Balanço do ano de 2018 da Câmara Municipal de Itapevi

 

Em seu último mandato como presidente da Câmara Municipal de Itapevi, o vereador Bruxão Cavanha fez um balanço das atividades da Casa de Leis ao longo do ano de 2018 e destacou alguns projetos aprovados em plenário e ressaltou a atuação dos parlamentares que buscam sempre melhorias para o município.

De acordo com o presidente, os documentos apresentados ao longo do ano contribuíram para o progresso de Itapevi em diversos campos. “Os vereadores atuaram muito em defesa dos interesses do cidadão e em parceria com a prefeitura, pois desta forma conseguimos estabelecer um diálogo constante entre os poderes legislativos e executivo em prol da sociedade”, completou Bruxão Cavanha.

Nos projetos aprovados, o presidente destacou alguns como a solicitação de mais especialidades médicas na rede de saúde municipal, a inclusão de turmas de EJA em escola do Jardim Vitápolis, criação do disk idoso, inclusão do símbolo do autista para atendimento preferencial, início do projeto “cidade legal” no Vale do Sol, ensino de música e filosofia nas escolas da rede municipal de ensino, entre outros.

Também foram aprovadas leis que se destacaram, como a  Lei 2599/2019 que solicita telefones de denúncia sobre crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, Lei 2600/2018 que institui a campanha “setembro amarelo” e inclui no calendário municipal do dia prevenção ao suicídio, Lei 2589/2018 que inclui a semana municipal de doação de sangue no calendário municipal e a Lei 2586/2018 que deu início ao projeto Cãominhada.

Além dos projetos de lei e requerimentos, a Câmara Municipal de Itapevi também entregou algumas homenagens  para personalidades que de certa forma contribuíram para o nosso município. Alguns dos homenageados foram: João Doria, Paulo Skaf, Dr. Friedrich Werner Santana Metzker, Romildo Ribeiro Soares (RR Soares) e o mastro João Carlos Martins que no ano de 2018 realizou uma apresentação junto a sua orquestra para a comemoração dos 59 anos da cidade de Itapevi.

Por fim, o ano de 2018 contou com 36 sessões ordinárias, 9 sessões solenes, 3 sessões extraordinárias que renderam 1501 indicações, 412 requerimentos, 290 moções, 114 decretos legislativos, 08 projetos de resolução, 04 projetos de emenda à Lei Orgânica e 131 Leis e Leis Complementares.

Os vereadores estão em recesso desde o dia 05 de dezembro, onde as atividades  parlamentares, entre elas, sessões ordinárias e solenes estão suspensas. Os trabalhos serão retomados no mês de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.