Alunos e professores da rede estadual têm até dia 30 para se inscrever na Olimpíada Nacional de Ciências

Competição é aberta a estudantes do 9º ano do Fundamental e Ensino Médio; provas da primeira fase serão aplicadas em 17 de agosto

Terminam no próximo domingo (dia 30) as inscrições da Olimpíada Nacional de Ciências. A competição é aberta a estudantes do 9º ano do Fundamental e Ensino Médio (1ª a 3ª série) da rede estadual de São Paulo. O cadastro deve ser feito, obrigatoriamente, por um professor de Ciências, Física ou Química da escola onde está matriculado no endereço www.onciencias.org. A primeira fase está marcada para 17 de agosto nas escolas inscritas.

Organizada pela SBF (Sociedade Brasileira de Física) e a ABQ (Associação Brasileira de Química), a Olimpíada tem o objetivo de estimular o interesse de jovens pelo estudo das ciências naturais, além de identificar estudantes talentosos e incentivar o ingresso nas áreas científicas e tecnológicas. Os vencedores recebem medalhas de ouro, prata e bronze.

As provas da etapa 1 são distribuídas em 4 níveis de acordo com ciclo de ensino. Todas são compostas por 15 questões objetivas. Os resultados deverão ser lançados no banco de dados da Olimpíada Nacional de Ciências pelos professores credenciados. A comissão do campeonato divulgará o número mínimo de acertos necessários para classificação à segunda fase, marcada para 30 de setembro.

Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo

A rede estadual também apoia a iniciação científica. A partir deste ano, a  Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo (FeCEESP) é dividida em duas categorias: Junior(6º ao 9º ano do Ensino Fundamental) e Master (1ª a 2ª série do Ensino Médio). Essa é a primeira vez que alunos do 6º ano vão participar. De junho a setembro, os projetos inscritos participam das seletivas regionais. A etapa estadual será em abril de 2018; a premiação em maio.