Matérias de: Redação

Wilson Zuffa propõe instalação de câmeras em vias de acesso a Barueri

Intenção do vereador é que a Guarda Municipal monitore eletronicamente os veículos que entram e saem do município

 

Fotos: Ivan Nunes/CMB

Uma indicação apresentada pelo vereador Wilson Zuffa (PRB) na sessão de terça-feira, 14, propõe a instalação de um sistema de controle de acesso de veículos nas principais entradas e saídas da cidade de Barueri, com monitoramento eletrônico feito pela Guarda Civil Municipal.

De acordo com o vereador, outros municípios já adotaram a medida e conseguiram melhora significativa no número de ocorrências solucionadas com a ajuda do videomonitoramento de automóveis.

“Com a tecnologia de reconhecimento de veículos, todos são identificados assim que entram ou saem da cidade. Com isso fica mais fácil impedir que carros roubados transitem livremente pelos limites do município, podendo inclusive serem localizados e recuperados”, justificou Wilson Zuffa.

Intolerância nega a Democracia

Joao Baptista Herkenhoff
Não concordo com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte o vosso direito de dizê-la. (Voltaire).
François Marie Arouet, mais conhecido como Voltaire, foi um filósofo humanista francês, um dos maiores vultos do Movimento Iluminista. Amante da polêmica, algumas de suas frases, propositadamente radicais, como a que abre este texto, tornaram-se célebres.
A advertência de Voltaire é bastante oportuna no Brasil de hoje, que apresenta o quadro a seguir descrito.
Partidários de uma determinada corrente de pensamento supõem deter a verdade. Quem diverge está errado.
Os seguidores da corrente contrária também acreditam que são titulares do bom caminho, motivo pelo qual etiquetam como réprobos os divergentes.
Através da internet formam-se grupos de pressão virtual. Isto é democrático.
Quando a divergência mantém-se no debate verbal – eu sei, você não sabe – está em bom tamanho, sem maiores consequências.
Pior é a situação que ultrapassa a tertúlia da discussão civilizada.
O oponente é inimigo da Pátria, um traidor, um abutre, deve ser silenciado por bem ou por mal.
Algumas vezes, dentro de uma mesma família, ou entre vizinhos, ou entre frequentadores de uma mesma igreja, explode a ira, que não é nada santa.
Nesse clima de intolerância, está fazendo falta, na atualidade, um líder como Tancredo Neves, capaz de colocar lado a lado dois inimigos históricos, ou duas facções extremas, para celebrarem o abraço da paz.
Tancredo foi o principal protagonista da passagem da ditadura para a Democracia, no Brasil contemporâneo.
Mas, se não temos Tancredo, estamos perdidos?
Creio que não. Existe a opinião pública que pode pressionar e exigir o entendimento.
A opinião pública somos todos nós.
Podemos juntar nossas vozes, de norte a sul do território brasileiro, para expressar em pequenas reuniões (de bairros, de grupos profissionais) e através da coluna de cartas dos leitores dos jornais ou de cartas endereçadas a parlamentares, que não queremos um Brasil fratricida, mas sim um Brasil fraterno.
A fraternidade não exige a identidade de pensamento, mas sim a compreensão e o respeito entre as pessoas.
Divergência democrática é uma coisa. Fúria quase homicida, furor sem limites é outra.
A liberdade de expressar o pensamento, sem censura, sem perseguição, foi uma conquista do povo, após a longa ditadura que se abateu sobre o pais, a partir de 1964.
Deveremos celebrar a liberdade reconquistada, sem desvio de rota, ou seja, podemos opinar sem amarras mas devemos reconhecer no outro, no oposto, a mesma franquia.
João Baptista Herkenhoff, magistrado aposentado (ES) e professor.

Inscrições abertas para workshop de escrita criativa

Iniciativa é da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer. Aulas acontecerão nas bibliotecas municipais Carlos Drummond de Andrade e Batista Cepelos

Foto: Vagner Santos

Estão abertas as inscrições para o Workshop “Contando Histórias: A Magia do Cinema e da Escrita” oferecido pela Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer. O curso será dividido em três módulos e, ao final, os alunos produzirão curtas-metragens completos.

O primeiro módulo apresenta ao aluno técnicas para análise crítica de um determinado tema, debatendo sobre o assunto e organizando ideias para uma redação dissertativa; ensinará como escrever uma história para literatura e cinema através da técnica do Arco do Personagem (processo de transformação do protagonista dentro de uma história) e, por fim preparará os participantes para analisar trechos de filmes como: 127 horas, Feitiço do Tempo, Os Fantasmas se Divertem, entre outros.

No primeiro módulo serão quatro encontros, sempre às terças-feiras, das 8h às 11h, alternando entre as bibliotecas municipais Carlos Drummond de Andrade, em Caucaia do Alto e Batista Cepelos, situada no Jardim Nomura.

Estão abertas 35 vagas em cada biblioteca e as inscrições devem ser realizadas no próprio local. É preciso apresentar documentos pessoais e doar 1kg de alimento não perecível que será revertido ao Fundo Social de Solidariedade de Cotia (FSSC). As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada.

O segundo e o terceiro módulos do workshop acontecerão a partir de 2018.

 

Workshop “Contando Histórias: A Magia do Cinema e da Escrita”

21/11 – Biblioteca Carlos Drummond de Andrade (Avenida Roque Celestino Pires, 954, Centro – Caucaia do Alto) – Telefone: 4612-3065

28/11 – Biblioteca Batista Cepelos (Avenida Professor Manoel José Pedroso, 1.247, Jardim Nomura) – Telefone: 4616-4565

05/12 – Biblioteca Carlos Drummond de Andrade

12/12 – Biblioteca Batista Cepelos

GCM de Itapevi efetua três prisões por tráfico de drogas nesta semana

Detenções aconteceram nos bairros Vila Dr. Cardoso e Parque Suburbano  

Foto: Divulgação PMI

Nesta semana, a GCM de Itapevi (Guarda Civil Municipal) prendeu, em flagrante, três homens acusados pelo crime de tráfico de drogas. As prisões aconteceram nos bairros Vila Dr. Cardoso e no Parque Suburbano. Todos os suspeitos seguem detidos à disposição da Justiça.

Nesta quarta-feira (15), feriado de Proclamação da República, a GCM não descansou e, ao realizar patrulhamento de rotina na Vila Dr. Cardoso, próximo à linha de trem da CPTM Engenheiro Cardoso, conseguiu prender, em flagrante, dois homens cada um com uma sacola contendo drogas. Nelas, os agentes apreenderam 52 cápsulas de cocaína, 62 pacotes de maconha e seis porções de crack.

Na quinta-feira (16), na Rua dos Riobranquenses, no Parque Suburbano, uma equipe de patrulha de motocicletas da GCM prendeu, também em flagrante, outro homem com grande quantidade de drogas e dinheiro proveniente do crime de tráfico de drogas. Foram recolhidas 50 substâncias de cocaína, dois pacotes de maconha e duas pedras de crack.

Em casos de urgência, a GCM atende pelos telefones 193 e 199 (24 Horas). A Polícia Militar também pode ser acionada pelo 190.

Idosos de Jandira e região participam do XI JATIJAN

Jogos Adaptados da Terceira Idade mobilizam centenas de pessoas em Jandira

Acontece até sexta-feira (10/11) a 11ª edição dos Jogos Adaptados da Terceira Idade de Jandira (JATIJAN), envolvendo a participação de centenas de idosos de Jandira e cidades da região. Nesta terça-feira (07) foi realizada a abertura oficial do evento, com grande festa no Ginásio Central de Jandira, que recebe as disputas, assim como o Ginásio do Jardim Brotinho e a Área de Lazer do Trabalhador.

Além de Jandira, Barueri, Cotia, Ibiúna, Itapecerica da Serra, Itapevi, Osasco, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista participam desta edição do JATIJAN. As modalidades em disputa nessa edição são: Vôlei 70 (masculino e feminino), Truco, Atletismo (masculino e feminino), Dominó (masculino e feminino), Dama (masculino e feminino), Tranca (masculino e feminino), Vôlei 60 (masculino e feminino), Vôlei 50 feminino e Malha. Já na terça-feira aconteceram as disputas de Vôlei e Truco.

Na abertura do evento, o prefeito Paulo Barufi anunciou novos investimentos para o esporte em Jandira. “Sempre ficamos felizes em receber a terceira idade das cidades vizinhas para uma disputa animada e saudável em Jandira. Para o próximo ano, já estamos planejando receber de forma ainda melhor esses atletas, já com uma nova piscina semiolímpica em nossa cidade e outros investimentos na estrutura de esportes”, comentou o prefeito.

Participaram da abertura os secretários Altamir Cypriano (Obras), Ana Lúcia (Finanças) e Lurdete Kummer (Desenvolvimento Social), a primeira-dama Marcia Bandeira Barufi e o diretor de Esportes Julio Eduardo de Lima (Julinho), além dos vereadores Silvair Soares (Silvio Cabeleireiro) e Josenildo Freitas (Veinho).

Jardim Capriotti recebe edição do programa Meu Bairro Melhor – Um dia de Cidadania

No próximo sábado, 11, a Prefeitura de Carapicuíba realiza mais uma edição do programa Meu Bairro Melhor – Um Dia de Cidadania. Com uma série de atividades e serviços gratuitos à população, numa junção de diversas secretarias, os moradores do Jardim Capriotti e região serão os contemplados.

O programa, com edições organizadas e estruturadas por cronogramas, já passou pelos bairros Ana Estela, Cohab II, Jardim Novo Horizonte e Santo Estevão, tem auxiliado de forma significativa as demandas reprimidas na área da saúde e assistência social. Os números chegaram a mais de 3 mil atendimentos.

Entre as atividades, que terão como palco a rua Bom Pastor (acesso à USF Natércio Silva Arruda), ‘Um Dia de Cidadania’ leva aos munícipes: emissão de Carteira de Trabalho; Orientação Jurídica; Cadastro Único para Bolsa Família; plantio de árvores; aulas de aeróbica; teatro infantil; brinquedos infláveis; pipoca, algodão doce; corte de cabelo; e revitalização de viela com artes em grafite.

Pela Secretaria de Saúde os serviços oferecidos serão atualização e confecção do Cartão SUS; coleta para exame de Papanicolau; consultas clínicas, palestras de prevenção a doenças como sífilis e tuberculose; mutirão de prevenção contra a dengue e vacinação contra a raiva.

Meu Bairro Melhor – Um dia de Cidadania acontece no sábado, 11, das 9 às 13 horas, na rua Bom Pastor, 115 (USF Natércio Silva Arruda), Jardim Capriotti.

Alunos da Escola Livre de Itapevi são premiados no Festival de Itapetininga

Grupos conquistaram prêmios nas categorias Melhor Ator Coadjuvante e Dramaturgia

Foto: Divulgação PMI

Na quinta-feira passada (9), um grupo de professores e de alunos da Escola Livre de Teatro e Circo de Itapevi participou do VII Festi – Festival de Teatro de Itapetininga. Os itapevienses receberam premiação nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante e Dramaturgia.

Durante o festival, a Companhia de Teatro Studio 8 Encena apresentou a peça “No Campo da Solidão”, enquanto a Companhia Clovis Augustus, encenou o espetáculo “Yerma em 4”. Os dois grupos são formados por alunos e profissionais da Escola Municipal Livre de Teatro.

Itapevi conquistou premiação na categoria Melhor Ator Coadjuvante com Denis Araújo, pelo trabalho na peça No Campo da Solidão Já Dimi Calazans foi destaque em dramaturgia pela peça Yerma 4.

Com as conquistas, já são mais de 10 prêmios recebidos neste ano por profissionais integrantes da Escola Municipal Livre de Teatro e Circo de Itapevi.

“Ambas as apresentações ganharam muito destaque e elogios pelos jurados e demais companhias participantes do festival”, disse Henrique Leão, coordenador de Cultura de Itapevi.

O município ainda teve duas indicações no festival, de atriz revelação, com Clarina dos Anjos, em “No Campo da Solidão”, e de Helton Lima como ator revelação na mesma peça.

Sobre a Escola Livre de Teatro e Circo de Itapevi

A partir de 2018, novas vagas para quem deseja fazer teatro estarão abertas. Quem se interessar, deve ir, pessoalmente, ao Departamento de Cultura (Avenida Luís Manfrinato, 194, 2º andar – Centro), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Para se matricular é necessário apresentar RG, CPF, comprovante de endereço e duas fotos 3×4. Menores de idade devem estar acompanhados de pais ou responsáveis. Mais informações pelo telefone 4

Estudantes de Cotia serão ‘agentes mirins’ contra o Aedes

Primeira escola a receber a iniciativa foi a EM Malvina de Castro, no Jardim Rosemary, bairro que recebe um mutirão, no sábado (18/11)

Foto: Vagner Santos

As Secretarias de Saúde e de Educação de Cotia firmaram uma parceria que vai conceder o título simbólico de Agentes Mirins contra o Aedes a estudantes da rede municipal. A primeira escola a receber orientações sobre o combate ao mosquito vetor de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya, além da Febre Amarela urbana, foi a E.M. Malvina de Castro, no bairro Jardim Rosemary –  divisa com Itapevi e que será também o primeiro bairro a receber o Mutirão contra o Aedes, neste sábado (18/11).

A engenheira ambiental, Páscoa Bichiato, coordenadora da Vigilância Ambiental de Cotia, esteve na escola nos dias 16 e 17/11 e conversou com todos os alunos sobre a importância das ações de prevenção e combate aos criadouros do mosquito. A coordenadora esclareceu dúvidas dos estudantes e, num bate-papo bastante descontraído, passou informações sobre como cada um pode fazer a sua parte para vencer o mosquito. “O grande vilão é o mosquito, se não tiver mosquito, não temos estas doenças. Então, cabe a todos nós, inclusive às crianças, impedir que eles nasçam”, disse Bichiato.

Durante a conversa com os alunos, a coordenadora pediu aos estudantes que conversem sobre o assunto com seus pais e familiares. Alguns alunos, como a pequena Yasmin, demonstraram bastante preocupação em relação ao mosquito. “Dengue é uma doença que o mosquito traz para a gente e ele nasce na água, a gente não pode deixar água parada”, disse. “Não é só Dengue, tem a Zika e Chikungunya”, completou o colega Silas.

O combate ao Aedes será abordado em sala de aula, sob orientação dos professores que apresentarão os resultados dos projetos desenvolvidos. Ao final, receberão o certificado de Agentes Mirins contra o Aedes agypti.

Rogério Lins reúne-se com gestores de UBSs

Fotos: Sergio Gobatti

Saúde é prioridade em Osasco, prova disso são as constantes ações voltadas à pasta desde o início do ano. Após passar meio expediente na Secretaria de Saúde na última semana para avaliar soluções que tragam melhorias aos atendimentos, no sábado, 11/11, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, reuniu-se com os gestores das Unidades Básicas de Saúde (UBS), no Auditório do Fundo Social de Solidariedade.

Ao lado do secretário de Saúde, José Carlos Vido, o prefeito explicou que esse tipo de reunião contribui para que ele e todos que estão à frente da Secretaria saibam quais são as reais necessidades nas unidades. “Saio daqui hoje abastecido com informações de quem participa do dia a dia das UBSs e somente com esse contato que saberemos como avançar ainda mais nos atendimentos à nossa população”, afirmou Lins.

Esse é o segundo grande encontro com funcionários da Saúde em menos de duas semanas. O primeiro aconteceu na Policlínica Zona Norte no fim de outrubro e reuniu médicos e funcionários de agendamento.

“Vocês são os olhos e ouvidos da Secretaria de Saúde e estão nas UBSs para fazerem gestão de pessoas, não apenas dos funcionários, mas também dos pacientes que querem e devem ter o melhor atendimento possível”, afirmou Vido aos gestores das unidades de saúde.

Vereador de Osasco atende solicitação do SinHoRes e altera Projeto de Lei que cassaria o alvará de funcionamento de bares e restaurantes

Em reunião com vereador Tinha Di Ferreira, presidente do sindicato patronal, Edson Pinto, discutiu PL que multa estabelecimentos que comercializem bebidas alcoólicas e cigarros para jovens menores de 18 anos

 

Em 8/11, o presidente do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, Edson Pinto, se reuniu com o vereador de Osasco, Tinha Di Ferreira, do PTB, quando discutiram assuntos específicos do setor.

Além da apresentação do sindicato patronal para o vereador, foi colocado em pauta o Projeto de Lei 278/2017, de autoria de Tinha Di Ferreira, que prevê penalidade para os estabelecimentos que comercializem bebidas alcoólicas e cigarros para jovens menores de 18 anos no município de Osasco.

De acordo com o PL, a advertência seria dada na primeira oportunidade, seguida de multa e multa em dobro. Após esse procedimento, o próximo passo seria a cassação do alvará de funcionamento. No entanto, o presidente Edson levantou a questão da insegurança jurídica para a empresa quanto à cassação. “A proibição da atividade empresarial é a pena de morte para o empresário. Essa punição seria uma pena desproporcional”, completou.

O presidente do sindicato patronal ressaltou também que o comércio de bebidas e cigarros a menores de idade é praticado em sua maior parte pelo comércio ilegal e ambulantes, já que a empresa legalizada, que paga devidamente seus impostos, evita esse tipo de problema.

Após a reunião, o vereador, compreendendo a insegurança que a cassação traria aos empresários e o risco de aumento de desemprego, colocou uma emenda ao PL retirando o artigo 2º, que previa a cassação dos estabelecimentos. Assim, foi mantida a primeira advertência, o pagamento da multa e multa em dobro.

O Projeto original já tramitou em todas as Comissões temáticas e teve pareceres favoráveis, agora está na pauta da Ordem do dia. Se não houvesse interferência do Sindicato, seria aprovado com previsão do fechamento da empresa.

“Nesses casos, temos jovens que falsificam documentos para se passarem por maior de idade, funcionários demitidos que querem prejudicar a empresa e fiscais mal intencionados. A categoria econômica de hotéis, restaurantes, bares e similares de Osasco, Alphaville e região, agradece o elevado espírito democrático do vereador Tinha Di Ferreira e de defesa desse setor e dos milhares de empregos que geramos. Deixamos nosso agradecimento ao vereador”, finalizou o presidente Edson.

Caso a empresa, por falta de orientação adequada ao  funcionário, não tenha pedido documento comprovando maioridade do consumidor,  e seja autuada, cabe o contraditório e a ampla defesa. Nesses casos, o associado do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região deve entrar em contato com o sindicato para proceder com a defesa em caso de multa.