15 de outubro: reconhecimento a todos os professores da rede de ensino de Barueri

Categoria foi uma das que mais se reinventaram durante a pandemia

Neste momento, mais do que nunca, o Dia do Professor (celebrado em 15 de outubro) deve ser celebrado em reconhecimento a uma das categorias que mais se reinventou em tempos de pandemia.

A rede municipal de ensino conta com aproximadamente 3 mil professores, que lecionam nas 108 escolas instaladas em todos os bairros de Barueri.

A Prefeitura tem enfatizado sua preocupação em priorizar o setor da educação com importantes investimentos tecnológicos e prédios confortáveis, mas ciente de que o mais importante é o reconhecimento à importância dos professores.

Edson Luiz Oliveira leciona matemática na Emeief João Tibúrcio. Com perfil inovador, ele é um incentivador do uso de ferramentas tecnológicas para aprendizagem.  Confessa ser muito feliz como docente. “Ser professor é ser um instrumento para pavimentar o caminho rumo às realizações de sonhos”, declara.

Já o professor Ricardo César, da Emef Marlene Santiago, é um grande entusiasta de projetos que valorizam o protagonismo dos estudantes. Para ele, “ser professor é estar sempre ao lado dos alunos nas pesquisas, na melhoria da proficiência, desenvolvendo o letramento, sempre utilizando-se de metodologias científicas”.

Durante as recentes cerimônias de inaugurações das novas escolas, o prefeito Rubens Furlan garantiu aumento para a categoria. Segundo ele, a partir do mês de janeiro, a hora-aula dos docentes da rede passarão de R$19 para R$25.

De acordo com o secretário de Educação, Celso Furlan, os professores da rede são os grandes responsáveis pelo sucesso e o alto nível de aprendizagem de crianças e adolescentes. “Nesta data em que se comemora o Dia dos Professores, quero parabenizar a todos e deixar aqui o meu reconhecimento a cada um desses profissionais incríveis”, disse.

Sobre a data

A data é celebrada em 15 de outubro em referência a D. Pedro I, que no dia 15 de outubro de 1827 emitiu uma lei sobre o Ensino Elementar. No que se refere ao desenvolvimento da educação no Brasil, essa lei foi considerada um passo muito importante porque tratou dos objetos de estudo dos alunos, definiu que todas as cidades do Brasil deveriam ter Escolas de Primeiras Letras (Ensino Fundamental) e até estipulou o salário dos professores.

Mais de um século depois dessa lei, um professor do estado de São Paulo decidiu utilizar a data de 15 de outubro como o momento oportuno para estabelecer um dia de folga a esses profissionais tão atarefados. O idealizador foi Salomão Beckere de sua ideia se organizou uma confraternização entre professores e alunos.

A proposta de Salomão Becker acabou sendo bem recebida e inspirou outras celebrações do tipo. Em 1948, o Dia do Professor foi oficializado como data comemorativa e feriado no Estado de Santa Catarina e, em 14 de outubro de 1963, por meio do decreto federal nº 52.682, foi criado o Dia do Professor em todo o País.