça representam símbolos de opressão contra as mulheres. De forma divertida, mas contundente, as dificuldades enfrentadas pela mulher na sociedade são inseridas como elementos de reflexão.

A encenação foi construída seguindo a dialética da comédia Dell’arte mesclada a uma linguagem mais contemporânea com toques surrealistas. A montagem traz momentos de dança, e canto para remeter o espectador ao clima de fantasia, emoção e mistério.

Ficha Técnica:

Texto e Direção: Luciano Ferrari. Elenco: Alex Slama (Dr. Lobo Raposão, Emissário e Carrasco); Celso Melez (Mamado, Emissário, Juiz); Isabela Prado (Jocosa). eNatália Albuk (Aldreda).Locuções: Eucir de Souza. Cenografia: Luciano Ferrari. Projeto Cenográfico: Marina Zamith/Estúdio Klee. Figurinos: Luciano Ferrari. Design de Luz: Celso Melez. Coreografia: Lord Lu e elenco. Visagismo: Natália Albuk. Preparação Vocal: Gabriela Rossi. Trilha Sonora (seleção): Luciano Ferrari. Trilha Sonora (mixagem): Yuri Fidalgo. Cenotécnico: Tom Silva. Adereços e Objetos de Cena: Tetê Ribeiro e Silas Caria (Maracujá Laboratórios de Arte). Operação de Luz: João Delle Piagge. Operação de Som: Marcelino Ziggy; Design Gráfico: Rafael Castilho e Cláudia Mendes. Montagem do painel cenográfico: Guilherme Sousa (a partir de “Pormenor de um Prado Silvestre, 1503. Aquarela de Abrecht Dürer). Costura: Maria de Lourdes Cotrim; Janete Viana; Camila Sanches; Josy Barbosa; Teresa Souza Alves; Cecília de Campos. Alfaiataria: Betto Rigor. Assessoria de Imprensa: Oribá Soluções Criativas. Fotografias de Estúdio, de Cena e Registros de estreia: Rafael Castilho. Fotografias de Cena (temporada): Evandro Moraes. Making Off e Still Fotográfico: Celso Melez. Gravação de Locuções: Rogério de Lima (Fora do Eixo Produções). Direção de Produção: Elen Zamith. Realização: Lord Lu Entretenimento.

Serviço:

Teatro Viradalata | Rua Apinajés, 1387
Temporada: Sábados, às 19h, 04 de agosto à 24 de novembro. Preço: R$ 50,00 (inteira)

 

Espaço Cultural Circo do Asfalto anuncia extensa programação para o mês de Agosto

Em agosto, a Circo do Asfalto promete agitar o Jardim Bom Pastor com uma grande programação que inclui um cortejo pela comunidade, apresentações de palhaçaria, teatro de bonecos, oficinas e muito mais!

 

Circo do Asfalto divulga agenda de agosto com cortejos, apresentações e oficinas no Jardim Bom Pastor

No mês de Agosto, o Espaço Cultural Circo do Asfalto promove uma extensa programação no Jardim Bom Pastor, em Santo André, para todos os tipos de público, com artistas de diferentes lugares. Serão cortejos pela comunidade, apresentações e oficinas com importantes nomes do circo e da cultura popular.

A programação começa no dia 01 de agosto, às 19h30 com apresentação da Poin – Pequena Orquestra Interativa, que realizará um cortejo com brincadeiras musicais na comunidade no entorno do Espaço Cultural Circo do Asfalto. A POIN é um septeto formado por músicos que tocam violão, acordeon, flauta, violino, sousafone e percussão e que tem como principal característica a interatividade com o público. Com ritmo contagiante, o som da POIN é uma mistura de musica dos balcãs, klesmer, valsas malucas e musica cigana. Com o regente da orquestra demonstrando ao público o que ele deve fazer, as ações exploram ritmo, afinação, coordenação motora e memória. A cada número, uma nova surpresa para a plateia.

No dia 07 de agosto, às 20h00, é a vez do grupo Mamulengo Fuzuê apresentar um espetáculo de Teatro Popular de Bonecos chamado Benedito, Abençoado e Bendizido. Mamulengo Fuzuê é brincadeira aprendida com as tradições, é palhaço na rua, é boneco na tolda, é poesia e teatro popular que celebra a arte para despertar a transformação. O grupo tem 10 anos  de história e já recebeu importantes prêmios como o de Melhor Espetáculo de Rua, no Festival de Cultura Popular de Ilhéus.

No dia 08 de agosto, às 20h00, quem se apresenta é o grupo de artistas populares de rua Rosa dos Ventos, de Presidente Prudente. Seus integrantes são pesquisadores da história da cultura popular, da comicidade e da diversidade cultural brasileira. O grupo busca a fusão do teatro, da música, das técnicas circenses, do palhaço, dos tipos cômicos em uma arte popular vibrante, subversiva, questionadora e ousada.

No dias 15 e 16 de agosto, de 14 às 17h, o diretor e ator natural da Espanha Pepe Nunez realiza Oficina de Iniciação a Arte do Palhaço, já com vagas esgotadas. Reconhecido internacionalmente, Pepe Nuñez já dirigiu vários espetáculos de sucesso de grupos como Companhia Pé de Vento Teatro, de Florianópolis, (onde mora desde 2000) e Teatro do Anônimo (RJ). Em 1998, montou o seu próprio espetáculo “Bom Apetite”, que ele apresenta no Espaço Cultural Circo do Asfalto no dia 17 de agosto, às 20h00.

Às terças e quintas-feiras, das 16h às 19h, o grupo The Pambazos Bros ministrará uma Oficina de Montagem de Número, com vagas esgotadas. A oficina e baseada na experiência de 16 anos de trajetória artística deste grupo de artes cênicas que utiliza as linguagens de teatro, circo e música. Formado pelos uruguaios Diego Martínez e Jorge Zagarzazú o grupo já se apresentou em mais de 20 países, criando espetáculos e números na busca de uma metodologia e linguagem própria.

A programação do mês de agosto termina com uma Oficina de Fotografia, no dia 20 de agosto, que será ministrada por Ricardo Avellar, fotógrafo oficial da Cia Circo do Asfalto. O artista circense e fotógrafo já expos trabalhos na UFLA – Lavras-MG, Teatro Cacilda Becker (São Bernardo do Campo), Festival Paulista de Circo em Piracicaba, Casa da de Cultura de São Bernardo do Campo, entre outros.

Com seu novo projeto “Juntos Somos Mais Fortes” contemplado pelo edital PROAC – Territórios das Artes (Espaços Independentes) da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a Circo do Asfalto abre as portas de sua sede para abraçar e ser abraçada pela comunidade.

O Espaço Cultural Circo do Asfalto foi criado em 2015, pela companhia Circo do Asfalto que é formada por Ricardo Avellar, e o casal Fran e Douglas Marinho. Desde então tem aberto suas portas para receber fazedores das artes dos mais diferentes lugares do mundo.

Programação Espaço Cultural Circo do Asfalto – AGOSTO/2018

Dia 01 de agosto – POIN – Pequena Orquestra Interativa – Horário: 19h30 – Duração: 60 minutos

Cortejo pela comunidade no entorno do Espaço Cultural Circo do Asfalto

Poin: Renata Mattar – sanfona e voz, Gustavo Finkler – violão e voz, Micaela Nassif – violino, Mateus Mapa – flauta e flautim, Renato Farias – sousafone, Nina Blauth– percussão, Gustavo Souza – percussão

Concepção direção musical, composições e arranjos – Gustavo Finkler | Figurinos: Renata Mattar

Classificação Livre – Grátis

Dia 07 de agosto – Mamulengo Fuzuê – Horário: 20h00 – Duração 40 a 60 minutos

Espetáculo Benedito, Abençoado e Bendizido

Elenco Thiago Francisco (Bonequeiro/Brincante) e Trio de Músicos Brincantes

Enfrentando os desmandos do Capitão João Redondo, que tudo quer comprar e dominar com seu dinheiro e poder, Rosinha, Benedito e o Boizinho Fuzarca lançam mão de muita esperteza para fugir de perigos representados pela fantástica Cobra Anaconda. Os personagens dessa brincadeira convidam o público a um singelo e alegre passeio pelo imaginário popular brasileiro, guiados por canções populares executadas por músicos brincantes ou bonecos tocadores.

Classificação Livre – Grátis

Às terças e quintas-feiras, das 16h às 19h, o grupo The Pambazos Bros ministrará uma Oficina de Montagem de Número, que já se encontra com vagas esgotadas.

Dia 08 de agosto – Rosa dos Ventos – Horário: 20h00 – Duração: 50 minutos

Espetáculo Super Tosco

A trama do espetáculo é super tosca, porque é real, feita por palhaços que com suas histórias e números de divertimento não vão achar outra forma de heroísmo que não a tosca… A grandiosidade do Super aparece em espantosas acrobacias habilidades, número de equilíbrio, músicas cantadas e tocadas ao vivo com naipe de sopros e uma banda completa de um homem só, o Maestro Nicochina. Uma farra circense para rir, e muito!

Elenco: Luís Valente, Fernando Ávila, Tiago Munhoz e Robson Toma | Adaptação, criação, direção, figurinos e cenografia: Rosa dos Ventos | Trilha e Música original: Robson Toma

Classificação Livre – Grátis

Dias 15 e 16 de agosto – Horário: 14h às 17h – Oficina de Palhaçaria com Pepe Nuñez  – Vagas Esgotadas

Dias 17 de agosto – Pepe Nuñes – Horário: 20h00 – Duração: 60 minutos

Espetáculo Bom Apetite

Bom Apetite é um espaço de brincadeira, um espetáculo aberto, para todas as idades, jogos e cumplicidade marcam o compasso na orquestra que formam público e palhaço, e rindo de si mesmos, trazem a tona o que todos nós temos de mais irreverente, descontraído e ingênuo.

No “cardápio” da peça, tem música, mágica, malabarismo, jogos coletivos e naturalmente, muito humor.

Classificação Livre – Grátis

Dia 20 de Agosto – Oficina Fotografia com Ricardo Avellar – informações: www.facebook.com/circodoasfalto

 

Trupe DuNavô faz última apresentação da temporada no Festival Risadaria

No  próximo sábado, dia 04 de agosto, às 10h30, a Trupe DuNavô realiza a última apresentação de sua temporada no Festival Risadaria – o maior festival de humor do mundo. Grupo apresenta um espetáculo de improviso chamado O Livro do Mundo Inteiro com entrada gratuita, para adultos e crianças! 

 

Trupe DuNavô apresenta O Livro do Mundo Inteiro no Supermercados Mambo da Vila Madalena

Pelo terceiro ano consecutivo, a Trupe DuNavô participa do maior festival de humor do mundo: o Festival Risadaria. Na edição de 2018 do Festival, o grupo convida adultos e crianças para participar de apresentações divertidíssimas durante o período das férias escolares.

Neste sábado, dia 04 de agosto, às 10h30, o grupo se apresenta no Palco Risadaria que estará localizado dentro do Supermercados Mambo da Vila Madalena. Com entrada gratuita, adultos e crianças serão convidados a um encontro com a linguagem do palhaço regado a muitas gargalhadas.

O espetáculo O Livro do Mundo Inteiro traz a divertida história um grupo de palhaços, que chega para se apresentar e descobrem que estão no lugar errado. Os palhaços passam a vasculhar esse cenário desconhecido e a “improvisar” cenas com os diferentes objetos encontrados, para entreter o público ansioso pelo espetáculo. Passeando por ilusionismo, mágica, dança e outras técnicas circenses, eles se revezam apresentando cenas clássicas e autorais, arrancando boas gargalhadas. O público é convidado para um resgate da memória do circo, valorizando a cultura e proporcionando uma vivência circense, que não deve ser esquecida. 

Formada por Renato Ribeiro, Gis Pereira, Vinicius Ramos e Gabi Zanola, a Trupe DuNavô é um dos importantes grupos de teatro infantil de São Paulo, que vem sendo reconhecido por espetáculos de qualidade que agradam a família inteira.

Com seus diferentes projetos a trupe já passou por importantes palcos do teatro e do circo, entre eles: Espaço dos Parlapatões, Festival Nacional de Teatro de Jales, XII Festival Nacional de Teatro de Limeira, Circuito SP de Cultura, Festival Risadaria, Festival em Janeiro Teatro para Criança é o Maior Barato, Circuito Cultural Paulista (APAA-Associação Paulista de Amigos da Arte), Festival Paulista de Circo, Viagem Teatral SESI 2017, Galpão do Folias, Virada Sustentável, além de circular por diversas unidades do SESC de São Paulo e Capital, Fábricas de Cultura e teatros distritais.

Entre os prêmios e reconhecimentos ao longo de sua trajetória, a Trupe DuNavô foi indicada ao Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem – um dos maiores prêmios de Teatro Infantil da América Latina – na categoria Melhor Atriz (Gabi Zanola) e foi vencedora do Prêmio Sustentabilidade com o espetáculoRefugo Urbano, criado em 2015. Em uma votação especial, organizada para escolher os melhores do ano, o espetáculo foi ainda eleito pelos leitores do Guia Folha como Melhor Espetáculo Infantil do Ano de 2015.

Durante o mês de férias, adultos e crianças terão oportunidade de conhecer o trabalho divertido e encantador desta trupe que pesquisa a linguagem do palhaço em suas diferentes vertentes. Após agradar o público do Risadaria na edição de 2016 e 2017, a trupe está de volta agora na edição de 2018 do Festival e promete bons momentos de encontro e muitas gargalhadas!

Se você ainda não conhece o trabalho deste grupo, não perca esta oportunidade! Para saber mais detalhes, acesse:  www.facebook.com/DuNavo ouwww.instagram.com/trupedunavo

 

Última apresentação da temporada Trupe DuNavô no Festival Risadaria

Dia 04 de agosto – 10h30 – Supermercados Mambo – Vila Madalena

Endereço: R. Dep. Lacerda Franco, 553 – Vila Madalena, São Paulo – SP, 05418-001

Todas as apresentações são gratuitas, não é necessário retirar ingresso e a classificação é livre.

 

Para curtir o feriado, ‘Elo da Cultura’ leva programação cultural diversificada à Carapicuíba

Ressignificar a ligação das pessoas com os espaços públicos de seu município é um dos objetivos do projeto ‘Elo da Cultura’, que chega em Carapicuíba no próximo dia 21, para agitar o feriado na cidade. Rico e diversificado, o projeto conta com várias ações gratuitas para todas as idades durante todo o sábado.

“A ideia do projeto é justamente promover a cultura em locais públicos, oportunizando essa conexão entre espaços e pessoas a partir de práticas lúdicas e artísticas. No início do mês estivemos em Jacareí, onde a resposta foi bastante positiva, com a participação de um grande número de pessoas – adultos, jovens e crianças – em todas as ações promovidas”, comenta Lucas Silveira, da Numen Produtora, idealizadora do projeto que vai passar também por Jandira e Jundiaí.

As atrações acontecem na Praça da Aldeia, a partir das 09h. O período da manhã reserva contação de histórias para pais e crianças, oficina de brincadeiras folclóricas e show musical com o renomado grupo CantaVento. A programação se estende ao longo da tarde para todas as idades com oficina de tecido acrobático e muita música: pop brasileiro com DJs e VJ, e instrumental com Coreto Brass Band (formado por nove instrumentos de sopro) e Trio Mão de Onze (composto por baixo, pandeiro e saxofone).

“Pensando em atender a todas as idades, nossa curadoria propõe uma programação rica e diversificada para que a população possa curtir o feriado na cidade. Isso, além de qualificar o evento, mantém nossa expectativa de bom público em Carapicuíba também”, conclui Silveira.

Incentivado pelo Proac-SP, o ‘Elo da Cultura’ recebe apoio do Governo do Estado de São Paulo e patrocínio do Atacadão.

PROGRAMAÇÃO

09h – Contação de História

10h – Oficina de brincadeiras folclóricas

11h30 – Show CantaVento

12h – DJ Xegado e DJ Riva

14h – Oficina de Tecido Acrobático com Balaio da Arte

14h30 – Coreto Brass Band

16h – Trio Mão de Onze

18h – DJ Xegado, DJ Riva e VJ Suíço

SERVIÇO

Elo da Cultura em Carapicuíba – Programação gratuita para toda a família

Quando: Sábado, 21 de abril, das 09h às 18h

O que: Oficinas, intervenções artísticas, shows e apresentações musicais

Onde: Praça da Aldeia, 19, Jardim Marilu

Carapicuíba realiza 18ª encenação da Paixão de Cristo no Teatro de Arena na Aldeia

 

A Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, realiza nos dias 29 e 30 de março, às 19h30, a 18ª encenação da Paixão de Cristo, no Teatro de Arena do Parque da Aldeia. São cerca de 370 pessoas envolvidas direta e indiretamente no espetáculo. Este é o evento que fecha a programação de aniversário de 53 anos de emancipação político-administrativa de Carapicuíba.

Fazem parte do elenco os atores Wesley Tavares (Jesus), Rose Nascimento (Maria), Talita Duarte (Maria Madalena), Luiz Eduardo Monteiro Bezerra (José/Judas), Alex Pereira Nunes (João Batista), Reinaldo Silva de Jesus (Carrasco). O espetáculo é dirigido por Jorge Luiz e Joyce Silva.

A encenação tem renovada a trama todos os anos, mantendo a história original, com novo cenário e performances. A capacidade de público é de até 10 mil pessoas, a classificação é livre e a entrada gratuita.

“Carapicuíba é uma cidade que tem uma tradição religiosa muito grande. A Paixão de Cristo faz parte do nosso calendário e é muito importante a manutenção deste espetáculo para a população”, afirma o prefeito Marcos Neves.

18ª Encenação da Paixão de Cristo de Carapicuíba

Quando: 29 e 30 de março

Horário: 19h30

Local: Teatro de Arena – Parque da Aldeia

Classificação: livre

Entrada: gratuita

Carnaval de Pirapora do Bom Jesus mantem tradição com marchinhas, Rei Momo e canja da ressaca

Pirapora do Bom Jesus – A Prefeitura de Pirapora do Bom Jesus já está com a programação montada para os cinco dias de carnaval, neste ano com o tema  “Carnaval 2018 – Tambores e Batuques da África ao Berço do Samba, um Tributo a Maria Esther e João do Pasto”, serão destacadas importantes figuras do samba piraporano que fizeram história em todo cenário do Samba Paulista e faleceram em 2017.

Por ser considerada uma festa cultural e tradicional da família piraporana, a Secretaria da Cultura não mediu esforços para a realização dos festejos deste ano que incluem os bailes com marchinha, desfiles, escolha da Rainha e do Rei Momo, a tradicional canja da ressaca (na Casa do Samba), entre outras coisas.

Tudo será realizado de forma criativa e valorizando os grupos e a cultura da cidade e a festa não irá interferir na gestão financeira da Prefeitura. O diretor de Cultura, Vitor Santos, ressalta que “vamos realiza-lo com a mesma alegria e os festejos de sempre e para isso estamos contando com a colaboração financeira exclusiva do comércio local e parceiros. Nossa equipe está trabalhando com muita criativa, valorizando os grupos e a cultura de nossa cidade e as festividades não irão interferir na gestão financeira da Prefeitura”.

A Prefeitura de Pirapora do Bom Jesus informa que irá garantir o ambiente seguro e familiar através da Guarda Municipal.

A programação começa na sexta-feira, dia 9 e segue até terça-feira, 13 de fevereiro.  Vale destacar que no sábado, domingo, segunda e terça-feira a Casa do Samba servirá a tradicional feijoada com apresentações do Grupo Samba de Bumbo de Pirapora e convidados.