Casos de dengue diminuem em Jandira

129500-dengue02

As ações desenvolvidas pela Prefeitura de Jandira, por meio da Secretaria de Saúde com objetivo de combater a proliferação do mosquito da dengue no município, já surtem efeitos positivos. Segundo dados do Departamento de Vigilância Sanitária, no segundo semestre de 2015 foram notificados apenas 7 casos, considerados suspeitas de dengue na cidade, sendo que no mesmo período no ano anterior  foram notificados 32 casos.

Essa redução se deve ao intenso trabalho da Prefeitura, que prioriza locais com maior foco do mosquito. “Quando identificado e confirmado o caso, imediatamente a equipe elimina os possíveis criadouros, em seguida, é feita a nebulização nessas áreas” disse o supervisor da Zoonoses Altair Santesso.

Apesar dos índices alcançados, a Secretaria de Saúde de Jandira, emitiu uma nota informativa, que vem alertar a população sobre os riscos da doenças causadas pelo mosquito e da importância da prevenção por meio da eliminação dos focos de proliferação. De acordo com a pasta, os profissionais da saúde foram capacitados, com o intuito de sensibilizá-los quanto à suspeita das doenças zika vírus e chikungunya. Em Jandira não foram constatadas ocorrências dessas doenças.

País enfrenta tríplice epidemia

O Brasil enfrenta uma epidemia das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, vetor da Dengue. Segundo o Ministério da Saúde, foram registradas cerca de 1,5 milhão de casos de dengue e 17 mil suspeitas de chikungunya no país. Nos casos de zika vírus, os dados ainda não foram divulgados oficialmente, porém, a circulação do vírus já foi identificada em 18 estados brasileiros.

Dados apontam ainda, que 199 municípios estão em situação de risco de surto das três doenças e outros 655 municípios brasileiros estão em situação de alerta.

Sintomas

Os sintomas do zika vírus incluem febre, dor nas articulações e músculos, além de conjuntivite e vermelhidão na pele. Já a febre chikungunya é caracterizada por sintomas parecidos com os da dengue, como febre alta, náuseas, vômitos, diarreia e dores na articulações, porém não gera complicações graves e nem hemorragia. Todas as doenças são passíveis de tratamento.