Alunos da Emef Sandro Luiz aprendem Libras por meio do projeto Mãos que Falam

Alunos estão muito interessados em aprender a linguagem dos sinais

Os alunos da Emef Sandro Luiz Braga, do Engenho Novo, estão participando de um projeto que visa ampliar cada vez mais o processo de inclusão entre toda a comunidade escolar.

Trata-se do projeto da professora Ana Cláudia da Silva, denominado “Mãos que Falam”.

A iniciativa tem o intuito principal de ensinar aos pequeninos alunos do 1º ano a Língua Brasileira de Sinais (Libras). O projeto visa inserir todos os alunos e também as pessoas surdas no contexto escolar promovendo inclusão social em todos os sentidos, tornando-os agentes multiplicadores em vários segmentos e, dessa forma, transformando vidas e cumprindo seu papel como seres críticos. 

É sabido que os surdos sofrem com a falta de comunicação e isso impacta a vida de muitos deles.  A sociedade brasileira ainda não está preparada para lidar com situações de comunicação com crianças, jovens e adultos surdos porque o processo de inclusão é, muitas vezes, tardio, o que leva à exclusão dessa comunidade de certas situações no contexto social.

Durante as aulas a professora faz diariamente com os alunos um ditado das letras do alfabeto, que além de oral, são mostrados em libras para que eles estabeleçam relação entre a linguagem falada e a língua de sinais.  “Também são apresentados os números até 10, cumprimentos, dias da semana, contos, cantigas e músicas, nomes de animais e insetos e cores, nome de alimentos e frutas. Assim, iremos treinar a sinalização desses nomes diariamente nas aulas remotas no Hangout Meet e atividades no Google formulários, Google apresentação, vídeos e músicas”, explica a professora.

Com o retorno às aulas presenciais, as crianças continuam realizando essas mesmas atividades, mas agora com mais entusiasmo por estarem frente a frente com a professora, tendo contato com outros colegas e também usando recursos oferecidos pela escola, como a lousa digital, cartazes elaborados por eles e fazendo apresentações para os colegas de sala.